UFC Fight Night 118: Prévia do Card Preliminar

Antes da promessa de pancadaria entre Donald Cerrone e Darren Till, a volta do UFC a Polônia trará um card preliminar recheado de confrontos interessantes, apesar da falta de nomes grandes.

Abrindo o evento, o brasileiro Felipe Sertanejo fará seu retorno para o peso pena ao enfrentar o ex-peso leve Josh Emmett. Em seguida, a promessa Aspen Ladd estreia no UFC encarando a trocadora Lina Lansberg no peso galo, enquanto o brasileiro Warlley Alves buscará recuperação de uma má-fase ao lutar contra o estreante Salim Touahri.

Seguindo no card, os pesos penas Andre Fili e Artem Lobov se confrontarão para decidir quem continuará relevante na categoria, os pesos galos Damiam Stasiak e Brian Kelleher prometem um bom duelo de chão e Anthony Hamilton faz seu aguardado retorno da aposentadoria para enfrentar Adam Wieczorek na categoria dos pesados.

Finalmente, para fechar o card preliminar, o polonês Marcin Held buscará finalmente vencer sua primeira luta dentro da organização em casa, ao encarar o alemão Nasrat Haqparast no peso leve.

Confira nossa prévia para os combates da porção principal do evento, que terá transmissão do Canal Combate a partir das 13:25, no horário de Brasília:

Peso Leve: Marcin Held (POL) vs. Nasrat Haqparast (ALE)

Marcin Held

Ex-desafiante ao cinturão dos leves do Bellator, Marcin Held (22-7 no MMA, 0-3 no UFC) chegou no UFC com a expectativa de entrar no bolo que tenta penetrar no top 15 da divisão. Na estreia, foi frustrado por Diego Sanchez, perdeu em uma decisão bizarra para Joe Lauzon e foi surpreendido por Damir Hadzovic. 12 meses depois da contratação, Held agora luta pelo emprego no UFC. Faixa-preta de jiu-jitsu, Held é um dos grapplers europeus mais condecorados do MMA. Em pé, tem uma mentalidade agressiva, apesar de uma certa dificuldades nos golpes. O tempo de quedas é regular, mas ele se destaca mesmos é com as rápidas transições e os ataques nas pernas.

Do outro lado, temos o jovem alemão Nasrat Haqparast (8-1 no MMA), que entra absolutamente sem pressão para a luta, substituindo o lesionado Teemu Packalen. Nasrat fez sua carreira inteira na Alemanha, inclusive com boa parte das lutas em um curioso evento chamado We Love MMA. Atleta da Kings MMA e da Tristar Gym, Haqparast ainda não tem uma trocação bem lapidada, partindo para a briga em muitos momentos. No solo, Nasrat se destaca pelo ground and pound destruidor.

Marcin Held vs Nasrat Haqparast odds - BestFightOdds

Haqparast é um lutador candidato a ser um dos preferidos dos fãs caso ache alguém que queira trocar socos com ele, o que não deve ser o caso de Held, que precisando manter o emprego, não deve se arriscar na troca de golpes. O palpite aqui é que o polonês não irá demorar muito para colocar o alemão de costas no chão e achará um mata-leão ainda na parte inicial da luta.

Peso Pesado: Anthony Hamilton (EUA) vs. Adam Wieczorek (POL)

Anthony Hamilton

Depois de protestos em massa em diversas partes do mundo, Anthony Hamilton (15-8 no MMA, 3-6 no UFC) está de volta ao octógono, um mês depois de ter sido nocauteado por Daniel Spitz em apenas 24 segundos e anunciar aposentadoria. Ex-campeão do extinto evento canadense MFC, Hamilton não é um bom atleta. Tem dificuldades na trocação, onde sofre para achar a distância e é nulo no chão. Seu único ponto forte é a questão da explosão, que nem sempre aparece e nem sempre pode dar certo.

Depois de dois cancelamentos,  Adam Wieczorek (8-1 no MMA) finalmente fará sua estreia no octógono. Após se destacar em eventos da Polônia, ele recebeu o chamado do UFC, mas não deve ficar por muito tempo na organização. Apesar de ser atlético para a divisão, ele tem problemas com defesa de queda e um queixo bem duvidoso. Usa bastante os chutes e joelhadas em pé, apesar de sempre se abrir muito ao aplicar os golpes. Seu ponto mais forte é o jiu-jítsu ofensivo e o ground and pound, apesar da estratégia ter boas chances de dar errado se pegar um cara mais forte fisicamente.

