UFC On FOX 26: Lawler vs. Dos Anjos – Prévia do Card Principal

Chegou aquele momento maroto que é garantia de diversão, quando o UFC prepara um card para a sua maior plataforma de exibição nos Estados Unidos. Como de costume nos eventos da TV aberta, o UFC On FOX 26, que acontece neste sábado, na Bell MTS Place, em Winnipeg, Canadá, tem um card principal com quatro lutas explosivas.

Na abertura, um duelo com predisposição de eliminatória no peso meio-médio: o ex-campeão Robbie Lawler encara o penúltimo dono do cinturão da categoria de baixo, Rafael dos Anjos. Pela mesma categoria, Mike Perry e Santiago Ponzinibbio devem se socar como se não houvesse amanhã.

Dois lutadores ocupando o terceiro lugar de suas respectivas categorias estarão em ação nos dois combates restantes. No confronto coprincipal da noite, Ricardo Lamas encara Josh Emmett. Pelos meios-pesados, Glover Teixeira retorna contra Misha Cirkunov, número sete da classificação.

Outro motivo de felicidade em relação aos cards da FOX é o horário, mais cedo que padrão. A primeira luta das preliminares está marcada para às 19:00h, enquanto o card principal deve ir ao ar a partir das 23:00h, sempre pelo horário oficial de verão de Brasília.

Peso Meio-Médio: #2 Robbie Lawler (EUA) vs. #4 Rafael dos Anjos (BRA)

Por Gabriel Carvalho

Rafael dos Anjos

Todos nós já conhecemos a trajetória de Robbie Lawler (28-11 no MMA, 13-5 no UFC), provavelmente uma das mais bonitas da história do MMA, mas agora é hora de esquecer o passado e buscar o posto de campeão novamente. Depois do nocaute brutal levado contra Tyron Woodley, ele passou por Donald Cerrone em uma animada luta no UFC 214. A vitória no sábado por colocar o “Impiedoso” de volta a uma disputa de cinturão.

Lawler é um dos lutadores preferidos dos fãs por conta de seu muay thai visceral. Ele é capaz de soltar combinações de socos em qualquer distância, confundindo alguns de seus adversários com a base canhota, tem um volume de socos muito bom e uma caixa de ferramentas excelente, já que também usa chutes em qualquer altura, cotoveladas de encontro e também tem um ótimo clinch. Em termos de pressão, estamos falando de um dos maiores do MMA, é intimidador e tem queixo para suportar grandes guerras.

Rafael dos Anjos

Falando em belas trajetórias no UFC, temos Rafael dos Anjos (27-9 no MMA, 16-7 no UFC), que se reinventou na carreira e conseguiu o cinturão peso leve. Após surpreender meio mundo com a decisão de subir para o peso meio-médio, ele surpreendeu mais ainda com as contundentes vitórias sobre Tarec Saffiedine e Neil Magny, que o colocam no top 5 da divisão e com a chance de se aproximar do cinturão.

Além de um jiu-jítsu muito forte, Rafael mostrou uma evolução gigantesca no muay thai, trazendo ótimos socos em combinações bem alinhadas, chutes nas pernas e na linha de cintura, boas joelhadas de encontro, um trabalho interessante com quedas e controle posicional. O problema é que o carioca tem algumas dificuldades para lutar na longa distância, atletas com maior envergadura conseguem explorar seu queixo.

Rafael Dos Anjos vs Robbie Lawler odds - BestFightOdds
 

Rafael tem boas chances de vencer caso coloque a luta no chão, mas antes, o combate precisa se desenvolver em pé. O brasileiro precisa combinar chutes baixos e jabs no rosto de Lawler, tentando forçar ele a diminuir o ritmo, que deve ser intenso desde o começo da luta, mas deve faltar velocidade para o ex-campeão dos leves. Mais técnico na trocação, Robbie aproveitará a sua mobilidade para trabalhar bem as combinações de golpes longos, que devem atingir o brasileiro com frequência.

É possível que Anjos também aposte no clinch para tentar colocar Lawler pra baixo, o que é um pouco complicado, mas pode acontecer caso ele aproveite algum momento em que Lawler esteja com os pés paralelos, porém ele precisará aguentar um pouco de pancada antes disso. Em 25 minutos bem animados, Robbie deve sair com a vitória por decisão unânime.

Peso Pena: #3 Ricardo Lamas (EUA) vs. Josh Emmett (EUA)

Por Diego Tintin

Ricardo Lamas

Desde 2011 no UFC, Ricardo Lamas só saiu do octógono derrotado contra integrantes do pódio da divisão dos penas: José Aldo, Chad Mendes e Max Holloway. Este grande competidor impressiona pelo atleticismo e também é estrategicamente muito eficiente. Tecnicamente falando, o filho de cubano com mexicana mostra muita qualidade no wrestling e um jiu-jítsu bem treinado, seguro e oportunista. Na luta em pé, é bom com as mãos, utiliza poucos chutes, tem a defesa bem estruturada e poder de nocaute dentro da média. Entre suas vítimas famosas estão Jason Knight (atropelado inapelavelmente há quatro meses), Charles Oliveira, Cub Swanson, Dennis Bermudez, Hacran Dias e Diego Sanchez.

“The Bully” tem qualidade em todas as áreas do MMA, com talento em pé, nas quedas e no chão. Porém, deu em água quando se meteu entre a elite justamente pela falta de um algo a mais, um ponto de destaque que o torne especial nesta selva inóspita do peso pena. Na última luta, agradou muito o aumento no senso de urgência que ultimamente andava adormecido. A facilidade em encontrar brechas e aproveitá-las garante sua sobrevivência em boa posição neste território hostil, mas ainda luta para provar que pode ameaçar os maiores predadores do pedaço.

Josh Emmett

A revanche contra José Aldo seria a grande pedida para Lamas neste fim de ano. Porém uma contusão de Frank Edgar e a consequente promoção de Aldo a desafiante fizeram com que Josh Emmett ganhasse a maior oportunidade de sua carreira neste sábado. Há menos de dois meses, o amigo de Urijah Faber abria o card preliminar de um Fight Night contra Felipe Sertanejo e agora tem a chance de mostrar do que é capaz na luta co-principal em plena TV aberta americana.

Emmett também começou no wrestling e participou de campeonatos importantes no ensino médio e na faculdade, porém sem o mesmo destaque que seu adversário teve. Treinando na Team Alpha Male, desenvolveu um interessante jogo em pé, com muita variação entre socos e chutes e movimentação pouco comum, mas eficiente. Na luta agarrada não deve dar trabalho a Lamas, apesar da experiência também no jiu-jítsu – chegou a disputar o campeonato mundial na faixa azul.

No UFC, chegou como peso leve, após conquistar o cinturão de uma organização local da Califórnia. Depois de vencer Jon Tuck e Scott Holtzman, foi derrotado por Desmond Green e resolveu descer para sua atual divisão. Na estreia como pena, aplicou uma senhora surra em Sertanejo (foram quatro knockdowns só no primeiro round) e foi chamado às pressas para não deixar Lamas sem lutar neste evento.

Josh Emmett vs Ricardo Lamas odds - BestFightOdds
 

Josh mostrou que pode ainda ser um lutador de valor dentro do UFC, mas o sarrafo aqui está alto demais para suas pretensões. Salvo uma súbita e improvável queda de rendimento de Lamas por conta de sua alta rodagem ou um ainda mais improvável golpe maroto que mude os rumos do combate, a previsão aqui é de uma vitória muito tranquila do ex-desafiante que pode ser o primeiro a conseguir uma interrupção contra o valente Josh Emmett.

Peso Meio-Médio: #10 Santiago Ponzinibbio (ARG) vs. Mike Perry (EUA)

Por Gabriel Carvalho

Santiago Ponzinibbio

São cinco vitórias seguidas desde o começo irregular no UFC, e Santiago Ponzinibbio (25-3 no MMA, 7-2 no UFC) já aparece no top 10 da divisão dos meios-médios. Após vitórias tranquilas contra Zak Cummings e Nordine Taleb, ele definitivamente assustou a categoria com o nocaute brutal sobre o islandês Gunnar Nelson em sua primeira luta principal dentro do UFC.

Depois que fez a mudança para a American Top Team, Ponzinibbio viu o seu muay thai deslanchar de vez, tornando-se mais polido e menos previsível. Os seus punhos são muito rápidos, capazes de acertar rostos e costelas de forma rápida. Santiago consegue não se abrir tanto ao trocar tiros, mantém um ritmo de luta muito bom e tem capacidade pra derrubar uma galera na divisão.

Mike Perry

O que Mike Perry (11-1 no MMA, 4-1 no UFC) fala de besteira é o que ele tem de agressivo. O moço da tatuagem na sobrancelha venceu todas as suas lutas por nocaute, incluindo o decrépito Jake Ellenberger e o estreante desconhecido Alexander Reyes em suas lutas mais recentes. O duelo contra Ponzinibbio representa mais uma chance de “Platinum” entrar no ranking.

Especialista no muay thai, Perry é um atleta bem agressivo, com uma postura de andar para frente sempre e ir minando o adversário com bons chutes, que abrem espaço pro famoso pedradão e até para uma cotovelada, como foi o caso da última luta. Apesar de não achar Mike o lutador mais técnico quando desfere socos, precisamos reconhecer que ele é bem intimidador, fato que colabora em suas lutas.

Mike Perry vs Santiago Ponzinibbio odds - BestFightOdds
 

Ponzinibbio vs. Perry é uma luta tão boa que pouco importa quem leva, mas para impedir o muretamento aqui, apostaremos em um Ponzinibbio mais cauteloso, esperando Mike tomar as ações para trabalhar bem com os contragolpes e devolver com diretos no rosto do americano. Perry pode tentar tornar a luta em pancadaria, mas não deve acontecer, apesar de ser o desejo de muitos. Se não conseguir um nocaute cedo, Santiago vence por decisão.

