Timothy Johnson vence Marcelo Golm em combate monótono no UFC Belém

Por Gustavo Lima | 04/02/2018 01:39

Na terceira luta do card principal do UFC Fight Night 125, o caricato Timothy Johnson voltou a sair vitorioso do octógono após seguir seu plano de luta à risca e bater o paulistano Marcelo Golm por decisão unânime.

O combate começou estudado, com Johnson arriscando um pouco mais e o brasileiro mesclando socos e chutes baixos. Com cerca de um minuto, o americano foi buscar seu tradicional jogo de clinch, mesclando joelhadas e socos. Golm se desvencilhou, mas pouco tempo depois voltou a ser clinchado por Timothy. Em todas as ocasiões em que o brasileiro conseguiu escapar dos agarrões do oponente, o mesmo rapidamente voltava a clinchar.

O segundo round começou com os dois atletas indo para a trocação franca, mas rapidamente Johnson voltou a clinchar. Golm conseguiu inverter o oponente na grade e voltar para o centro do cage. O brasileiro não escondia a preferência pela trocação, enquanto Tim seguia fielmente à seu gameplan de clinch e joelhadas. Os minutos seguintes consistiram na maior parte em repetidas inversões de clinch na grade, na maior parte do tempo com o norte-americano levando a melhor. Johnson ainda tentou um chute rodado bizarro nos vinte segundos finais.

A última etapa começou com dois atletas dando sinais de cansaço e Johnson procurando mais a ofensiva, encurtando a distância com combinações de socos para buscar agarrar o oponente e eventualmente o fazendo com sucesso. Após mais de dois minutos de clinch na grade, Osiris Maia reiniciou a luta no centro do cage, para Johnson retomar sua estratégia alguns segundos depois, para o delírio do público paraense.

Ao final do duelo, Timothy Johnson teve as mãos levantadas após vencer o duelo na decisão unânime dos juízes laterais (30-27, 29-28 x2).