Top 5: Os melhores lutadores peso por peso fora do UFC

MMA Brasil convocou seis pessoas para definir uma lista dos melhores lutadores do mundo que não possuem contrato com o UFC. A seleção tem lutadores de elite e outros do mesmo nível ficaram de fora. Brasileiro campeão do Bellator lidera.

A maior parte dos melhores lutadores de MMA do mundo fazem parte do plantel do UFC. Este é um dos motivos que fazem a organização americana ser a mais bem sucedida do ramo. Porém, o MMA não vive apenas no octógono e há atletas de elite em todo canto, especialmente no Bellator e no WSOF.

O MMA Brasil resolveu fazer um pequeno teste. Escolhemos três integrantes da equipe e chamamos outras três personalidades com conhecimento de causa para montar uma lista dos melhores lutadores do mundo peso por peso que não possuem contrato com o UFC.

Nosso editor-chefe Alexandre Matos, Diego Tintin e Pedro Lins foram os representantes do MMA Brasil. Eduardo Oliveira, editor-chefe do Super Lutas, Lucas Lutkus e Matheus Aquino, empresários, completaram o time que selecionou a nata do MMA fora do octógono.

Cada um forneceu obrigatoriamente um top 5, mas aberto a indicar até a 10ª posição. Cada lutador recebeu pontuação referente à sua colocação na lista. O primeiro ficou com 10 pontos, o segundo com 9, até o 10º com 1. Em caso de empate em pontos, a quantidade de vezes que um lutador foi lembrado foi o primeiro critério de desempate. Como houve empate até neste nível, o lutador que foi citado na mais alta posição em uma das listas ficou na frente. E começamos o top 5 com um caso assim.

5. Pat Curran

pat_curranO ex-campeão dos penas do Bellator Pat Curran (20-6) ficou empatado com o atual rei dos galos do WSOF Marlon Moraes na quinta posição. Além disso, ambos foram citados em quatro listas. Porém, Diego Tintin escalou Curran em 4º, a melhor posição de um deles.

Curran foi o primeiro lutador do Bellator a conquistar torneio em duas categorias de peso. Após perder a disputa do cinturão dos leves para Eddie Alvarez, ele baixou para pena, tomou o cinturão de Joe Warren e o defendeu duas vezes antes de sucumbir para Daniel Straus. Neste ano, o “Paddy Mike” recuperou o título numa virada histórica contra Straus, mas acabou novamente derrotado, desta vez para o número 1 desta lista.

4. Will Brooks

Will BrooksQuarto colocado na lista, Will Brooks (14-1) começou o ano de 2013 como um forte prospecto na divisão dos leves, mas uma surpreendente derrota para Saad Awad, num nocaute violento, fez com que alguns passassem a duvidar dele. Porém, “Ill Will” não só recuperou a confiança como protagonizou um dos maiores momentos dos últimos anos fora do UFC.

Brooks conquistou o torneio da 10ª temporada do Bellator, com direito a se vingar de Awad. Will estava se preparando para fazer uma luta casada enquanto aguardava sua chance de disputar o cinturão quando o campeão se machucou e, a três semanas do evento, foi chamado pelo Bellator para substituí-lo na disputa do título interino. Contra todos os prognósticos, Brooks venceu o duelo de modo polêmico e hoje prepara-se para conceder a revanche. O adversário? O próximo da lista.

3. Michael Chandler

michael_chandlerMuita gente boa acredita que Michael Chandler (12-2) seria mais um nome a fortalecer a incrível elite dos pesos leves do UFC. E esta hipótese está longe de ser absurda. Eddie Alvarez, que estreou no octógono dando trabalho a Donald Cerrone, foi duas vezes derrotado por Chandler (ainda que a juizada tenha dado a segunda luta de presente para Eddie).

Mike é um dos casos de transformação promovidos por Eric Del Fierro, técnico líder da Alliance MMA, que desenvolveu Dominick Cruz, Alexander Gustafsson, Phil Davis e outros. De wrestler unidimensional, Chandler se tornou um lutador completo, com grande capacidade destrutiva tanto nos punhos quanto no solo. Depois de tomar o cinturão de Alvarez, defendê-lo duas vezes e perdê-lo na controvérsia contra o mesmo Alvarez, Chandler acabou surpreendentemente derrotado por Brooks em maio, também de modo polêmico, e terá chance de se vingar no próximo dia 15 de novembro.

Ah, é bom ressaltar que os dois confrontos contra Alvarez fazem parte da antologia do MMA.

2. Ben Askren

Ben AskrenFoi por pouco que o primeiro lugar não foi dividido. Ben Askren (14-0) perdeu a ponta por apenas um ponto, tendo sido lembrado por todos os votantes e sempre em uma das três primeiras posições. Ele foi indicado duas vezes como o número 1, três na segunda colocação e uma vez em terceiro. Posicionamento digno de quem tem todas as condições de disputar (e conquistar) o cinturão do UFC se lá estivesse.

