Top 5: Os melhores lutadores peso por peso fora do UFC

MMA Brasil convocou seis pessoas para definir uma lista dos melhores lutadores do mundo que não possuem contrato com o UFC. A seleção tem lutadores de elite e outros do mesmo nível ficaram de fora. Brasileiro campeão do Bellator lidera.

A maior parte dos melhores lutadores de MMA do mundo fazem parte do plantel do UFC. Este é um dos motivos que fazem a organização americana ser a mais bem sucedida do ramo. Porém, o MMA não vive apenas no octógono e há atletas de elite em todo canto, especialmente no Bellator e no WSOF.

O MMA Brasil resolveu fazer um pequeno teste. Escolhemos três integrantes da equipe e chamamos outras três personalidades com conhecimento de causa para montar uma lista dos melhores lutadores do mundo peso por peso que não possuem contrato com o UFC.

Nosso editor-chefe Alexandre Matos, Diego Tintin e Pedro Lins foram os representantes do MMA Brasil. Eduardo Oliveira, editor-chefe do Super Lutas, Lucas Lutkus e Matheus Aquino, empresários, completaram o time que selecionou a nata do MMA fora do octógono.

Cada um forneceu obrigatoriamente um top 5, mas aberto a indicar até a 10ª posição. Cada lutador recebeu pontuação referente à sua colocação na lista. O primeiro ficou com 10 pontos, o segundo com 9, até o 10º com 1. Em caso de empate em pontos, a quantidade de vezes que um lutador foi lembrado foi o primeiro critério de desempate. Como houve empate até neste nível, o lutador que foi citado na mais alta posição em uma das listas ficou na frente. E começamos o top 5 com um caso assim.

5. Pat Curran

pat_curranO ex-campeão dos penas do Bellator Pat Curran (20-6) ficou empatado com o atual rei dos galos do WSOF Marlon Moraes na quinta posição. Além disso, ambos foram citados em quatro listas. Porém, Diego Tintin escalou Curran em 4º, a melhor posição de um deles.

Curran foi o primeiro lutador do Bellator a conquistar torneio em duas categorias de peso. Após perder a disputa do cinturão dos leves para Eddie Alvarez, ele baixou para pena, tomou o cinturão de Joe Warren e o defendeu duas vezes antes de sucumbir para Daniel Straus. Neste ano, o “Paddy Mike” recuperou o título numa virada histórica contra Straus, mas acabou novamente derrotado, desta vez para o número 1 desta lista.

4. Will Brooks

Will BrooksQuarto colocado na lista, Will Brooks (14-1) começou o ano de 2013 como um forte prospecto na divisão dos leves, mas uma surpreendente derrota para Saad Awad, num nocaute violento, fez com que alguns passassem a duvidar dele. Porém, “Ill Will” não só recuperou a confiança como protagonizou um dos maiores momentos dos últimos anos fora do UFC.

Brooks conquistou o torneio da 10ª temporada do Bellator, com direito a se vingar de Awad. Will estava se preparando para fazer uma luta casada enquanto aguardava sua chance de disputar o cinturão quando o campeão se machucou e, a três semanas do evento, foi chamado pelo Bellator para substituí-lo na disputa do título interino. Contra todos os prognósticos, Brooks venceu o duelo de modo polêmico e hoje prepara-se para conceder a revanche. O adversário? O próximo da lista.

3. Michael Chandler

michael_chandlerMuita gente boa acredita que Michael Chandler (12-2) seria mais um nome a fortalecer a incrível elite dos pesos leves do UFC. E esta hipótese está longe de ser absurda. Eddie Alvarez, que estreou no octógono dando trabalho a Donald Cerrone, foi duas vezes derrotado por Chandler (ainda que a juizada tenha dado a segunda luta de presente para Eddie).

Mike é um dos casos de transformação promovidos por Eric Del Fierro, técnico líder da Alliance MMA, que desenvolveu Dominick Cruz, Alexander Gustafsson, Phil Davis e outros. De wrestler unidimensional, Chandler se tornou um lutador completo, com grande capacidade destrutiva tanto nos punhos quanto no solo. Depois de tomar o cinturão de Alvarez, defendê-lo duas vezes e perdê-lo na controvérsia contra o mesmo Alvarez, Chandler acabou surpreendentemente derrotado por Brooks em maio, também de modo polêmico, e terá chance de se vingar no próximo dia 15 de novembro.

Ah, é bom ressaltar que os dois confrontos contra Alvarez fazem parte da antologia do MMA.

2. Ben Askren

Ben AskrenFoi por pouco que o primeiro lugar não foi dividido. Ben Askren (14-0) perdeu a ponta por apenas um ponto, tendo sido lembrado por todos os votantes e sempre em uma das três primeiras posições. Ele foi indicado duas vezes como o número 1, três na segunda colocação e uma vez em terceiro. Posicionamento digno de quem tem todas as condições de disputar (e conquistar) o cinturão do UFC se lá estivesse.

Askren foi o mais dominante campeão que o Bellator viu. Defendeu o cinturão dos meios-médios em quatro oportunidades e só teve algum trabalho em uma delas. Deixou o Bellator para trás, viveu negociações frustradas com o UFC e adicionou mais um cinturão à coleção ao fechar contrato com o ONE FC. Esta trajetória é calcada fundamentalmente na luta agarrada – Askren é um dos melhores grapplers em atividade no MMA, incluindo todas as categorias do UFC.

1. Patricio Pitbull

Patricio-Pitbull-cinturaoPouco mais de um mês após conquistar a maior vitória de sua carreira, Patricio Pitbull (22-2) aparece na liderança do nosso ranking peso por peso dos lutadores de fora do UFC. Quatro dos seis votantes escalaram o potiguar em primeiro e outros dois o colocaram na terceira posição, fazendo com que o campeão dos penas do Bellator ficasse apenas um ponto à frente de Askren.

Patricio precisou conquistar o torneio dos penas duas vezes para enfim levar o cinturão para Natal. Na primeira tentativa, viu os vinte meses de inatividade pesarem num duelo fantástico contra Curran. O brasileiro então virou o Pitbull Barbado, voltou a aterrorizar a categoria, colecionou nocautes e ficou novamente diante de seu nêmesis. No dia 5 de setembro, Patricio deu um show em Connecticut, dominou Curran por praticamente todo o combate e deixou o cage circular nos ombros do irmão Patricky e com o sonhado cinturão preso ao corpo.

Do 6º ao 20º

No total, 20 lutadores foram lembrados nas seis listas. Confira quem são:

Marlon Moraes: campeão peso galo do WSOF
Joe Warren: campeão peso galo do Bellator
Yushin Okami: desafiante número um dos médios do WSOF
Jake Shields: eventual próximo desafiante dos meios-médios do WSOF
10º Emanuel Newton: campeão meio-pesado do Bellator
11º Vitaly Minakov: : campeão peso pesado do Bellator
12º Douglas Lima: : campeão meio-médio do Bellator
13º Eduardo Dantas: ex-campeão peso galo do Bellator
14º Bibiano Fernandes: campeão peso galo do ONE FC
15º Mamed Khalidov: ex-campeão peso meio-pesado do KSW
16º Shinya Aoki: campeão peso leve do ONE FC
17º Jon Fitch: desafiante número um dos meios-médios do WSOF
18º Rousimar Toquinho: campeão peso meio-médio do WSOF
19º Justin Gaethje: campeão peso leve do WSOF
20º Daniel Straus: ex-campeão peso pena do Bellator