UFC fecha acordo de direitos de transmissão com a ESPN para os Estados Unidos, começando em 2019

Por Idonaldo Filho | 08/05/2018 11:13

Um acordo de extrema importância para o UFC foi oficializado nesta manhã. A organização, que até então trabalhava de forma exclusiva com o grupo FOX para transmissão de seus eventos nos Estados Unidos, terá os seus direitos de transmissão a partir de 2019 com a ESPN na plataforma ESPN+, serviço de streaming multi-esporte recém lançado pela companhia.

Com esse negócio, o UFC passará a transmitir 15 cards exclusivos por ano na ESPN+, que serão denominados UFC on ESPN+ Fight Night, cada um com doze lutas. Outros produtos da organização, como o Dana White’s Contender Series, projetos exclusivos, uma nova série produzida pela WME-IMG, o pré e pós-evento, UFC Countdown, pesagens, coletivas de imprensa também farão parte da grade do canal. A organização também passará a fazer parte da programação dos canais lineares da ESPN, com programas de meia hora fazendo prévias de eventos futuros, além de reprises dos melhores cards do UFC.

Dana White se expressou com as seguintes palavras sobre o acordo:  “Não poderia estar mais animado para essa parceria com o grupo The Walt Disney Company e com a ESPN nesse acordo que fará nosso esporte continuar crescendo.  O UFC sempre fez acertos com os parceiros ideias no tempo certo, e esse não é exceção. Nós agora temos a possibilidade de entregar lutas para nossos fãs mais novos, onde e quando eles quiserem. Esse acordo é um home run para a ESPN e o UFC.”

Segundo o site SportsBusinessDaily, o valor a ser pago será de 150 milhões de dólares anuais em um contrato de cinco anos. O negócio também envolve direitos do pacote digital do UFC, que impede que empresas que não sejam a ESPN possuam direitos de eventos do UFC que não sejam conteúdo pay per view. Também de acordo com o site citado, a organização ainda está no mercado buscando vender um pacote de transmissão de doze eventos anuais, tendo sido procurados tanto a Fox Sports, quanto a NBC Sports. Porém, esse acordo ainda não parece estar próximo de acontecer.

Além de tudo, os pay per views e a assinatura do UFC Fight Pass poderão ser comprados via ESPN+, por um preço diferenciado. A ESPN+ terá também direito a centenas de horas de programação sobre UFC, com disponibilidade do arquivo inteiro da organização, incluindo eventos históricos, conteúdo que antes era exclusivo do Fight Pass.

O compromisso com a nova dona dos direitos de transmissão nos Estados Unidos irá começar em janeiro de 2019, com o contrato com a FOX se encerrando no final de 2018.

Colaborador do MMA Brasil, goiano, fã de pesos pesados e admirador de freakshow com responsabilidade.