Triller não resolve imbróglio contratual e luta entre Teofimo Lopez e George Kambosos é cancelada

Por Matheus Costa | 03/10/2021 13:05

O retorno de Teofimo Lopez Jr ao ringue não acontecerá – por enquanto. Depois de ser escalado para defender o cinturão dos leves contra George Kambosos Jr, um imbróglio contratual sobre a data do evento com a Triller, que irá promover o confronto, forçou o adiamento do embate para uma data ainda não definida. No entanto, o evento programado para o dia 16 outubro será realizado mesmo sem a disputa de cinturão.

Após não chegarem a um acordo com Kambosos sobre o adiamento do evento para o dia 16 de outubro, o confronto entre Teofimo e Kambosos entrou em dúvida e não é mais certo de acontecer. Ao menos é o que a Triller, que ainda mantém conversas com o campeão, fez um pedido formal para a IBF remover a obrigatoriedade do australiano ser o próximo desafiante pelo cinturão de Lopez Jr, além do depósito de 20% do valor investido pela empresa para garantir os direitos de promover o confronto. A informação é do site “Boxing Scene”.

+ Bethe Correia confirma aposentadoria do MMA após derrota no UFC Vegas 38

Inicialmente, a empresa havia acertado o duelo para acontecer no dia 14 de agosto, mas o campeão acabou testando positivo para Covid-19 e o duelo foi adiado. Uma longa batalha sobre a data do evento começou, já que o plano original da Triller era promover o evento na Austrália, mas Lopez recusou a ideia por ter que passar por uma quarentena obrigatória de 14 dias para entrar no país por conta das restrições impostas pelo governo para combater o Covid-19. No fim, a IBF entrou na história e impôs uma data limite para a realização do confronto até o dia 17 de outubro, mas em um país que não obrigasse a quarentena para os lutadores.

Então, a Triller anunciou que iria promover o evento no dia 4 de outubro, numa segunda-feira, diretamente do Hulu Theater, nas dependências do Madison Square Garden em Nova Iorque, com os lutadores acertando a data e assinando os contratos. No entanto, a companhia decidiu que não seria bom para os números competir diretamente com o Monday Night Football, que é o clássico jogo de rodada da NFL na noite de segunda-feira que sempre garante uma grande audiência.

+ Apoie o MMA Brasil e colabore com o jornalismo independente

Portanto, a empresa tentou adiar novamente para o confronto para o dia 16 de outubro, um dia antes da data limite, para o Barclays Center, no Brooklyn, já que o Madison Square Garden não estava disponível nesta nova data. Por mais que a Triller tenha chegado a um acordo com Teofimo Lopez Jr sobre o adiamento, o mesmo não aconteceu com o desafiante George Kambosos, que insistiu que o evento fosse realizado na data planejada do dia 4 de outubro. Após dias de negociações intensas e trocas de provocações públicas, as conversas chegaram a um fim e um acordo não foi feito.

Embora ainda não tenha um adversário definido para sua primeira defesa de cinturão na categoria dos leves, Teofimo Lopez Jr (16-0, 12 KOs) é um dos lutadores mais badalados do momento no mundo do boxe. Com apenas 24 anos, o atleta americano chocou o mundo ao surpreender o então campeão Vasily Lomachenko, um dos melhores lutadores do mundo, vencendo por decisão unânime dos juízes para unificar os títulos da divisão.

Aos 28 anos, George Kambosos Jr (19-0, 10 KOs) ganhou a chance de disputar o cinturão dos leves ao superar Lee Selby por decisão dividida em uma grande luta, realizada em outubro de 2020. No entanto, sua chance de disputar o cinturão se tornou uma incógnita e depende da chancela da IBF.

Foto: Top Rank/Divulgação