Yair Rodriguez fala sobre status de grande promessa: “Não aguentei a pressão”

Por Gustavo Lima | 20/02/2018 17:41

Um dos principais e mais promissores pesos pena do mundo, o mexicano Yair Rodriguez (10-2) teve ascensão relativamente rápida dentro do UFC. Após vencer a primeira edição do TUF América Latina, o lutador de 25 anos emendou cinco vitórias consecutivas (incluindo um nocaute memorável contra Andre Fili e nocaute técnico contra a lenda BJ Penn) antes de parar no atual número um da categoria Frankie Edgar.

Em entrevista para a ESPN, Rodriguez falou sobre a derrota e sobre a pressão que a expectativa de ser tornar o próximo grande astro do UFC exerceu sobre ele:

“Eu não aguentei a pressão. Eu explodi. Eu estava sendo muito duro comigo mesmo. Eu estava ficando maluco, de verdade. Foi algo estranho” – disse o “Pantera”.

“Eu não estava ouvindo meus técnicos. Eu estava ficando bravo nos treinos. Eu achava que estava certo sobre algumas coisas. Acho que durante o processo de crescer e virar uma estrela, você simplesmente para de acreditar em muita gente. Eu comecei a me colocar numa bolha e isso me afetou muito.”

Desde então, Rodriguez decidiu se mudar de Chicago para Las Vegas, buscando treinar em tempo integral no UFC Performance Institute. O “Pantera” deseja enfrentar um oponente rankeado futuramente neste ano. Yair continua se mostrando um tanto confiante, mesmo após a derrota sofrida para o americano no UFC 211.

“Eu lutei contra o Frankie Edgar, que é o próximo a lutar pelo título. Isso quer dizer algo. Eu estava numa sequência de seis vitórias antes disso”.

“As pessoas podem dizer que eu peguei a luta contra o Frankie cedo demais – Eu tenho 25 anos e estou nas artes marciais há 20 desses. Eu sei do que eu estou falando. Claro que a experiência do Frankie Edgar foi um fator crucial naquela luta, mas eu tenho que estar pronto. Se eu vou lutar entre os melhores, eu tenho que estar entre os melhores. Eu não vou dar nenhuma desculpa.”

Paulista, patologicamente apaixonado por MMA, futebol e música.