Scott Coker reafirma interesse do Bellator em contratar Kayla Harrison

Por Matheus Costa | 14/11/2021 17:34

Depois de encerrar seu contrato com a Professional Fighters League após conquistar as duas temporadas do torneio anual, a campeã olímpica Kayla Harrison é a principal atração do mercado de agentes livres do MMA na atualidade. Atraindo interesse de basicamente todas as organizações do mundo, a americana é um alvo primordial por parte do Bellator. E após o Bellator 271, o presidente da organização, Scott Coker, tratou de reafirmar isso.

+ Justin Gaethje diz que luta contra Charles Oliveira seria mais fácil do que contra Dustin Poirier

Kayla esteve presente na sexta-feira para assistir ao Bellator 271 e a defesa de cinturão de Cris Cyborg, que nocauteou Sinead Kavanagh e manteve o cinturão pela terceira vez. A brasileira aproveitou a oportunidade para desafiar a americana para um confronto, mas Coker colocou os pés no chão sobre a possibilidade já que a medalhista olímpica não assinou com a organização.

“Olha, essa é uma luta que ela está de acordo. Ela disse: ‘Se você vier para o nosso plantel, nós vamos nos enfrentar’. Esse é o tipo de atitude que ela tem. Se ela (Harrison) não está com a gente, então não tem nada para ser discutido. Por que deveríamos falar sobre ela? Se conseguirmos fechar negócio, eu acho que vocês vão ouvir muitas declarações entre as duas”, afirmou.

+ Apoie o MMA Brasil e colabore com o jornalismo independente

Coker, então, falou sobre Kayla Harrison e sobre a conversa que os dois tiveram acerca de um possível acerto entre ambos. O presidente do Bellator elogiou bastante as qualidades da americana e revelou que deixou claro à ela sobre o início das negociações com seu empresário para um acerto entre ambos.

“Ela é uma atleta gabaritada. Ela enfrentou boas oponentes. Eu acho que ela trabalha muito duro. Eu assisti a um treino dela há uns oito, seis meses atrás na academia. Essa garota tem um potencial que precisa ser reconhecido. Eu queria deixar claro para ela que nós vamos começar a negociar com o Ali (Abdel-Aziz, empresário de Kayla) e falamos sério sobre isso. Nós vamos fazer o nosso melhor para chegar a um acordo para que ela venha para cá e possa enfrentar a Cyborg e outras das garotas que temos no nosso plantel”, concluiu.

Foto: PFL/Divulgação