UFC 219: Prévia do Card Preliminar

Mesmo com apenas cinco lutas, o card preliminar do UFC 219 deve proporcionar momentos bem animados para quem comparecer na T-Mobile Arena, em Las Vegas, Nevada, nos Estados Unidos. Também será entretido quem sintonizou no Canal Combate, a partir das 22h:30 no Horário de Verão de Brasília.

Fechando as ações, o hypado Khalil Rountree tenta a terceira vitória seguida contra o estreante polonês Michal Oleksiejczuk. Antes dele, Myles Jury tenta entrar de vez no top 15 do peso pena contra o ex-campeão do WSOF Rick GlennOmari Akhmedov Marvin Vettori protagonizam um confronto europeu, Matheus Nicolau retorna da suspensão por doping contra Louis Smolka Tim Elliott sobe de categoria pra recepcionar o estreante Mark de la Rosa.

Peso Meio-Pesado: Khalil Rountree (EUA) vs. Michal Oleksiejczuk (POL)

Khalil Rountree

A vida de Khalil Rountree (6-2 no MMA, 2-2 no UFC) mudou bastante em 2017, ano que pode ser fechado de forma melhor ainda. O equino citado superou as derrotas para Andrew Sanchez e Tyson Pedro com nocautes brutais sobre os limitados Daniel Jolly e Paul Craig, ficando bem próximo do top 15 da divisão. Oriundo do muay thai, Rountree adota uma base canhota e uma postura bem estudiosa no início das lutas, crescendo ao longo do combate buscando sempre intimidar o adversário. Seus socos são rápidos e ele consegue encontrar bons espaços para aplicá-los. A incógnita sobre Khalil é a questão do chão, na qual já foi provado que seu nível é amplamente duvidoso.

Com apenas 22 anos de idade, Michal Oleksiejczuk (12-2 no MMA) foi marcado para estrear no grandioso UFC 217, mas uma notificação da USADA dada ao seu adversário Ion Cutelaba acabou adiando sua estreia. Agora, Michal recebe chance em outro palco grande e com uma missão bem piorada. O jovem lutador é bem limitado, tendo um sistema defensivo fraquíssimo, com pouco bloqueio dos socos que recebe e bastante tendência a ser nocauteado. O seu principal ponto positivo ofensivamente é a troca de golpes, que não é excelente, mas com capacidade de mesclar bem os golpes em pé.

Khalil Rountree vs Michal Oleksiejczuk odds - BestFightOdds
 

Na luta que fecha o card preliminar, o amplo favoritismo vai para Khalil. O americano é bem mais técnico, vem atuando de forma mais calma e segura e deve aproveitar uma das inúmeras brechas de Oleksiejczuk para poder nocautear com um cruzadão de esquerda. A chance para o polonês é no chão, mas ele não mostrou capacidade de transformar uma luta em um combate de grappling. Levar a luta para a briga tem suas chances de sucesso, mas é bem mais provável que dê errado. Outra chance pro polonês é em caso de desclassificação de Rountree, que adora soltar os famosos tiros de meta e pode se dar mal em uma tentativa.

Peso Pena: Myles Jury (EUA) vs. Rick Glenn (EUA)

Myles Jury

Outro ótimo nome que saiu do TUF 15, Myles Jury (16-2 no MMA, 7-2 no UFC) deu uma sumida depois das derrotas para Donald Cerrone e Charles Oliveira, mas voltou bem em 2017 com uma vitória tranquila sobre o limitado Mike de la Torre. Lutador bem versátil no kickboxing, Jury é perigoso em todas as distâncias, mostrando bastante mobilidade, confiança e variação nos golpes. Faixa-preta de jiu-jítsu, já encontrou alguns problemas na arte suave, mas vem mostrando evolução depois do tempo parado.

Ex-campeão do WSOF, o aguerrido Rick Glenn (20-4 no MMA, 2-1 no UFC) vem invicto desde que voltou ao peso pena, com uma vitória apertada sobre Phillipe Nover e uma surra de proporções bíblicas sobre Gavin Tucker. Atleta de pouca movimentação lateral e bons golpes no corpo, Rick se mostra como um lutador de volume muito alto quando age no pocket. A parte de chão deve ser inferior quando ele pegar atletas menores fisicamentes, o que não é o caso de Jury.

Myles Jury vs Rick Glenn odds - BestFightOdds
 

A promessa é de momentos bem animados assim que os dois entrarem no octógono. Mais técnico e mais móvel, Jury tem totais condições de evitar a aproximação de Glenn, trabalhando chutes baixos e na linha de cintura para depois investir nos socos, principalmente na parte de contragolpes. Caso a luta for para o chão, o que é um pouco mais difícil, a expectativa é que Myles também seja superior, conquistando uma vitória por decisão unânime.

Peso Médio: Marvin Vettori (ITA) vs. Omari Akhmedov (RUS)

Omari Akhmedov

Marvin Vettori (12-3 no MMA, 2-1 no UFC) só viu brasileiros em seu caminho no UFC. Foram vitórias sobre Alberto Uda e Vitor Miranda, interrompidas por uma derrota contra Antônio Cara de Sapato. Atleta da Kings MMA, Vettori ainda é meio desajeitado no kickboxinge não é tão técnico nos golpes, mas mostra uma certa inteligência com combinações, tem uma esquiva interessante e usa bem as joelhadas. Seu ponto forte é o chão, aplicando quedas no momento certo e controlando bem a luta por cima.

Apesar de não ser dos lutadores que mais chama atenção, Omari Akhmedov (17-4 no MMA, 5-3 no UFC) vai para a nona luta no octógono, agora subindo de divisão. Campeão de pankration e sambô de combate na Rússia, Omari nunca foi conhecido pela velocidade, o que foi muito prejudicial em algumas lutas, mas ele é bem forte e sabe usar bem os chutes na perna e na linha de cintura. Mostra explosão na hora das quedas e, apesar de ainda dar seus vacilos, sabe bem controlar os oponentes.

Marvin Vettori vs Omari Akhmedov odds - BestFightOdds
 

Como é o caso de boa parte do card, a luta no papel é bem equilibrada. Vettori provavelmente aproveitará de sua vantagem na agilidade para tentar encurralar Akhmedov, mas a falta de técnica pode deixar um buraco favorável ao russo, que tem capacidade de deitar o italiano. No chão, acredito que Vettori é mais técnico, mas não sei se ele conseguirá se impor na força física. No palpites, vamos em Marvin Vettori por decisão.

Peso Mosca: #13 Louis Smolka (EUA) vs. Matheus Nicolau (BRA)

Matheus Nicolau

Aos 26 anos, Louis Smolka (11-4 no MMA, 5-4 no UFC) é uma figurinha carimbada no top 15 do UFC, mas que precisa de uma vitória urgentemente para se manter na organização, já que são três derrotas em sequência para Brandon Moreno, Ray Borg e Tim Elliott. Um cara bem alto para a categoria, Smolka é faixa-preta de caratê kempo, usa bem os chutes em pé e tem bastante poder para um lutador do peso mosca. O problema é que Louis é cheio de buracos, tem muitas falhas no sistema defensivo, principalmente no chão, e o preparo físico também deve bastante.

O brasileiro Matheus Nicolau (12-1-1 no MMA, 2-0 no UFC) retorna ao octógono após tomar um ano de suspensão após ser pego no doping no final de 2016. Participante do TUF Brasil 4, ele retornou ao peso mosca depois da participação no reality show e somou vitórias sobre Bruno Korea e sobre o ex-desafiante John Moraga. Ex-atleta da Nova União e hoje na Vila da Luta, o mineiro Matheus pode apresentar algumas mudanças para o retorno. Em pé, ele se destacava pelo bom uso do jabs e o gancho nos contragolpes. O chão de Nicolau é bem interessante também

Louis Smolka vs Matheus Nicolau odds - BestFightOdds
 

Ponto de extrema importância para prever o combate: qual será o ritmo de luta usado por Nicolau? Smolka sempre foi um lutador agitado e de ritmo muito forte no início das lutas, porém, tem uma tendência absurda a abrir o bico logo cedo. Caso Matheus queira lutar no estilo de Smolka logo no começo, corre risco de ser nocauteado, mas se resistir a pressão inicial, deve controlar a luta na troca de golpes e principalmente no chão. O mineiro também pode correr por um caminho mais fácil e buscar pressionar o havaiano contra o solo com quedas e controle, como foi o caso da luta de Smolka contra Ray Borg. De qualquer jeito, brasileiro deve triunfar aqui.