Adam Wieczorek vs Anthony Hamilton odds - BestFightOdds

Esse tem fortes chances de ser o pior combate da noite, e esperamos que acabe rapidamente. Hamilton provavelmente virá mais receoso depois de tomar um nocautão no mês passado, Adam deve vir tomando ação do combate e tentará combinar golpes antes de partir para uma queda. Se derrubar, Wieczorek não terá problemas para finalizar o combate, mas acredito que ele pode ser nocauteado caso permaneça em pé com Hamilton.

Peso Galo: Damian Stasiak (POL) vs. Brian Kelleher (EUA)

Brian Kelleher

Outro atleta da casa, Damian Stasiak (10-4 no MMA, 2-2 no UFC) busca se recuperar frente ao público polonês. Depois de duas boas vitórias sobre Filip Peljic e Davey Grant, ele teve um teste mais avançado e acabou não passando sobre o bom Pedro Munhoz. Stasiak é especialista no solo, mas ele sofre com o problema de não conseguir levar a luta pro chão, já que tem bastante dificuldades com o wrestling. Em pé, praticamente promove um concurso de encaradas, com diversos problemas em defender socos.

O 2017 de Brian Kelleher (17-8 no MMA, 1-1 no UFC) foi bem movimentado até aqui. Após assinar com o UFC e decepcionar os brasileiros com uma finalização sobre Iuri Marajó, ele acabou sendo surpreendido por Marlon Vera, quando tinha a torcida a seu favor. Mesmo sem ser um dos caras mais técnicos na troca de golpes, Kelleher sempre propõe lutas interessantes em pé. Ele avança sem receio do adversário, mas desperdiça diversos golpes e insiste nos superestimados golpes giratórios. No chão, usa bem as quedas e tem um jiu-jítsu oportunista, com detalhe para a sua guilhotina.

Brian Kelleher vs Damian Stasiak odds - BestFightOdds

A torcida é que a luta se desenrole no chão, onde tende a ser mais animada. Em pé, Kelleher pode apostar em alguns chutes baixos para medir a distância e iniciar uma pressão sobre Stasiak no clinch. No chão, não acredito que Damian conseguirá a queda sobre Kelleher, que pode aproveitar uma oportunidade para cair por cima, mas precisa ter atenção em relação ao jiu-jítsu perigoso do polonês. A aposta aqui é Brian por decisão.

Peso Médio: Sam Alvey (EUA) vs. Ramazan Emeev (RUS)

Sam Alvey

Sam Alvey (31-9 no MMA, 8-4 no UFC) é um funcionário do MMA. Após a grande vitória sobre Rashad Evans, ele aceitou o duelo contra Emeev com apenas 10 dias de antecedência, conseguindo a sua quarta luta em 2017. Alvey, que ficou conhecido pela mão pesada, tem um problema relativamente grave: os punhos são um dos poucos fatores positivos no seu arsenal. Ele sofre com a falta de ajustes nos socos, além de ser passivo e esperar muito por contra-ataques. Sucumbe facilmente às quedas, mas vem melhorando no solo.

Um dos principais lutadores do mundo no peso médio fora do UFC, Ramazan Emeev (15-3 no MMA) terá sua chance no octógono. Ex-campeão dos médios do M-1 Global, também foi campeão mundial de combat sambo. O estilo de Emeev é bem interessante, com boas aproximações usando jab e direto, boas abordagens no clinch iniciando com joelhada e um jiu-jítsu de nível bom. Apesar de ser um cara que promete bastante na divisão, Ramazan ainda tem alguns problemas defensivos, mas se sobressaí em algumas lutas por conta do queixo duro.

Ramazan Emeev vs Sam Alvey odds - BestFightOdds

Todas as lutas de Sam Alvey em que ele não nocauteia rapidamente são bem chatas de se assistir, mas, o combate de sábado pode ser diferente. Emeev deve começar a luta marcando o rosto do americano e buscando a queda rapidamente, Alvey deve aceitar, pode até ficar em pé novamente, porém, a tendência é que Sam fique de costas para o chão na maior parte da luta, dando a vitória para Emeev por decisão.