Peso Meio-Pesado: #3 Glover Teixeira (BRA) vs. #7 Misha Cirkunov (LET)

Por Rafael Oreiro

Glover Teixeira

Glover Teixeira (26-6 no MMA, 9-4 no UFC) é um lutador que pode estar em seus últimos suspiros como elite no MMA. Depois de mais de cinco anos no UFC, periodo no qual inclusive conseguiu chegar a uma disputa de cinturão contra o invencível Jon Jones, o brasileiro deu pistas de que está decaindo de rendimento. Com nocautes para Anthony Johnson e Alexander Gustafsson intercalados por uma vitória sobre Jared Cannonier, onde inclusive teve performance abaixo do esperado, a quantidade de dano que Teixeira acumulou em seus últimos combates é grande.

Lutador conhecido pelas mãos pesadas e pela resistência absurda a porrada, Glover procurando cada vez mais nos últimos tempos botar em uso sua habilidade no jiu-jítsu, meio pelo qual St.Preux e Cannonier. Com um wrestling acima do nível médio, ele consegue levar bastante vantagem contra lutadores de pouco gabarito na luta agarrada, mas também não demonstrou ter como concorrer com um especialista na área, como Phil Davis.

Misha Cirkunov

Misha Cirkunov (13-3 no MMA, 4-1 no UFC) chegou ao UFC como um sopro de renovação em uma categoria povoada por atletas totalmente fora de seu auge. Com quatro vitórias impressionantes seguidas, sendo três finalizações e um nocaute, ele chegou ao top 10 do peso meio-pesado cheio de expectativas, mas teve seu hype interrompido por Volkan Oezdemir em um nocaute relâmpago, em apenas 28 segundos, após um erro técnico do letão radicado no Canadá.

Não é mistério para ninguém que a principal qualidade de Cirkunov é a luta agarrada. Com um bom wrestling e uma faixa preta de jiu-jítsu, o letão sempre busca impetuosamente as quedas e, caindo por cima, demonstra um ótimo controle posicional e ground and pound perigoso. Porém, sua habilidade na troca de golpes não acompanha sua qualidade no chão, e na verdade até atrapalha sua missão de encurtar a distância para conseguir quedas. Ainda muito lento e com pouco repertório de golpes, ele teve bastante tempo para trabalhar suas mãos desde sua última luta, quando foi apagado por Oezdemir.

Glover Teixeira vs Misha Cirkunov odds - BestFightOdds
 

O fator mais importante que deverá definir o resultado desta luta será quem irá levar vantagem na batalha no wrestling. Cirkunov é mais jovem e mais explosivo, e se cair por cima do brasileiro tem tudo para levar bastante perigo. Porém, caso continue errando a técnica de aproximação para tentar quedas, Glover Teixeira tem tudo para brilhar na curta distância e conseguir um nocaute sobre o letão. Entre as duas opções, a mais provável de acontecer é a segunda.

  • Matheus V.

    Vou apostar na renovação dos penas para valer: Emmett, TKO no R1! rs

    • Gabriel Carvalho

      Já não bateu o peso, aí fica difícil de renovar o peso pena hahahaha.

      • Matheus V.

        *renovação do peso casado hehe

  • James sousa

    Lawler x RDA e uma da melhores lutas que não valem cinturão a ser feita ( engraçado que a 18 meses atrás seria Champion x Champion)
    Alguém sabe se o Card principal vai bater com o jogo entre Chiefs x Charges pela NFL ?

    • Gabriel Carvalho

      Provavelmente não. Jogo começa às 19h:30, né? Só o finalzinho.

    • João Gabriel Gelli

      Evento vai contra os dois jogos da NFL de amanhã. Principal acaba antes do fim de Chiefs-Chargers.

  • Márcio Braga

    Ricardo Lamas tem dado azar com os adversarios, pegando so caras que nao o levam a lugar nenhum, daqui a pouco ele vai ta pegando o ex desafiante dos leves e grande nome gray maynard, aliás casamento interessante, ja que maynard vem de vitoria.

    • João Gabriel Gelli

      Tu não gosta MESMO do Maynard hahahahaha

      • Márcio Braga

        kkkkkkkkkkkkk racho os bico com aquele cara e ao mesmo tempo fico triste com tamanha deterioração dele, deveriam marcar penn x maynard para aposentadoria de ambos

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Glover x Cirkunov me desperta curiosidade pra ver quem sairá melhor no seu jogo, o brasileiro aguentou uns golpes limpos do Gustafsson antes de levar aqueles uppers e ser nocauteado.

    • Rafael Oreiro

      Acredito que em pé o Glover leva vantagem, e no chão o Cikunov deve se dar bem. O fator decisivo vai ser como o Cirkunov vai abordar o brasileiro pra levar ele pro chão, se vacilar na curta distância tá ferrado.