Wellington Turman afirma que aprendeu com última derrota: “Sou um atleta que não gosta de perder”

Por Idonaldo Filho | 16/11/2019 19:07

UFC São Paulo acontece neste sábado (16) no Ginásio do Ibirapuera, com Ronaldo Jacaré estreando nos meio-pesados contra Jan Blachowicz de luta principal.  O MMA Brasil esteve presente no media day e entrevistou Wellington Turman, que abre o card principal em duelo contra Markus Maluko na categoria dos médios.

Sobre a estratégia de luta contra um adversário pouco ortodoxo, Wellington diz que tem um jogo balanceado, podendo atuar bem no chão e em pé. O brasileiro também disse que quer entregar um grande show para o público e que não vê problema com a luta franca.

“Eu acho que na luta, tudo tem uma estratégia. Então, se ele entrar na loucura, vai acabar caindo na minha. Eu tenho um bom jogo de luta agarrada, mas também tenho um jogo bom de trocação, sempre treinei muito isso e gosto muito de provocar os caras e cair na porrada. Na hora que ele começar a querer me provocar, a gente vai se provocar e entregar um grande show para o público.”

Atuando em boa parte da carreira como meio-médio no Brasil, Turman afirmou que não busca retornar a divisão, alegando que cortava muito peso e que seria muito difícil chegar no limite da categoria atualmente, preferindo atuar nos médios.

“Então, lutei muito tempo em 77, mas não foi uma categoria boa pra mim, porque eu diminuía muito o peso e passava muito mal no dia da luta, aí não consegui render igual eu rendo em 84 hoje. Então acho que voltar pro meio-médio não seria uma boa agora, porque eu peso quase cem quilos em off, então seria meio difícil bater esse peso de novo.”

Wellington saiu derrotado em sua estreia no UFC, perdendo para Karl Roberson na decisão dividida, em luta realizada no UFC Sacramento. Ao ser perguntado se aprendeu com a derrota, Wellington demonstra postura crítica, buscando treinos para reparar os erros e que agora é um outro lutador e que está sempre variando seu jogo.

“Sim, com certeza! Nós como atletas devemos estar sempre variando, treinando de uma maneira diferente, é isso que sempre tento fazer. Eu nunca perdi depois de uma derrota, porque eu sempre tento melhorar várias coisas. Treinei várias coisas novas pra essa luta que é pra ele não achar que vai vir o mesmo Wellington Turman. Se ele está esperando isso, ele vai se ferrar. Acho que os outros atletas deveriam ser assim também.
Minha última luta foi muito ruim mesmo, eu sou um atleta que não gosta de perder. Sou muito competitivo e depois daquela luta eu treinei bastante, tentei melhorar tudo que fiz de errado e dessa vez não vou cometer os mesmos erros.”

O UFC São Paulo acontece no sábado (16), no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo. Confira o card do evento:

UFC São Paulo

Peso meio-pesado: Jan Blachowicz vs. Ronaldo Jacaré
Peso meio-pesado: Mauricio Shogun vs. Paul Craig
Peso leve: Charles do Bronx vs. Jared Gordon
Peso médio: Antonio Arroyo vs. André Sergipano
Peso médio: Markus Maluko vs. Wellington Turman

Peso meio-médio: James Krause vs. Serginho Moraes
Peso pena: Ricardo Carcacinha vs. Luiz Eduardo Garagorri
Peso leve: Francisco Massaranduba vs. Bobby Green
Peso meio-médio: Warlley Alves vs. Randy Brown
Peso pena: Renan Barão vs. Douglas D’Silva
Peso mosca: Ariane Lipski vs. Isabella de Pádua
Peso galo: Vanessa Melo vs. Tracy Cortez