Peso Pena: Artem Lobov (IRL) vs. Andre Fili (EUA)

Andre Fili

Depois de duas vitórias consecutivas e uma inesperada luta contra Cub Swanson, onde até se saiu bem, Artem Lobov (13-13 no MMA, 2-3 no UFC) volta ao seu status normal do UFC, mas ainda terá um teste encardido pela frente. Sua trocação ainda não é das melhores, com alguns golpes bem esquisitos e escolhas não muito bem feitas, mas ele aprendeu bem a trocar de base, para compensar a defesa esburacada. O jogo de clinch melhorou, inclusive adicionando quedas ao seu repertório, mas ainda é pífio quando trabalha por baixo.

Ainda alternando vitórias e derrotas no UFC, Andre Fili (16-5 no MMA, 4-4 no UFC) tem chance de se recuperar depois do vareio sofrido contra Calvin Kattar. Um dos alunos de Duane Ludwig no Team Alpha Male, Fili sempre é um lutador muito interessante de se assistir. Tem boas trocas de base, boas combinações de socos quando encurta a distância e também tem bons chutes baixos. O que seguiu uma arrancada de “Touchy” foi o seu fraco sistema defensivo, tanto em pé quanto no chão.

Andre Fili vs Artem Lobov odds - BestFightOdds

Um dos grandes combates da noite deve acontecer aqui. A esperança é que Fili tome ação no começo do duelo, apostando em chutes baixos para controlar a movimentação de Lobov e frustrar o adversário, que tentará encurtar a luta com jabs e chutes laterais no corpo. Não acredito que o combate se desenrole no solo, porém, se acontecer, a vantagem é do americano. Fili deve manter o ritmo inicial por um bom tempo, cansar Artem e vencer por decisão.

Peso Meio-Médio: Warlley Alves (BRA) vs. Salim Touahri (POL)

Warlley Alves

Vencedor do TUF Brasil 3, Warlley Alves (10-2 no MMA, 4-2 no UFC) era considerado como um dos principais prospectos do Brasil, mas acabou sofrendo derrotas consecutivas para Bryan Barberena e Kamaru Usman, que acabaram questionando um pouco do seu potencial. Em pé, Warlley tem um bom nível de kickboxing, com bons chutes baixos e um poder de nocaute até interessante. A sua parte de chão é bem explorada, principalmente com o ataque na guilhotina, que acaba sendo arriscado, já que o gasto de energia com o estrangulamento é grande, e seu preparo físico não é dos melhores.

Depois de fazer a carreira na Polônia contra uma galera de nível extremamente duvidoso, Salim Touahri (8-1 no MMA) ganha a chance de estrear no UFC após a lesão de Jim Wallhead. Com experiência em diversos eventos poloneses de grappling, Touahri é faixa marrom de jiu-jítsu e usa a arte suave como carro-chefe, apesar de aceitar as quedas facilmente, o que é um baita erro em uma categoria cheia de wrestlers fortes como o peso meio-médio. Em pé, é bem decente até, com destaque para o seu poderoso murro de esquerda.

Salim Touahri vs Warlley Alves odds - BestFightOdds

Depois de duas derrotas, acredito que Warlley possa ter colocado os pés no chão, mas Salim não servirá para por a prova a evolução do mineiro. Sem muitos problemas, Warlley deve atordoar o polonês logo no início e finalizará com a guilhotina, sua marca registrada, ainda no primeiro round.

Peso Galo: Lina Lansberg (SUE) vs. Aspen Ladd (EUA)

Depois de tomar uma surra de Cris Cyborg, Lina Lansberg (7-2 no MMA, 1-1 no UFC) busca mais uma vitória para se aproximar do top 15 da divisão dos galos. Na última vez que subiu ao octógono, venceu Lucie Pudilova em uma batalha sangrenta. Lansberg é uma atleta que se destaca pelo muay thai, principalmente pelo uso de joelhadas no clinch de alguns chutes altos na longa distância. O sistema defensivo requer melhora, e lhe prejudicou bastante no combate contra Cyborg.

Com apenas 22 anos, Aspen Ladd (5-0 no MMA) já apareceu no MMA Brasil na lista do top 10 do futuro. Em pé, tem o boxe como base e usa bastante para pressionar, principalmente para colocar a adversária contra a grade. No chão, aplica boas quedas, tem um controle de posição interessante e sempre parte com agressividade, com a intenção de acabar com a luta.

Aspen Ladd vs Lina Lansberg odds - BestFightOdds

Ladd tem mais futuro no UFC do que Lansberg, mas caso queira colocar a luta no chão, terá que passar pelo clinch da sueca antes, onde pode acabar se complicando com alguns uppercuts e joelhadas de Lina. Caso não perca muito tempo trocando e consiga derrubar rapidamente, não acredito que Lansberg conseguirá sair de baixo da jovem americana, que deve vencer por finalização no segundo assalto.

