Leigh Wood surpreende, nocauteia Xu Can e conquista cinturão dos penas da WBA

Por Matheus Costa | 31/07/2021 21:05

Em mais um card promovido pela Matchroom Boxing em parceria com a DAZN neste sábado (31), a categoria dos penas conheceu um novo campeão de forma bem surpreendente. Em evento realizado na sede da Matchroom Boxing Promotions, o inglês Leigh Wood “quebrou a banca” e surpreendeu muita gente ao nocautear o então campeão Xu Can para conquistar o cinturão regular do peso pena da WBA.

+ Campeões Mundiais de Boxe da atualidade

Completo azarão nas casas de apostas por 4:1, o inglês não se intimidou com o desafio perante ao então campeão chinês. Com uma estratégia mais simples, Leigh Wood (25-2, 15 KO) obteve os golpes mais limpos e duros do confronto, minando o volume de Xu Can (18-3, 3 KO), que é sua principal característica. O nocaute foi declarado no décimo segundo round com 17 segundos para o fim da luta, após uma sequência estonteante de golpes que obrigou o árbitro a encerrar o confronto.

Emocionado com a conquista do seu primeiro cinturão na carreira, Leigh Wood elogiou o agora ex-campeão Xu Can e afirmou que muitos duvidaram que ele conseguiria vencer o atleta chinês.

“Ele é um lutador muito bom. Eu tive que cavar muito fundo em alguns momentos. Ele é muito duro. Eu nunca acertei ninguém de forma tão precisa e com tanta força e não a nocauteei. Eu sabia que ele estava lá para ser atingido. Foi muito sobre ter disciplina e não ficar desatento.”, afirmou Wood. “Todo mundo disse: ‘Não tem como você vencê-lo por pontos’. Além de ter vencido por pontos, eu o nocauteei no último round depois de uma luta de ritmo alto. Todo crédito a ele. Agora, vou curtir esse momento”, finalizou.

Confira o nocaute de Leigh Wood:

O cinturão conquistado por Leigh Wood, no entanto, não é o linear da WBA para a categoria dos penas. A associação ainda mantém Leo Santa Cruz como campeão linear oficial da divisão, mesmo que ele não defenda o cinturão em quase três anos e sequer lute pela divisão em si há um ano e meio, já que o mesmo subiu para a categoria superpena. Até o momento, a WBA não se pronunciou sobre o futuro do cinturão.

Confira os resultados completos do evento:

Cinturão peso pena da WBA: Leigh Wood (25-2, 15 KO) venceu Xu Can (18-3, 3 KO) (c) por nocaute técnico (interrupção) aos 2:43 do décimo segundo round
Peso cruzador: Chris Billam-Smith (13-1, 10 KO) venceu Tommy McCarthy (18-3, 9 KO) por decisão dividida (115-114, 115-114, 112-116)
Peso leve: Campbell Hatton (3-0, 0 KO) venceu Jakub Laskowski (4-5-1, 2 KO) por decisão unânime (40-36, 40-36, 40-36)
Peso médio-ligeiro: Anthony Fowler (15-2, 12 KO) venceu Rico Mueller (28-4-1, 19 KO) por nocaute técnico aos 2:12 do oitavo round
Peso supermédio: Jack Cullen (20-2-1, 9 KO) venceu Avni Yildirim (21-5, 12 KO) por decisão unânime (100-90, 98-92, 97-93)

Foto: Mark Robinson/Matchroom Boxing