Lutador do Bellator revela vitória contra tumor cerebral e planeja retorno ao MMA

Por Matheus Costa | 30/05/2022 01:07

Afastado do MMA há cerca de 19 meses, o veterano Alan Omer nunca havia abordado o motivo de seu sumiço do esporte justamente quando foi escalado para fazer sua estreia pelo Bellator nos Estados Unidos. No entanto, o atleta decidiu falar e finalmente revelou o motivo de seu afastamento do MMA, muito mais sério do que qualquer um poderia ter imaginado: uma batalha contra um tumor no cérebro.

O desabafo de Omer veio através de sua conta oficial no Instagram. Além de exibir a enorme cicatriz da cirurgia em sua cabeça, Alan expressou seus sentimentos através de um belo texto explicando tudo o que aconteceu na sua vida nos últimos meses.

“Chegou a hora de finalmente falar após muito tempo em silêncio. As vezes a vida te bate com tanta força na sua cara que você precisa aceita e até apreciar. Tem sido difícil para mim. No pico da minha vida e da minha carreira, eu fui diagnosticado com um tumor cerebral”, afirmou.

LEIA MAIS:

– Brian Ortega enfrenta Yair Rodriguez na luta principal do UFC Long Island, em julho
– Luta entre Paulo Borrachinha e Luke Rockhold é adiada para o UFC 278, em agosto
– Gervonta Davis nocauteia Rolando Romero e mantém cinturão dos leves da WBA

Segundo Omer, a suspeita começou quando ele passou por exames de rotina para sua estreia no Bellator em setembro de 2020. Uma anormalidade foi encontrada em seu cérebro, mas como não tinha nenhum sintoma, a suspeita era de um edema. Respeitando as exigências médicas, ele foi liberado para a luta – a qual ele venceu -, mas o problema foi identificado depois.

“Em um exame de rotina para a minha estreia no Bellator em setembro de 2020, uma anormalidade foi encontrada no meu cérebro. Eu não tinha nenhum sintoma, então a primeira impressão era de um edema. Depois de uma longa conversa, eu consegui a liberação médica sob a condição de uma liberação médica total depois da luta. Logo, eu estou mais do que orgulho da minha atuação e da minha vitória sensacional naquela luta”, explicou.

Ao passar pelos exames para sua estreia no Bellator nos Estados Unidos, Omer não recebeu a liberação médica da comissão atlética responsável pelo evento e uma preocupação surgiu. Novos exames confirmaram uma péssima notícia: um tumor maligno no cérebro. No entanto, o atleta, que representa a Alemanha, passou por uma cirurgia e conseguiu a total retirada do tumor de seu cérebro. Agora, Omer está liberado pela equipe médica, já retornou aos treinos e já planeja ‘o maior retorno de todos os tempos do MMA’.

“Depois da luta eu realizei alguns exames de rotina e nada mudou na ressonância. Em 2021, eu planejei fazer minha estreia nos Estados Unidos no Bellator 258. Era uma grande oportunidade para mim, mas a comissão americana não me liberou para lutar. Eu precisava esclarecer o que de fato era essa anomalia. A partir daí, eu senti que algo não estava certo e comecei a me preocupar. Pouco depois, eu recebi o maior choque da minha vida: eu muito provavelmente tinha um tumor no cérebro. Uma maratona de exames começou. Uma biópsia mostrou que de fato era um tumor cerebral – e não era um dos melhores”, afirmou Omer, que completou:

“Na primavera, eu passei por uma longa cirurgia e o tumor foi 100% removido. A cirurgia não poderia ter sido melhor. Eu estou em ótima condição de saúde e já até voltei a treinar novamente. Minha vida inteira eu fui confrontado pela morte, desde enfrentando guerras no Iraque e no Iémen até o esporte – um esporte extremo – até o meu diagnóstico. Agora, na segunda parte da minha vida, eu vou enfrentar a vida”, completou.

Com passagens pelo UFC e pelo Brave CF, Alan Omer vivia um de seus melhores momentos na carreira. Sem perder desde 2016, quando deixou o UFC, o atleta nascido no Curdistão e erradicado na Alemanha somou seis vitórias consecutivas, incluindo triunfos sobre veteranos como Robbie Peralta e Gesias Cavalcante. Em sua estreia no Bellator, ele superou Ryan Scope por nocaute técnico no Bellator 248.

Confira a publicação no Instagram de Alan Omer:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por 🇹🇯 Alan “Mr. Erbil” Omer 🇩🇪 (@alanomermma)

Foto: Bellator MMA/Divulgação