Peso Pena: Felipe Sertanejo (BRA) vs. Josh Emmett (EUA)

Felipe Sertanejo

Depois de uma passagem meio conturbada pelo peso galo, onde acabou não batendo o peso em uma oportunidade e precisou cancelar outra após uma doença, Felipe Sertanejo (18-8-1 no MMA, 5-4-1 no UFC) está de volta ao peso pena. Mais um atleta de Diego Lima na Chute Boxe, Felipe também tem o muay thai como base, usando bons chutes baixos, com punhos poderosos e sempre proporcionando combates legais. Sertanejo tem o chão como destaque também, já que é faixa marrom de jiu-jítsu e bem agressivo por baixo, mas ainda tem problemas em relação a defesa de quedas.

Baixando de peso, Josh Emmett (11-1 no MMA, 2-1 no UFC) pode se tornar um nome interessante no peso pena. Atleta do Team Alpha Male, ele tem uma movimentação não muito ortodoxa e bem interessante, mesclando com bons chutes e socos. Assim como a maioria de seus parceiros de treino, ele é forte no wrestling, apesar de ainda ter uma certa dificuldade na hora de colocar os adversários no chão.

Felipe Arantes vs Josh Emmett odds - BestFightOdds

Um ponto bem interessante para o desenvolvimento da luta é a questão física dos atletas. Sertanejo é mais alto e tem mais envergadura, enquanto Emmett tem mais massa corporal, o que pode determinar dois cenários para o combate de solo: Sertanejo finalizando por baixo, ou Emmett amassando por cima. Em pé, a luta tende a ser bem interessante, com vantagem pro americano, que tem capacidade de explorar as falhas do brasileiro. É difícil palpitar, mas vamos de Sertanejo por finalização no segundo round.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Emeev deve vencer, mas ele tem que tomar cuidado se for muito agressivo, Sam Alvey é chato pois é contragolpeador e tem mão pesada. E ele é bem pequeno, se conseguisse descer seria bom.

    Eu vi umas lutas do Wieczorek e ele me pareceu um Struve piorado e menor, mas até a Tecia Torres nocautearia o Anthony Hamilton nesse estado na carreira e sem descansar do último nocaute, não passa de 3 minutos de luta…

    • Gabriel Carvalho

      Tem grandes chances do Emeev perder pro Alvey. E quase que apostei no Anthony Hamilton, o Wieczorek é muito ruim também, não tem futuro.

    • Binho Vianna

      Alvey tem feito apresentações muito ruins ultimamente e vai estar muito prejudicado na perda de peso. estou apostando na vitória do russo.

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        É mais nas 3 últimas lutas tivemos um Rashad comedido e deplorável, um Thales que não é striker de ofício e um Nate Marquardt resumido a uma mãozada e um pouco de wrestling, agressividade ou pode ser um prato cheio pro contragolpe dele ou pode ser um prato cheio pro Emeev abusar da inatividade do Alvey, me interessa essa luta.

  • William Oliveira

    Só vi uma luta do Adam Wieczorek e ele me pareceu um bom lutador, nada demais, bem mediano, mas acima de muitos peso pesados no UFC. Ele venceu o único cara a ganhar do Francis Ngannou no MMA. Lutador esse que hoje tá 12-2 por aí e só perdeu pra ele e pro Goltsov da Russia (top 3 HW do regional de lá). Ele tem queixo sim, essa luta por si só prova isso. Também sabe lidar sob pressão, pois se não aquele francês doido teria nocauteado ele. Recomendo essa luta, foi legalzinha no começo.

    O Emmev vou ficar muito surpreso se perder pro Smiling Sama, ainda mais depois de saber o peso todo que o Alvey tá cortando, sem contar o fato de ter pego a luta em cima da hora..

    Vou de Emmet, Lansberg e Lobov, todos por decisão. De resto concordo com os palpites.

    • Gabriel Carvalho

      Emmett tem boas chances de amarrar o Sertanejo sim, só acho que ele tem umas brechas meio bobas ali no jiu-jítsu, deve se complicar quando subir o nível.

  • William Oliveira
  • Binho Vianna

    Vejo vitória clara do Emmett

    • Gabriel Carvalho

      Pode acontecer, como deixei claro na prévia.

  • James sousa

    Tenho boas expectativas com a Aspen ladd no UFC

    • Gabriel Carvalho

      Também tenho.