Peso leve do UFC, Luis Pena é preso por violência doméstica e dano corporal

Por Matheus Costa | 10/10/2021 00:27

O atleta Luis Pena, que faz parte da categoria dos leves do UFC, foi preso neste sábado (09) na cidade de Deerfield Beach, na Flórida (EUA), sob as acusações de violência doméstica e dano corporal. Esta é a segunda prisão de Pena em apenas cinco meses. A informação foi revelada pela “ESPN”.

+ Ryan Garcia enfrenta Joseph Diaz Jr em novembro

De acordo com o Departamento de Polícia de Broward County, oficiais foram convocados por volta de 12h34 do horário local na manhã de sábado para resolver uma confusão doméstica. Após interrogarem e coletarem os fatos da situação, Pena foi levado em custódia para o Centro de Detenção de Broward County e foi autuado sob a fiança de 1 mil dólares (R$ 5,5 mil).

A primeira prisão de Luis Pena ocorreu em junho, quando o atleta de 28 anos foi levado em custódia pelas acusações de roubo, agressão física e vandalismo após se envolver em uma briga com a sua namorada. Embora a acusação de roubo tenha sido retirada, o lutador ainda enfrenta as acusações de agressão e vandalismo e tem uma audiência marcada para o dia 30 de outubro. No dia 30 de agosto, a companheira de Pena entrou com um pedido para retirar as acusações contra o seu namorado, que já declarou oficialmente não ser culpado das alegações.

+ Apoie o MMA Brasil e colabore com o jornalismo independente

Atleta da American Kickboxing Academy, Luis Pena chegou ao UFC em 2018 após participar do reality show The Ultimate Fighter 27. Desde então competiu em oito oportunidades no octógono mais famoso do mundo, vencendo cinco lutas e perdendo três. Em sua última luta, o “Violent Bob Ross” superou Alex Munoz por decisão dividida no UFC Vegas 24, em abril.

Procurados pela reportagem da ESPN sobre o caso, o advogado Daniel Martinez, que representa Luis Pena, não quis comentar sobre a situação, enquanto o UFC não respondeu a tentativa de contato.

Foto: Divulgação