UFC Fight Night 122: Prévia do Card Preliminar

UFC Fight Night 122 não traz nomes conhecidos do público, mas isso não é motivo para deixar de acompanhar o card preliminar do evento, que conta com diversos combates animados e que prometem acordar os fãs que optarem por assistir ao evento no sábado de manhã, com destaque para a potencial anarquia entre Zabit Magomedsharipov e o estreante Sheymon Moraes.

Peso Pena: Zabit Magomedsharipov (RUS) vs. Sheymon Moraes (BRA)

Dois meses depois da impressionante estreia, o promissor Zabit Magomedsharipov (12-1 no MMA, 1-0 no UFC) volta ao octógono na luta que fecha o card preliminar na China. Apesar de ser um nocauteador, mostrou suas habilidades no chão quando finalizou Mike Santiago no UFC Fight Night 115. Magomedsharipov é um dos atletas mais talentosos que o UFC contratou nos últimos tempos, a sua parte em pé é praticamente impecável, com um arsenal ótimo e variado de socos, chutes, joelhadas e cotoveladas. A aproximação é muito bem executada e o jogo de chão também é muito bom.

Segunda melhor contratação do UFC para a edição na China, Sheymon Moraes (9-1 no MMA) foi um dos principais lutadores do MMA nacional por muito tempo, inclusive batendo o veterano Pedro Nobre em sua quarta luta profissional. A única derrota de Sheymon foi para Marlon Moraes, em 2015. O brasileiro é um trocador de longa data, já que começou a treinar caratê e capoeira com quatro anos, migrou para o muay thai pouco tempo depois, arte onde se tornou especialista. Dono de ótimos chutes, Sheymon aprendeu a variar os socos também, mas a parte de solo ainda exibe falhas.

Sheymon Moraes vs Zabit Magomedsharipov odds - BestFightOdds
 

Zabit vs. Sheymon é o grande duelo da noite, com uma promessa de violência desde o início. Quem deve tomar as ações no início será Magomedsharipov, com o brasileiro se portando de forma mais defensiva e aguardando oportunidades para contra-atacar. A luta na troca de golpes deve ser equilibrada, com uma vantagem para Zabit por conta de sua capacidade de aplicar pressão, mas o diferencial do combate deve ser a parte de chão, onde Magomedsharipov deve se sobressair, finalizando no segundo assalto.

Peso Meio-Médio: Kenan Song (CHN) vs. Bobby Nash (EUA)

Kenan Song (12-4 no MMA) vem de duas derrotas consecutivas, mas mesmo assim ganhou uma oportunidade no UFC. Kenan tem uma abordagem bem cuidadosa, normalmente atacando com alguns jabs para medir a distância e se aproveitando de oportunidades para levar a luta para o chão. Ele não é tão ruim defensivamente porque quase não se expõe, mas Nash tem as condições de se aproveitar de alguns buracos deixados pelo chinês.

Contratado no início de 2017, Bobby Nash (8-3 no MMA, 0-2 no UFC) acabou sendo nocauteado nas duas lutas que fez contra Li Jingliang e Danny Roberts, mas deixou uma boa impressão nas duas, o que convenceu o UFC a dar mais uma chance para “Nashty”. Bobby tem uma base bem interessante na troca de golpes, com socos aplicados em alto volume e com poder, mas o sistema defensivo ainda tem muitas falhas.

Bobby Nash vs Kenan Song odds - BestFightOdds
 

Bem, Song não é o pior lutador do mundo, mas também não tem muito nível de UFC. Nash provavelmente tornará o combate mais animado, aplicará bons socos em pé, defenderá investidas de solo de Kenan e deve chegar ao nocaute no segundo round, conseguindo a primeira vitória dele no UFC.

Peso Palha: Kailin Curran (EUA) vs. Xiaonan Yan (CHN)

Kailin Curran (4-5 no MMA, 1-5 no UFC) é um dos raros casos de lutadoras que conseguem negativar o cartel e mesmo assim ainda seguram emprego no UFC, provavelmente por conta do rosto angelical e as pancadarias sempre legais de se assistir. A agressividade no kickboxing e o atleticismo acima da média são os destaques acerca de Kailin, que ainda sofre com a defesa bem esburacada em pé e ainda mais com o jogo de chão fraquíssimo.

Xiaonan Yan (7-1 no MMA) foi outra contratada exclusivamente para o evento. Seu último resultado foi um no contest contra a veterana japonesa Emi Fujino, no ROAD FC 034. Adepta do sanda, Xiaonan tem tudo para se tornar uma das lutadoras preferidas dos fãs, por causa da agressividade imposta e do péssimo sistema defensivo.

