Por Idonaldo Filho | 13/04/2021 02:02

Em horário diferenciado, já que o UFC buscou atrair o fã europeu para o evento liderado por um italiano, o UFC Vegas 23 foi divertido na medida do possível, com desempenhos interessantes principalmente em sua porção preliminar. A luta principal foi vencida por Marvin Vettori que, contra um substituto de última hora em Kevin Holland, conseguiu uma tranquila decisão. Também no evento vimos mais uma vitória para Arnold Allen, que coloca Sodiq Yusuff em seu cartel.

+ UFC Vegas 23: Vettori vs. Holland – Resultados

Confira no MMA Brasil Matchmaker algumas possibilidades de casamentos envolvendo os lutadores que atuaram no UFC Vegas 23.

MARVIN VETTORI VS. JARED CANNONIER

O italiano Marvin Vettori vem pouco a pouco montando uma sequência gigante de vitórias, atualmente estando em cinco consecutivas. Neste último fim de semana, o desafio seria o também europeu Darren Till, com a luta principal estando inclusive em horário propício para o Velho Continente, mas uma lesão do britânico mudou os planos do UFC. Contra Kevin Holland, entrando de última hora e salvando mais um evento, o italiano fez o que quis, clinchou, derrubou e bateu bastante com uma vitória muito dominante. Certamente veremos Marvin subindo nos rankings e chegando perto do top 5.

Talvez o ideal fosse remarcar a luta contra Darren Till, mas acho que outro plano pode ser melhor. Assim como Till, Jared Cannonier vem de uma derrota sobre Robert Whittaker, porém, sua posição no ranking (3º) é superior a do inglês e é um duelo que mesmo não tendo o apelo na Europa, é mais importante para Vettori em termos de tabela e pode garantir um title shot para o ex-Venator. Uma opção inclusive muito bacana, com um nocauteador nato enfrentando um jovem que é competente em todas as áreas do esporte.

KEVIN HOLLAND VS. VENCEDOR DE SEAN STRICKLAND/KRZYSZTOF JOTKO

Alçado a elite da categoria com uma grande vitória sobre Ronaldo Jacaré, Kevin Holland estava com certo hype que agora já não mais existe. Contra Derek Brunson o americano sucumbiu ao wrestling e pouco fez. Contra Marvin Vettori o roteiro foi similar, contando com mais dominância ainda que Brunson. Claro que lutando com muita frequência, ficando pronto para qualquer desafio que apareça, Holland terá o apreço dos diretores do UFC, mas na elite da divisão isso é complexo e pode levar a situações como a atual, de sequência de derrotas.

Eu sugeri que Holland enfrentasse o vencedor do duelo entre Sean Strickland e Krzystof Jotko na última coluna do UFC Vegas 22. Continuo com a mesma opinião, mesmo ele tendo sofrido uma derrota. Provavelmente Kevin deve ser empurrado um pouco para baixo, mas se manterá como top 15. Como Jotko e Strickland são lutadores que buscam uma vaga no top 10 da divisão dos médios, Holland pode ser um desafio interessante e em contraste com a tabela faz sentido.

ARNOLD ALLEN VS. VENCEDOR DE DAN IGE/ZUMBI COREANO

Oito duelos, oito vitórias. Em grande sequência invicta, Allen pode finalmente receber um lutador do top 5 da divisão. Por muito tempo se manteve com uma frequência irregular, principalmente devido a lesões, mas se agora conseguir ser mais frequente pode se estabelecer inclusive como um contender para um title eliminator e, quem sabe, disputar o título, mesmo o peso pena sendo uma selva recheada de lutadores selvagens. Contra Yusuff, Allen mostrou bom jabs, conseguiu levar a melhor no grappling e saiu com o resultado positivo por unanimidade na decisão dos juízes.

Dentre as contendas que foram marcadas temos Zumbi Coreano vs. Dan Ige, no dia 19 de junho. Inicialmente pode até parecer uma data um pouco distante para Allen descobrir seu oponente, mas como o inglês anda fazendo quase sempre uma luta por ano, não é algo muito distante da realidade. Jung costuma ser igualmente sumido, enquanto Ige é mais frequente no octógono. Independente do ganhador, é certeza de peleja com alto grau de entretenimento, mas, se for Jung o melhor na noite do UFC Fight Night 190, melhor ainda para Arnold.

MACKENZIE DERN VS. TATIANA SUAREZ

É a vitória que garante uma mudança de patamar na carreira de Mackenzie Dern. A ás do jiu-jítsu sempre teve bastante hype, mas sofria com a balança, com o preparo físico e a trocação. Ainda que não saibamos se realmente teve grande evolução em pé, Mackenzie vem se apresentando mais magra e, não deu chances para a striker Nina Nunes. A americana vinha de grande tempo parado, devido a gravidez e, não retornou em bom estilo, sendo finalizada ainda no primeiro assalto por Dern. Deste modo, é quase certo que Mackenzie encarará uma atleta do top 5 da divisão, ainda que minha sugestão seja algo um pouco diferente.

A excelente Tatiana Suarez busca retornar em junho para o UFC. Com uma série lesão, Suarez não luta desde 2019, quando derrotou Nina, adversária de Dern. Se tudo der certo para a campeã do TUF e, ela conseguir manter boa rotina de treinos e voltar ao líder do mercado, é um casamento mais do que válido, já que Tatiana estava prestes a conseguir uma disputa de título quando se lesionou. Para Dern é um desafio importante, enfrentando uma especialista no wrestling que pode dificultar bastante o uso de seu BJJ.

Confira outros duelos para os envolvidos no UFC Vegas 23:

Sodiq Yusuff vs. Chas Skelly
Julian Marquez vs. Dalcha Lungiambula
Sam Alvey vs. demissão
Nina Nunes vs. Vencedora de Ribas/Hill
Daniel Rodriguez vs. Elizeu Capoeira
Mike Perry vs. Bryan Barberena
Joe Solecki vs. Vencedor de Giagos/Alvarez
Jim Miller vs. Michael Johnson
Mateusz Gamrot vs. Mark Madsen
Scott Holtzman vs. Devonte Smith
John Makdessi vs. Bobby Green
Ignacio Bahamondes vs. Aalon Cruz
Jarjis Danho vs. Harry Hunsucker
Yorgan de Castro vs. demissão
Jack Shore vs. Rani Yahya
Hunter Azure vs. Mario Bautista
Luis Saldana vs. Collin Anglin
Jordan Griffin vs. demissão
Da Un Jung vs. Misha Cirkunov
William Knight vs. John Allan
Impa Kasanganay vs. Khaos Williams
Sasha Palatnikov vs. Ramazan Kuramagomedov