Thomas Almeida, Talita Treta e Coliseu EF são os principais vencedores do Prêmio Osvaldo Paquetá 2013

Festa do MMA nacional aconteceu em Maceió, premiou dezesseis categorias e contou com um momento de emoção no discurso do irmão de Paquetá.

O MMA nacional viveu uma noite de gala nesta sexta-feira, 14 de março. A segunda edição do Prêmio Osvaldo Paquetá – Melhores do MMA Brasileiro aconteceu no Hotel Radisson, em Maceió, contando com a presença de diversas personalidades do esporte no país.

O peso galo paulista Thomas Almeida, um dos lutadores apresentados na coluna Radar MMA Brasil, foi o principal vencedor da noite. O atleta da Chute Boxe São Paulo levou o troféu na categoria Lutador do Ano e repetiu a dose com a Virada do Ano, por causa de seu triunfo contra Valdines Silva.

A faixa preta de jiu-jítsu Talita Treta levou o prêmio na categoria Lutadora do Ano. Invicta na carreira, a peso pena da Gracie Fusion finalizou as duas oponentes de 2013, uma delas no Circuito Talent 3.

Outra categoria de grande importância foi conquistada pelo Coliseu Extreme Fight, a Organização do Ano pela segunda vez consecutiva. O merecimento pôde ser comprovado na véspera, quando o Coliseu EF IX mostrou a estrutura impecável da promoção, com elementos que lembram um evento do UFC.

O momento mais marcante da noite ficou por conta de um convidado especial. A organização do Prêmio Osvaldo Paquetá convidou Edimar Rosa, irmão do saudoso homem que batiza a premiação, e concedeu um prêmio especial de honra ao mérito pelo trabalho de Paquetá em prol do MMA nacional. O sr. Rosa falou, dentre outras coisas, da enorme dedicação de seu irmão ao esporte e lembrou do gigantesco e raro acervo de vídeos de luta do Mestre Paquetá, que ajudou muitos atletas nas últimas décadas – Paquetá foi um dos pioneiros no Brasil a incentivar os lutadores a conhecerem o estilo dos adversários analisando combates anteriores dos mesmos.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores e uma galeria de fotos, cortesia de Carol Correa, do portal Gazeta Esportiva, e de Deive Coutinho (clique nas fotos para ampliá-las):

Lutador do Ano: Thomas Almeida
Lutadora do Ano: Talita “Treta” Nogueira
Luta do Ano: Giovani Diniz contra Fabiano “Bob Esponja” Melo
Nocaute do Ano: Wendell “Negão” Oliveira sobre José de Ribamar “Zezão Trator” Gomes
Finalização do Ano: Kalindra Faria sobre Carina Damm
Virada do Ano: Thomas Almeida sobre Valdines Silva
Lutador Revelação do Ano: Gabriel Checco
Organização do Ano: Coliseu Extreme Fight
Edição do Ano: Jungle Fight #59
Evento Revelação do Ano: Circuito Talent de MMA
Treinador do Ano: Jair Lourenço
Equipe do Ano: Nova União
Árbitro do Ano: Flavio Almendra
Cage Girl: Thays Pires Leão
Announcer do Ano: Tarcisio Manzano
Personalidade do Ano: Luiz Prota

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Anderson

    Aos leitores, um esclarecimento: Faltou o premio de apresentadora do universo para a Renata Aymoré, mas ela foi multada por excesso de beleza e não foi citada na matéria como punição! :P

    • Renata não participa de competições pra poder ter disputa.