USADA suspende Fabricio Werdum por dois anos após caso de doping

Por Matheus Costa | 11/09/2018 18:56

O ex-campeão dos pesos pesados Fabricio Werdum não poderá pisar no octógono tão cedo. A USADA, agência antidoping que comanda o programa de prevenção do UFC, anunciou nesta terça-feira (11) que o brasileiro foi suspenso por dois anos e só poderá voltar a competir no MMA em maio de 2020.

Werdum realizou um exame de urina no dia 25 de maio, em período fora de competição, quando já havia iniciado sua preparação para enfrentar Aleksei Oleinik no UFC Moscou – que acontece neste final de semana. O exame acusou uso do metabólico Trembolona, proibido pelo código antidoping da USADA, acarretando na suspensão ao brasileiro.

A substância Trembolona é um anabólico esteróide injetável usado para aumento de massa corporal, com potencial de efeito que pode chegar a cinco vezes mais forte do que o uso da testosterona. Ele é bastante utilizado por fisiculturistas e até mesmo usado em animais de origem bovina.

A suspensão foi anunciada com a data retroativa ao dia 22 de maio, portanto, Werdum só poderá retornar ao UFC a partir do dia 22 de maio de 2020, quando já estará com 43 anos de idade.

Editor do MMA Brasil. Fundador e editor-chefe do extinto Olimpo MMA. 20 anos, carioca, fanático por esportes.