Peso Galo: Tim Elliott (EUA) vs. Mark de la Rosa (EUA)

Tim Elliott

Depois de todo o imbróglio da luta cancelada contra Pietro Menga, Tim Elliott (15-8-1 no MMA, 3-6 no UFC) sobe de categoria em uma luta agendada de última hora. Imprevisível e dinâmico, Elliott tem uma movimentação pouco ortodoxa e que sempre deixa seus combates interessantes de se assistir. A estratégia da movimentação sempre é boa para enganar os adversários e levar o combate ao chão, onde tem a habilidade de encaixar diversas finalizações de todas as posições possíveis, mas acaba pecando na hora da confiança e do encaixe das chaves e dos estrangulamentos.

Um dos melhores lutadores do peso galo no cenário regional dos Estados Unidos, Mark de la Rosa (9-0 no MMA) recebe a oportunidade de lutar no UFC com pouco tempo de preparação, mas tem competência para entregar o mesmo desempenho que teve em outros eventos. Um lutador bem estudioso no início das lutas, de la Rosa é bem técnico no boxe, sabe executar boas combinações, atinge de qualquer distância e tem quedas pontuais para diminuir o ritmo do adversário.

Mark De La Rosa vs Tim Elliott odds - BestFightOdds
 

Sempre é legal abrir a noite com uma promessa de luta legal, o que é o caso de Ellliott vs. de la Rosa. Tim é um lutador que sabe confundir bem os adversários na troca de golpes com o estilo incomum, mas é possível que ele tenha problemas com o forte boxe de Mark. No chão, acredito que Elliott é mais forte e sabe o momento de aplicar uma queda. Palpite aqui é difícil, mas não vamos muretar e iremos no estreante, em 15 minutos bem animados.

  • James sousa

    Animado para Nicolau x Smolka , e acredito muito no Jury nessa categoria dos penas

    • Gabriel Carvalho

      Smolka-Nicolau é lutaço.

      Se o Jury não se foder muito por corte de peso, é um top 15 tranquilo e com potencial pra ser top 10.

    • Gabriel Fareli

      Pra mim, Nicolau x Smolka poderia subir pro card principal no lugar da luta do Rivera.

      • Gabriel Carvalho

        Se for analisar por ranking, seria a escolha mais justa.

  • Binho Vianna

    Acho Glenn bem mais agressivo que Jury que teve uma atuação vergonhosa contra Cerrone e deve perder essa também. Glenn está mais ativo que ele.
    Vettori ainda muito hypado. Tem cárdio ruim e começa a peidar sobre pressão, vejo meio a meio essa luta.

    • Gabriel Carvalho

      Você sinceramente vai querer julgar o Jury por UMA atuação ruim?

      E nunca ninguém na história colocou hype no Marvin Vettori. Nunca vi alguém falando que ele seria campeão ou coisa assim. Não sei de onde você tirou ontem.

      • Binho Vianna

        Calma. Estou julgando me baseando tb pelo maior tempo parado e a luta do Cerrone foi a última contra um lutador significativo e Striker como Glenn é. Sobre Vettori as odds exageradas mostram esse hype, ele realmente não tem um cárdio condizente e vai lutar contra um lutador resistente que pode impor uma dificuldade grande não condizente com a disparidade das odds, nada ver “se alguém disse que seria campeão”.

        • Gabriel Carvalho

          O Jury não está inativo, pois lutou em abril contra o Mike de la Torre. E se formos falar de relevância, o Glenn tomou uma surra muito maior contra o Evan Dunham. Logo, esse papo não faz sentido algum.

