Volkan Oezdemir tem acusações de agressão retiradas

Por Gabriel Carvalho | 10/07/2018

O meio-pesado suíço Volkan Oezdemir pode voltar o seu total foco ao mundo da luta. Nesta segunda-feira, Volkan foi inocentado das acusações que tinha de agressão sobre um homem na porta de um bar em agosto de 2017. Ele está totalmente liberado para enfrentar Alexander Gustafsson no UFC 227, no mês que vem.

Oezdemir seria julgado ontem (9), em Broward County, Flórida. A vítima acusou ele de ter o nocauteado, ficando quase 14 minutos inconsciente, sendo levado até o hospital e tratado por conta de concussões e escoriações no corpo, mas o tribunal despachou as acusações após a vítima não colaborar com o caso. A pena máxima era de cinco anos, correndo o risco da deportação de Volkan.

A acusação acabou atrapalhando a carreira de “No Time” no MMA. Apesar de ter disputado o cinturão do peso meio-pesado contra Daniel Cormier em janeiro, Oezdemir teve vistos negados para enfrentar Maurício Shogun em combates no Chile e na Alemanha, o que possibilitou um casamento contra Gustafsson em Los Angeles, Califórnia.

O UFC 227 acontecerá no dia 4 de agosto, em Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos.