The Ultimate Fighter 24: Team Benavidez vs Team Cejudo, Episódio 2

The Ultimate Fighter 24: Team Benavidez vs Team Cejudo, Episódio 2
MMA

Depois de abrir 2 a 0, Henry Cejudo se encheu de moral para o terceiro confronto da série contra Joseph Benavidez. O episódio contou com a primeira treta entre os técnicos e uma luta movimentada.

Fala, galera! Uma semana se passou e chegou a hora de falar sobre o segundo episódio do reality show The Ultimate Fighter 24: Tournament of Champions. Na semana passada, vimos o time de Henry Cejudo abrir 2-0 com as vitórias de Alexandre Pantoja e Kai Kara-France. Agora cabe ao japonês Hiromasa Ogikubo tentar diminuir a diferença, quando enfrentar o sul-africano Nkazimulo Zulu.

Ogikubo é o atual campeão dos pesos galo e mosca do Shooto japonês e, de suas três derrotas no MMA, duas foram para nomes bem conhecidos atualmente, Eduardo Dantas e Kyoji Horiguchi. Dono de um bom jogo de chão, cinco de suas vitórias foram por finalização. Zulu também costuma competir em ambos os pesos galo e mosca, porém só porta o título dos moscas do Extreme Fighting Championship – ele perdeu o cinturão dos galos em 2014.

Voltamos então para a casa do TUF, onde encontramos Damacio Page reclamando com outros dois lutadores de como Zulu faz bagunça na cozinha. O que a falta de coisa pra fazer não faz né? Jaime Alvarez, companheiro de equipe de Zulu, complementa dizendo que o africano vem de uma cultura diferente e por isso ele tem algumas atitudes diferentes (gênio, ele). Completando a sessão fofoca, Eric Shelton comenta que Zulu é reservado demais e incomoda as pessoas de vez em quando.

A imagem corta então para Page lavando batatas-doces na pia da cozinha (nunca pensei que veria essa imagem), enquanto Zulu chega com um pote para pegar água. Os lutadores discutem porque Zulu não esperou as batatas acabarem de ser lavadas para pegar água na pia. Uma das discussões mais ridículas que eu já vi na minha vida. Se o pessoal já tá assim na primeira semana, imagina no final da temporada.

Cortamos então para a preparação de Zulu nos treinos do Team Cejudo. O técnico exalta as qualidades da trocação do sul-africano, mas ressalta que este precisa trabalhar bastante sua defesa no solo, já que este será o provável caminho de Ogikubo para a vitória. E é exatamente este o pensamento de Joseph Benavidez na preparação do japonês, que diz que as deficiências no jogo de chão de Zulu são o caminho a ser explorado. Embora tenha que se comunicar pela anciã lingua da gesticulação com Ogikubo, o japonês parece entender suas instruções. Ou só está concordando com tudo o que Benavidez fala pro técnico parar de ficar gesticulando na sua cara. Nunca saberemos.

Quem parece ter mais facilidade de compreender Hiromasa é a única outra pessoa da casa que não fala inglês, Ronaldo Cândido. O video do brasileiro explicando uma técnica de recuperação para depois da pesagem é uma das coisas mais engraçadas que eu já vi. Enquanto isso, Zulu conta como é difícil a vida de um lutador na África do Sul. Ele próprio, para poder sustentar sua família, tem que trabalhar como mecânico durante o dia e treinar durante a noite em uma academia sem a mínima estrutura.

Chegou então o dia da pesagem e, com ela, veio a primeira treta entre os técnicos desta edição. Durante a pequena reunião antes da entrada para a pesagem, Cejudo chegou para tirar onda com Benavidez por ter ganho as duas primeiras lutas. O representante do Team Alpha Male então deu o troco, perguntando se ele está zoando os dois lutadores que perderam. Com peso mosca só poderia rolar baixaria, né? O resto do bate-boca, com direito até a “cala a boca” e “te vejo na luta”, você pode ver no video abaixo.

Voltando para o que realmente interessa, Hiromasa Ogikubo (126lb) e Nkazimulo Zulu (125,5lb) bateram o peso, confirmaram a luta e fizeram uma encarada tranquila. Também, se alguém ali falasse alguma provocação, o outro não entenderia, fazer o quê. Sem mais perda de tempo, vamos logo para a luta.