Kailin Curran vs Yan Xiaonan odds - BestFightOdds
 

Em meio a diversos nomes desconhecidos, Yan vs. Curran promete ser uma das lutas que afastará o sono de quem acordou cedo para ver o evento. As duas são muito agressivas na troca de socos e ambas também sustentam defesas bem esburacadas. A vantagem aqui vai pra Curran, que é mais inteligente que Xiaonan e tem mais competência para mandar a adversária pra vala. Vamos apostar novamente em interrupção no segundo round.

Peso Galo: Bharat Khandare (IND) vs. Yadong Song (CHN)

Derrotado em sua última luta, Bharat Khandare (5-2 no MMA) fará história no UFC no sábado, se tornando o primeiro lutador indiano da história do UFC. Se algum indiano acompanhará o UFC exclusivamente pela participação de Khandare, provavelmente não será por muito tempo. Apesar de ter base no wrestling, Khandare tem um tempo bem ruim na hora das quedas e um jiu-jítsu bem problemático. A parte em pé é horrorosa, com socos sem nenhum ajuste técnico.

Do outro lado do confronto mais alternativo da noite, temos Yadong Song (10-4 no MMA). O chinês tem apenas 19 anos e atualmente é o atleta mais jovem no plantel do UFC. Apesar de não ser nenhum futuro campeão ou nova estrela do MMA chinês, Yadong tem boas chances de vencer sua estreia no UFC, já que tem uma movimentação interessante e combina bem socos na curta distância.

Bharat Khandare vs Yadong Song odds - BestFightOdds
 

Temos mais uma promessa de combate que deve terminar antes dos 15 minutos, e Song deve vencer. O jovem chinês provavelmente imprimará um ritmo na troca de golpes, frustrando o indiano, que não tem técnica pra equilibrar as ações e deve ficar mais perdido conforme a luta passe. Yadong deve vencer ainda no primeiro round.

Peso Pesado: Chase Sherman (EUA) vs. Shamil Abdurakhimov (RUS)

Joel Embiid provavelmente é o jogador da NBA mais ativo no Twitter, e ele compensa as suas mensagens no microblog com grandes exibições em quadra. Não podemos falar o mesmo de Chase Sherman (11-3 no MMA, 2-2 no UFC), que apesar de não mostrar as habilidades no octógono de forma equivalente ao Twitter, é um dos nomes novos interessantes no defasado peso pesado. Apesar de ser um lutador sem muita potência, Sherman é ágil e tem um preparo físico acima da média para a galera fora do top 15. A defesa ainda é um problema, principalmente por conta dos tiroteios que protagoniza de vez em quando.

Será a primeira luta de Shamil Abdurakhimov (17-4 no MMA, 2-2 no UFC) desde o sufoco que deu em Derrick Lewis, na luta principal do triste UFC Fight Night 102. Nascido no Daguestão, Shamil é wrestler de origem e é bem competente em tal área, principalmente com a questão do controle posicional, que é forte. Mas Abdurakhimov sofre com a absorção fraca e o preparo físico safado.

Chase Sherman vs Shamil Abdurakhimov odds - BestFightOdds
 

Apesar do potencial de ser um dos piores combates da noite, a luta entre Sherman e Abdurakhimov chama atenção por conta da imprevisibilidade. Será que Sherman tem condições de explorar as falhas defensivas e o queixo de Shamil com sua potência? E o russo conseguirá colocar Chase para baixo com tranquilidade, assim como foi contra Derrick Lewis? Difícil palpitar em qualquer coisa, mas pelo bem do andamento da divisão, vamos de Sherman por decisão.

Peso Galo: Yanan Wu (CHN) vs. Gina Mazany (EUA)

Com 21 anos de idade, Yanan Wu (8-1 no MMA) foi mais uma contratação do UFC exclusiva para o card chinês. Outra adepta do sanda, Wu tem um estilo mais estudioso, gosta de medir bastante a distância e tem os golpes retos como ponto forte. Ela também sente cheiro de sangue, sabe a hora de colocar o senso de urgência em jogo e até varia uns chutes de vez em quando.

Gina Mazany (4-1 no MMA, 0-1 no UFC) fez apenas uma luta no UFC, quando foi finalizada por Sara McMann em 74 segundos, mas já conquistou nossos corações. Atleta da Xtreme Couture, Mazany competiu no boxe amador e tem condições de equilibrar as ações contra a chinesa. O grande problema da moça de cabelo roxo e olhos verdes é o jogo de chão, já que não evoluiu nada entre sua luta contra Julianna Peña, no TUF 18, e na exibição contra Sara McMann.

Gina Mazany vs Yanan Wu odds - BestFightOdds
 

O primeiro combate feminino da noite é até equilibrado no papel. Mazany terá mais tempo para poder mostrar as suas habilidades, e enfrentará uma atleta cautelosa, que não costuma desperdiçar socos, que sabe das suas limitações e tenta cometer o menor número de erros possíveis. Vamos apostar na americana aqui, provavelmente por decisão, mas não se surpreenda caso Yanan vença.

