Luta do UFC Vegas 43 é cancelada após teste positivo de Covid-19

Por Matheus Costa | 20/11/2021 17:54

card do UFC Vegas 43 sofreu um baque inesperado horas antes da realização do evento. O confronto planejado para o card preliminar entre Terrance McKinneyFares Ziam acabou sendo cancelada pela organização devido a um teste positivo de Covid-19. A informação foi anunciada por McKinney cerca de duas horas antes do evento.

+ UFC Vegas 43: Vieira vs. Tate – Resultados

Em sua conta no Twitter, McKinney explicou que um dos seus treinadores acabou testando positivo para Covid-19 horas antes do evento. Mesmo com ele testando negativo, o americano foi removido do evento por ter tido contato constante com seu treinador nos últimos dias quando ele já estava infectado, algo proibido pelo protocolo da organização.

“Alguém do meu corner pegou Covid e eles foram obrigados a cancelar a minha luta. Eu não estou com Covid, mas devido ao risco de exposição eu não posso lutar. Desculpe a todos, eu agradeço por todo o suporte de vocês. Estamos trabalhando duro para remarcar a luta o mais rápido possível”, afirmou McKinney.

+ Colabore com o jornalismo independente e seja um apoiador do MMA Brasil

Terrance McKinney chegou ao UFC no ano de 2021, mas seu cartão de boas-vindas à organização foi da melhor maneira possível. Aceitando enfrentar Matt Frevola com poucas dias de antecedência, o americano acabou nocauteando o adversário em apenas sete segundos e anotou o nocaute mais rápido da história da categoria dos leves. O triunfo representou a quarta vitória seguida para o “T Wrecks” por nocaute no primeiro round, sendo um deles em 16 segundos e outro em 17 segundos.

O francês Fares Ziam também vive boa fase na organização. Mesmo com pouca frequência de lutas no UFC, registrando três lutas desde 2019, o atleta de 24 anos anotou dois triunfos consecutivos na divisão dos leves ao vencer Jamie Mullarkey e Luigi Vendramini por decisão dos juízes.

Foto: UFC/Divulgação/Twitter