          E acho que você desconhece totalmente o significado de hype. Não tem nada com o cara ser mais favorito, e sim da expectativa que colocam em cima do cara, como é o caso de Rountree e Diakiese, que já chegaram no UFC com um monte de texto especial na mídia tratando o cara como se fosse um futuro campeão. Isso é hype, ser favorito em “odd” não.

          • Binho Vianna

            Vc tá comparando La Torre com Dunham numa luta com Glenn que já faz muito tempo? E tb discordo do seu conceito de hype não se refletir nas odds.

            • Gabriel Carvalho

              Você tá querendo desmerecer o Jury se baseando em uma que aconteceu três anos atrás com o argumento de “lutador significativo”. A surra que o Glenn tomou do Evan Dunham foi MUITO maior e bem mais recente, essa que foi a comparação.

              E o conceito de hype não é meu, é do mundo.

              • Binho Vianna

                Não só isso, desde 2014 quando ele venceu Gomi em fase péssima, só ganhou do fraco La Torre e só fez 3 lutas, então eu acho que essa falta de ritmo vai pesar. Não avalio só a qualidade técnica, ritmo, combatividade, qualidade das vitórias. Eu realmente acho que Glenn é o melhor azarão do evento.

                • Gabriel Carvalho

                  Ele foi o primeiro lutador a nocautear o Takanori Gomi. Antes disso, já tinha vencido o Diego Sanchez com tranquilidade, sendo que ele não estava tão defasado. Já tinha dominado o Michael Johnson também e fez uma luta equilibrada com o Al Iaquinta. Não existe falta de ritmo pra um cara que lutou em abril.

                  Glenn foi atropelado pelo Evan Dunham e teve dificuldades pra ganhar do Phillipe Nover que é fraco. Se ele é o melhor azarão do evento, nem quero saber quem é o pior.

                • Binho Vianna

                  Tá, então arrisca aí, qual melhor azarão pra vc no evento?

                  Concordo com Tucker não ter sido desafio a altura, mas ele fez tudo certo nessa luta. Tem bom TDD e movimentação que pode complicar pra Jury, bom poder nas mãos em pé e no GNP. Dunham é MUITO superior a La Torre.

                • Gabriel Carvalho

                  Não tem ninguém comparando o Dunham com o de la Torre aqui, cara. Não seja desonesto.

                • Binho Vianna

                  Desonesto por quê? Porque fazer o trabalho óbvio de avaliar os lutadores pelo nível dos desafiantes que enfrentaram principalmente recentemente? Você disse que eu tentava desqualificar o lutador porque ele fez uma luta horrorosa com o Cerrone e realmente até o Cerrone falou que ficou desapontado com a atuação do rival, mas falou em “surra” contra um grande lutador de modo a desqualificar também. Glenn é ex campeão do WSOF e vc desdenhou quando eu disse que ele seria o principal azarão do evento, isso acho desonesto. Sinceramente acho que você leva para o nível pessoal qualquer discordância, você sabe muito bem que existem variáveis que a gente não controla numa luta e estamos fazendo aqui um exercício de pesos e medidas apenas, nada pessoal, mas se sempre agir assim é melhor não ter caixa de diálogo aqui ou apenas me ignore quando der minha opinião sobre quem vai ganhar.

                • Gabriel Carvalho

                  Você é desonesto por querer colocar palavras na minha boca. Fica querendo desqualificar o Jury por UMA ATUAÇÃO RUIM que ele fez há três anos atrás. A minha comparação é que o Glenn tomou uma surra pior ainda do Dunham e mais recente, logo, a besteira que você falou é facilmente refutada.

                  E eu não levo pro pessoal nada de discordância, tanto que sempre tem gente discordando do que falo, mas não na mesma arrogância que você trata aqui, falando um monte de besteira e se achando o dono absoluto da verdade porque “ganha dinheiro” apostando. Acho mais fácil que você não comente em qualquer coisa que eu assine, economizo meu tempo não passando raiva.