Peso Pena: Rolando Dy (FIL) vs. Wuliji Buren (CHN)

Fiquei triste quando Rolando Dy (8-6 no MMA, 0-2 no UFC) anunciou aposentadoria após derrotas para Alex Caceres e Teruto Ishihara. Afinal, é um nome a menos na lista do “O que estou fazendo no UFC?”, do Barangão 2018, mas ele tratou de voltar para honrar o seu posto. O filipino tem base no boxe e gosta de usar contra ataques, mas sofre com os problemas de sua ruindade natural e movimentação pífia.

Seu adversário será Wuliji Buren (10-4 no MMA). Ex-campeão do Chi Woo Men, uma das principais organizações da China, ele tem base no wrestling e tem bons ataques nas pernas dos oponentes. Sabe se virar na troca de golpes, o que provavelmente é suficiente para enfrentar um atleta como Dy.

Rolando Dy vs Wuliji Buren odds - BestFightOdds
 

Apesar de não ser nenhum atleta especial, Buren leva boa vantagem sobre Dy. Ele tem mais vantagem de envergadura e provavelmente colocará o filipino para baixo ainda na parte inicial da luta. Também deve controlar as ações por cima até achar uma finalização, provavelmente um mata-leão, no segundo round.

Peso Pesado: Cyril Asker (FRA) vs. Yaozong Hu (CHN)

Cyril Asker (8-3 no MMA, 1-2 no UFC) foi campeão dos pesados do grande EFC Africa, evento que revelou Ruan Potts e Garreth McLellan para o UFC. Asker honra a bandeira do evento e é outro lutador sofrível. A sua base em pé é bem fraca, com pouca movimentação, ataques sem técnica alguma em linha reta e um queixo altamente duvidoso. A única qualidade interessante de Cyril é o solo, já que quando está por cima, despeja uma caixa de ferramentas nos adversários.

Com apenas 21 anos de idade, Yaozong Hu (3-0 no MMA) aproveitou o doping de James Mulheron para agarrar sua oportunidade no maior evento do mundo, mesmo vencendo apenas três lutas profissionais. Hu é adepto da luta greco-romana desde os tempos de adolescência, e usa a arte marcial como base para o MMA, esporte onde começou com 19 anos.

Cyril Asker vs Hu Yaozong odds - BestFightOdds
 

Bem, não é a melhor luta para abrir um evento, principalmente quando ele começa às 06h da manhã. Yaozong provavelmente dificultará a vida de Asker na hora que a luta for pro chão, mas a falta de experiência e o pouco preparo devem pesar, dando a vitória para o francês por nocaute técnico no primeiro assalto.

  • Binho Vianna

    Dos vários previews que vi por aí, você foi o único que foi na Curran e eu tb acredito na vitória dela que está pagando muito bem para apostas.
    O UFC tem muito interesse no mercado chinês, esse evento é péssimo para ver mas valioso para a organização e não foi a toa porem gente ruim para enfrentar chineses, querem mais chineses vencedores além do feioso sem graça do Jingliang.

    • Idonaldo Gomes Assis Filho

      Interesse até exagerado pros caras colocaram gente com 2 derrotas seguidas no card kkkk, isso beira o ridículo pra mim

    • Malk Suruhito

      Eles tinham que pegar alguns atletas de lá e levar para a aquele Centro de Alto Rendimento do UFC e deixar os caras lá até o próximo UFC China.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Coitado do Rolando Dy, eu vi que o pai dele era boxer campeão e dos bons, aí vem ele e nos mostra toda desenvoltura no octógono, acho que ganha por que o oponente parece tão sofrível quanto.

    Eu vi as lutas do chinês peso pesado (não me perguntem por que), e ele é bem imbecil, fica tentando brawl com queixo pra cima, boxe terrível e parece que não sabe que é wrestler, além de ser pequeno pra categoria, só tem uns chutes decentes e olha lá…

    • Gabriel Carvalho

      O que não falta nesse card é imbecil, confia em mim hahahahaha

      • Renan Oliveira

        Os únicos chineses bons no card talvez sejam só o Jingliang e aquele outro que vai lutar com o Cáceres kkkkkkkkk

        • Gabriel Carvalho

          Nem esse, pra ser sincero.

          • Renan Oliveira

            Ah, até que eu acho o Jingliang bom. Não é um TOP dos TOP’s, mas é bom.

            • Gabriel Carvalho

              O Jingliang é decente. O Guan é fraquinho

  • James sousa

    Magomedsharipov x Sheymon e um bom motivo para acordar cedo