Askren foi o mais dominante campeão que o Bellator viu. Defendeu o cinturão dos meios-médios em quatro oportunidades e só teve algum trabalho em uma delas. Deixou o Bellator para trás, viveu negociações frustradas com o UFC e adicionou mais um cinturão à coleção ao fechar contrato com o ONE FC. Esta trajetória é calcada fundamentalmente na luta agarrada – Askren é um dos melhores grapplers em atividade no MMA, incluindo todas as categorias do UFC.

1. Patricio Pitbull

Patricio-Pitbull-cinturaoPouco mais de um mês após conquistar a maior vitória de sua carreira, Patricio Pitbull (22-2) aparece na liderança do nosso ranking peso por peso dos lutadores de fora do UFC. Quatro dos seis votantes escalaram o potiguar em primeiro e outros dois o colocaram na terceira posição, fazendo com que o campeão dos penas do Bellator ficasse apenas um ponto à frente de Askren.

Patricio precisou conquistar o torneio dos penas duas vezes para enfim levar o cinturão para Natal. Na primeira tentativa, viu os vinte meses de inatividade pesarem num duelo fantástico contra Curran. O brasileiro então virou o Pitbull Barbado, voltou a aterrorizar a categoria, colecionou nocautes e ficou novamente diante de seu nêmesis. No dia 5 de setembro, Patricio deu um show em Connecticut, dominou Curran por praticamente todo o combate e deixou o cage circular nos ombros do irmão Patricky e com o sonhado cinturão preso ao corpo.

Do 6º ao 20º

No total, 20 lutadores foram lembrados nas seis listas. Confira quem são:

Marlon Moraes: campeão peso galo do WSOF
Joe Warren: campeão peso galo do Bellator
Yushin Okami: desafiante número um dos médios do WSOF
Jake Shields: eventual próximo desafiante dos meios-médios do WSOF
10º Emanuel Newton: campeão meio-pesado do Bellator
11º Vitaly Minakov: : campeão peso pesado do Bellator
12º Douglas Lima: : campeão meio-médio do Bellator
13º Eduardo Dantas: ex-campeão peso galo do Bellator
14º Bibiano Fernandes: campeão peso galo do ONE FC
15º Mamed Khalidov: ex-campeão peso meio-pesado do KSW
16º Shinya Aoki: campeão peso leve do ONE FC
17º Jon Fitch: desafiante número um dos meios-médios do WSOF
18º Rousimar Toquinho: campeão peso meio-médio do WSOF
19º Justin Gaethje: campeão peso leve do WSOF
20º Daniel Straus: ex-campeão peso pena do Bellator

  • Manu

    A lista é muito boa mesmo. Eu teria praticamente colocado os mesmos nomes também rs.. mas só na ordem inversa em algumas coisas. Meu top seria 1 – Askren 2 – Chandler 3 – Patricio 4 – Douglas e 5 – Minakov

    • Douglas perdeu de um jeito muito categórico pro Askren pra estar num top 5, na minha visão. Minakov ainda precisa de vitórias grandes, coisa que ele não vai arrumar no Bellator, infelizmente. Mas são grandes lutadores e que fariam bom papel no UFC. Minakov inclusive tem potencial pra top 10 do UFC daqui a um tempo.

  • Max

    Meu top 5 seria: 1 Ben Askren 2 – Michael Chandler – 3 Patricio Pitbull 4 – Will Brooks 5 – Pat Curran.

    • Mudou o Pitbull de 1º pra 3º. É uma análise boa também.

  • Maykon Douglas

    Tem um russo sinistro que não foi lembrado nas seis listas, mas concerteza estaria na minha, é o Sarnavskiy…

    • Sarnavskiy tem talento pra crescer, mas ainda tá longe de ser um top 5 ou 10 peso por peso fora do UFC. Ele perdeu pro Rich Clementi e não viu a cor da bola contra o Will Brooks. Mas o russo é novo, acho que em mais uns dois anos ele está numa lista assim. Hoje não. Faltam vitórias no nível das que os caras da lista conseguiram.

      • Maykon Douglas

        Concordo com o fato dele ainda ser uma promessa, porém por acreditar tanto no potencial do cara, o consideraria no máximo top 20. Por falar em promessa, seria interessante vcs do MMA Brasil, fazerem uma lista das 20 maiores promessas do MMA mundial, levando em consideração todas as organizações…

        • Boa sugestão. Deixa passar o UFC 179 que eu faço.

          • Lucas Natan

            Fez? Não achei essa matéria.

            • Ainda não consegui tempo pra fazer um levantamento sobre isso, mas tá anotado aqui.

  • will

    Pitbull, Toquinho e Okami são os únicos dessa lista que têm nível pra chegar no top 10 do UFC. O resto não convence ninguém. Principalmente, o Toquinho. Iria quebrar muitos pés no UFC.

    • Cara, você tem procuração da população do planeta pra dizer que Ben Askren e Michael Chandler, por exemplo, não convencem NINGUÉM? Dê a sua opinião sempre, fera, mas não a generalize nem fale pelos outros.

