Joanna Jedrzejczyk explica decisão de se aposentar do MMA: “Está na hora de curtir a vida”

Por Matheus Costa | 15/06/2022 10:57

Após sofrer uma derrota impactante através de um lindo e brutal nocaute para Weili Zhang, a lendária Joanna Jedrzejczyk decidiu pendurar as luvas e dar adeus a sua carreira no MMA. A polonesa de 34 anos protagonizou um emocionante discurso no octógono em sua última aparição pelo UFC.

Durante a coletiva de imprensa após a luta, Joanna explicou sua motivação em pendurar as luvas e dar adeus ao esporte que lhe consagrou como uma lenda. Ela admitiu que já pensava na ideia, mas que decidiu colocar um ponto final no momento após a derrota.

“Não, eu tomei a decisão naquele momento, mas eu já estava com isso na minha cabeça. Talvez em um dia, mais ou menos um ano atrás, se algo tivesse acontecido eu teria me aposentado porque eu estou nesse mundo (das lutas) há 19 anos. Eu investi muita coisa nisso. Chegou a hora de realmente curtir a minha vida. Eu realmente não tive muito tempo para medir o tamanho do meu legado. Eu sempre trabalhei duro e sempre fui muito dedicada. Sempre dei tudo o que eu pude e tentei ganhar tudo o que eu sempre pude da mesma maneira, mas agora é hora de curtir a vida”, afirmou Joanna.

A polonesa, que retornou ao octógono após um hiato de dois anos, confessou à Daniel Cormier durante a entrevista após a derrota que estava encerrando sua carreira por dois grandes motivos: ser uma mulher de negócios e ser mãe.

“Eu estou aposentada. Muito obrigado por todo o suporte. Fazem 20 anos, eu farei 35 anos nesse ano. Eu quero ser mãe, eu quero ser uma mulher de negócios. Eu estou treinando há duas décadas, mais de metade da minha vida. Eu agradeço a todos vocês, eu amo todos vocês”, afirmou Joanna.

Foto: UFC / Twitter/ Divulgação