                • Binho Vianna

                  Vc tb fala besteira e erra feio e nem por isso ajo que nem criança birrenta como você te criticando. Já que vc disse que pus palavras na sua boca o que é uma inverdade, logo você que disse que eu disse que Jury estava inativo o que foi uma desonestidade sua pois eu não disse isso. Também não me referi ao fato de ser apostador e sim de que as odds são feitas por meio de apostas de gente que acompanha MMA. Então menos! controle seu emocional se você quer ser um colunista de MMA, Você me fez um monte de ataques e acusações a nível pessoal e fui me controlando, tentando argumentar, mas chega uma hora que não dá!

                • Gabriel Carvalho

                  Falo tanta besteira que toda semana tem mensagem me cobrando se vou fazer prévia do card preliminar ou não, e vejo que falei muita besteira mesmo sobre o Jury, tanto que coloquei que ele ganharia e o cara ganhou. Eu não vou acertar tudo, mas acerto mais que erro.

                  Eu nem vou voltar ao assunto da sua desonestidade com suas comparações totalmente esdrúxulas, mas nem venha falar que eu tenho que controlar meu emocional, pois eu trato todos com respeito aqui e até tranquilamente quem discorda de mim, não usando os argumentos ridículos que você usa. Se uma hora “não dá”, é simples, pare de comentar em qualquer coisa que assino. Passo menos raiva vendo as merdas que você fala e tu pode também economizar pra despejar as suas merdas em outro lugar.

                • Binho Vianna

                  Falou o único cara na internet que deu a vitória pro de La Rosa… Olha, que se dane vc e sua coluna, sou colunista também se quer saber entre outras coisas, mas não fico me gabando criança! seja homem e não faça ataques gratuitos porque tá feio pra você, todo mundo tá vendo que vc começou dando chilique e fui levando argumentando, tá tudo escrito aí pra quem quiser ver e sua opinião é a que menos me interessa.

          • Binho Vianna

            Tb não disse em nenhum momento que Jury “está inativo”, eu disse que Glenn está mais ativo que Jury.

            • Gabriel Carvalho

              De qualquer jeito, não deve fazer diferença. Pois os dois lutaram recentemente.

          • Binho Vianna

            Hype quer dizer mais ou menos superestimado, quem faz as odds são Bookmakers especializados das casas de apostas, alguém muito bom que eles contratam para subjetivar as chances de cada lutador, depois as odds variam para baixo ou para cima um pouco por causa do que os apostadores consideram favorito. Vettori já entrou no UFC como favorito. Nem sempre alguém “hypado” se refere a um Conor McGregor da vida onde um leigo já o considera sempre favorito.

            • Gabriel Carvalho

              Não, não quer dizer. Hype é algo com exagero ou muita expectativa em cima. Não é o caso do Vettori, já que ninguém sabe quem ele é.

              • Binho Vianna

                ninguém quem? vc acha que as odds são definidas por ninguém?? tem milhares de apostadores de MMA que definem isso

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Rick Glenn aplicou uma candidata a surra do ano no Tucker,aquela luta foi uma performance excelente e por mais que o Jury seja maior e aparentemente melhor, vou apostar no Glenn só por motivos de que quero que ele vença para entrar no ranking, o cara é foda. E eu daria uma luta de descanso pro Smolka, um monte de luta cascuda em sequência, nem deixam o cara recuperar…dá um Jenel Lausa pro coitado kk

    • Gabriel Carvalho

      UFC sacaneia o Smolka mesmo. Ter jogado o Elliott logo depois de ter perdido pra Borg e Moreno foi muito crime.

    • Matheus V.

      Em compensação ao massacre sob o Tucker, o Glenn fez uma luta bizarra com o Nover e pegou uma surra do Dunham. Ele não é muito regular, acho que o Jury irá janta-lo.

      • Gabriel Carvalho

        OBRIGADO!

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Eu não duvido disso nunca bem possível, só torço e aposto no Glenn por que gosto demais das lutas dele, apanhou com dignidade do Dunham aquela luta sabe se lá como ele conseguiu terminar.