Yair Rodriguez é demitido do UFC após recusar lutas

Por Gabriel Carvalho | 11/05/2018 02:35

UFC tomou uma decisão surpreendente na madrugada desta sexta-feira. Segundo informações do jornalista Lance Pugmire, do jornal LA Times, Dana White comunicou hoje que o peso pena mexicano Yair Rodriguez teve seu contrato rescindido com a organização. Yair teria recusado combates contra Ricardo Lamas Zabit Magomedsharipov, o que motivou Dana White a cancelar o acordo com o atleta.

Existiam planos para Yair lutar no UFC 227, que acontecerá no dia 4 de agosto. O UFC ofereceu lutas contra Lamas e Magomedsharipov (que chegou a assinar contrato), mas Rodriguez optou pela recusa. Inconformado com os vetos, Dana White enviou uma carta para o lutador e seus treinadores comunicando sobre o desligamento.

Em comentário feito ao LA Times, Dana disse: “O cara está fora faz um ano, rejeita uma luta com o Lamas e então não quer lutar contra um cara abaixo dele no ranking? Ele pode ir para outro lugar. Nós não temos uso para ele.”

Rodriguez chegou ao UFC em 2014 após vencer a primeira temporada do The Ultimate Fighter: América Latina. Depois disso, emendou cinco vitórias, chegando a fazer duas lutas principais, vencendo Alex Caceres BJ Penn. Em seu duelo mais recente, o mexicano acabou perdendo sua primeira luta na organização, sendo derrotado por Frankie Edgar no UFC 211, em maio de 2017.

Yair ocupava a 11ª posição no ranking do peso pena, já chegando até a ter figurado dentro do top 10 da categoria. Ele não se pronunciou sobre o assunto até o momento.

Editor do MMA Brasil. Fã de esportes em geral, apaixonado pela arte de punhos em rostos alheios. Amante de filmes e música.