UFC negocia revanche entre Jorge Masvidal e Nate Diaz para janeiro

Por Rafael Fernandez | 02/09/2020 09:56

O cinturão “BMF” está de volta. A revanche entre o detentor do título, Jorge Masvidal, e o homem que ele derrotou para conquistar, Nate Diaz, está nos planos do UFC para o início de 2021. O site “TMZ” foi o primeiro a noticiar sobre a luta, mas a informação deles era que aconteceria no UFC 256, em dezembro. Entretanto, o jornalista da “ESPN” americana, Ariel Helwani, apurou que o combate está planejado para janeiro.

Assim como a primeira luta entre os dois, o cinturão BMF estará em jogo, segundo a apuração. Os atletas se enfrentaram no UFC 244, em novembro de 2019. Masvidal saiu vitorioso após interrupção médica depois do terceiro round por causa de um corte no supercílio de Diaz. Com a vitória, o cubano ficou com o título feito especialmente para o confronto.

A vitória sobre Diaz foi a terceira em um ano espetacular de Masvidal. Anteriormente, ele havia nocauteado Darren Till, em março, e Ben Askren, em julho. O nocaute em cinco segundos sobre Askren quebrou o recorde de mais rápido da história do UFC. Após essa sequência, ele entrou numa disputa contratual com a organização. Depois de meses de negociação, substituiu Gilbert Durinho com seis dias de antecedência e enfrentou Kamaru Usman pelo cinturão da categoria no UFC 251, em julho deste ano. Ele perdeu a disputa por decisão unânime.

Nate Diaz não luta desde a derrota para Masvidal. Desde então, ele exigia uma revanche e deixava bem claro nas redes sociais suas opiniões sobre a categoria e o UFC. Nate saiu das sombras do irmão mais velho, Nick Diaz, após sua rivalidade com Conor McGregor, em 2016. Ele finalizou McGregor no UFC 196 e foi derrotado por decisão majoritária no UFC 202. Em agosto de 2019, derrotou Anthony Pettis no UFC 241.

A revanche entre Masvidal e Diaz provavelmente acontecerá no UFC 257. O evento deve iniciar o calendário de lutas de 2021 para o UFC.