      • will

        Uai, mas eu só dei a minha opinião ué. Não represento o mundo, ainda. Mas tenho planos de dominação em curso.

        • Boto fé no seu plano, mas você disse que os caras não convencem ninguém.

      • Airton S

        No mínimo o Askren convence, heim.

    • Rafa FriAll

      Pô cara, vários dessa lista fariam um grande papel no UFC, acredito que dos 20, só Asken, Bibiano, Marlon, Gaethje, Chandler, Curran e Pitbull tem condições de serem campeões, porem o restante seriam facilmente top 10.

  • Anderson Cachapuz

    Eu fiquei impressionado foi do Rampage não ter sido citado em nenhuma lista… nem num “top20” meio torto, como foi o caso….

    Acabou de bater King Mo e faturar o torneio do Bellator…

    Meu top10 seria: Askren, Pitbull, Chandler, Curran e Marlon Moraes… com Okami, Brooks, Fitch, Shields e Douglas Lima completando o top10… o Rampage poderia entrar no lugar de qualquer um dos 3 últimos, merecidamente….

  • Leo Corrêa

    Gostei muito da matéria. Tomara que façam periodicamente esta lista de melhores fora do UFC. abraços o

  • Rafa FriAll

    Bibiano, Aoki e Khalidov poderiam estar em melhores posições, os 3 estão a mais ou menos 4 anos sem perder e são campeões dominantes em seus eventos.

    • Fredson Paixão

      Khalidov ERA campeão, mas resolveu descer de categoria e virou peso médio.. Aí detonou… Mas concordo.

    • Olha o nível dos adversários e compara com quem está na frente. Aoki levou um vareio do Eddie Alvarez, por exemplo.

  • Lero

    Um ano atrais teriam colocado o King Mó… agora o cara é chatisimo.
    E a enésima vez que leio que falam aqui no MMABrasil que o Alvarez ganhou de presente a segunda luta contra o Chandler. Vou ter que assistir de novo porque eu achei que o Eddie ganhou mesmo.
    Tem alguma menção honorífica para algum lutador do Jingle ou outros eventos brasileiros?

  • Dan Mendes

    “Ben is numero uno”, para mim. E para chegar galudo já digo logo, se fosse para o UFC acredito que ele ganharia o cinturão.

    Alê, você não acha que o Michael Chandler é pequeno para os leves? Não seria melhor ele tentar cortar para os penas?

    • Pode cortar sim, mas não chega a ser muito pequeno. O bom é que a distância entre leve e pena é a menor do MMA.

  • Luiz Gustavo

    Poxa q materia maneira…d mostrar q existe nivel tecnico fora do UFC.
    Axo q daki a um tempo o Marcin Held vai estar nesse top 20 ai…fora outros lutadores como Schlemenko,o Ivanov…nosso Joey Beltran…apesar da broxante ultima luta mas axo q tbm tem nivel pra chegar num nivel grande,o ingles Michael Page…tem o Yamauchi…é mta gnt boa.
    Parabens pela iniciativa d vcs e nao tem nem como discordar d quaisquer listagens…agora eu qria saber se foi por momento vivido hj em dia ou por tda carreira..pq se for assim Rampage e o Tito deveriam estar ai nas cabeças.No mais é isso ai.

    • Marcin Held deve chegar mesmo, assim como o Goiti Yamauchi.

      E a lista é sobre o momento atual. Até dava pra colocar o Rampage (ele tava na minha lista inicial), mas o Tito, ainda não.

  • Diego Rizzo

    Jon Fitch na frente do Toco? Jake Shields ? Poderia me explicar qual o critério? Forte abraço

    • Cada um que votou teve seu próprio critério, mas dá pra dizer que o Fitch tem vitórias bem mais relevantes que o Toquinho. Um viveu no top 10 do UFC até ser demitido, o outro nunca chegou perto.

  • Antonio

    Belíssima matéria. Tem muita gente boa aí fora do UFC. E muitos ali seriam tops fácil.

    Askren para mim seria campeão do UFC. Aposto nele contra qualquer um, inclusive o Rory, que hoje vejo como o melhor WW do plantel. Incrível como um talento desse pode estar fora de enfrentar os melhores. O ONE FC não acrescenta nada tecnicamente a ele.

    • Também acho um puta desperdício o Askren no ONE FC.

      • Antonio

        E não é, Alexandre? Lá não tem ninguém do nível do Funky. Adoraria vê-lo no WSOF, onde lá tem mais caras melhores para ele enfrentar, se bem que ele venceria todos, hehehehe. A exceção pode ser o Toco, que acho que pelo jogo é o único que pode embaçar. Estou muito curioso para ver como o Askren se sairia contra o jiu-jitsu do Toco.

        • Lembra do Jake Shields contra o Demian Maia? Algo parecido com aquilo.

          • Antonio

            Que eu concordo e é o cenário mais provável, podendo até rolar TKO do Askren, hehehe.

  • adriano

    lista furada.Pôe Rousimar Palhares ,o maior grappler do mundo em 18º …me poupe.