Luta 3: Nkazimulo Zulu (Team Cejudo) vs Hiromasa Ogikubo (Team Benavidez)

Com o começo do combate, Ogikubo não demorou a tomar o centro do octógono, já tentando encurtar a distância para golpear Zulu. Enquanto isso, o africano usava chutes retos no tronco para manter seu oponente longe, melhor lugar para usar seu kickboxing e evitar as quedas do japonês. Os chutes de Zulu eram efetivos, com dois deles bastante potentes atingindo o tronco do japonês. Porém, em um chute mais displicente, Hiromasa acabou catando a perna do africano e eventualmente levou a luta para o chão. Ogikubo permanceu por bastante tempo golpeando muito da meia guarda, acertando bons socos e cotoveladas. Para compensar sua falta de destreza no chão, Zulu tentou compensar com agressividade, lançando cotoveladas efetivas de sua guarda. Faltando um minuto para o final do round, o japonês conseguiu transicionar para as costas de seu adversário, onde encaixou um mata-leão. Apesar de estar muito bem encaixado, Zulu conseguiu se defender e aguentar até o final do round.

Zulu voltou mais agressivo do intervalo, provavelmente porque precisava ganhar essa parcial para forçar o terceiro round. Mais ofensivo, ele encaixou um bom cruzado que desequilibrou Hiromasa. Em resposta, o japonês tratou logo de atacar as pernas do rival. Após mais uma ofensiva do africano, ele acabou indo com sede demais ao pote, dando a oportunidade para Hiromasa agarrá-lo e levá-lo para o chão com um double-leg.

A luta de solo se desenvolveu de modo similar à do primeiro round, com Hiromasa golpeando da meia guarda e Zulu tentando bater por baixo. Com dois minutos faltando para o fim do assalto, Hiromasa conseguiu novamente chegar nas costas do africano e, dessa vez, demorou pouco até conseguir encaixar o mata-leão que fez com que Nkazimulo Zulu batucasse passados 3:43 do segundo round.

O africano saiu desapontado da luta, reconhecendo que precisa trabalhar mais em melhorar seu chão. Já Hiromasa saiu bastante satisfeito com a vitória, destacando a importância da finalização para sua confiança no restante da competição. Agora, Hiromasa Ogikubo está classificado para a próxima etapa do torneio e seu adversário será definido no próximo episódio, com o confronto do veterano ex-UFC e WEC Damacio Page contra Adam Antolin.

E aí, empolgados(as) para o próximo episódio? O que achou deste? Deixem suas opiniões nos comentários!

  • James sousa

    até agora tenho gostando das lutas dessa edição tem sido bem animadas , será que essa edição pode aumentar o número de pessoas que gostem da categorias dos moscas ou o fato do tamanho dos lutadores ainda vai falar mais alto ?

    • Marcio Rodrigues

      Eu não assisti nenhum episódio inteiro, mas acho que se o programa contar a história dos caras pode criar alguns personagens. Esse Zulu por exemplo, se mostrasse a origem dele , as condições de treinamento, ja seria um cara que ficaria gravado na cabeça dos fans (além de ter uma trocação legal).

      Muitos Ex-BBBs não tem ocupação definida e mesmo assim o povo se interessa pela vida dos caras por um bom tempo após o fim do programa. Esse tipo de programa (mal comparando) tem esse poder e acho que pode aumentar o interesse sim.

    • Rafael Oreiro

      Acho dificil que aumente realmente o número de pessoas que goste dos moscas. Ainda se tem muito preconceito por parte dos casuais com as divisões mais leves e as divisões femininas. A audiência desse TUF, que é um dos mais relevantes de todos os tempos, é uma das piores da história do show. Enquanto isso, o pessoal tá fazendo luta maneira, com quatro finalizações em quatro lutas. O programa ajuda quem já gosta mesmo de MMA a gostar mais da categoria, falar isso pro público geral é dificil.
      Os penas até algum tempo atras sofriam também com falta de interesse do público, só um sujeito chamado McGregor que conseguiu subir a categoria pra um outro patamar de mídia.

    • Parece que a audiência tem sido baixa.

  • Marcio Rodrigues

    Não tem como não rir quando o Dana fala “acho que dessa vez vamos encontrar alguém a altura do Demetrious”…achei que ele fosse rir tambem depois de alguns segundos rsrs.

    De qualquer forma, acho que esse TUF deve dar um gás na categoria. A maioria deve ser contratado e o programa faz com que sejam personagens já conhecidos pelo público. Vamos ver…

    Ps.: Será que esse japa passa pela USADA? O cara é forte hein!?

    • Anderson Cachapuz

      DauehuDHaeuhUae
      Eu tb esperei “Relax guys, Im just kidding… joking” no final…

    • Rafael Oreiro

      Acho que o TUF vai ajudar a povoar a categoria com gente de qualidade

    • Alguém à altura do Demetrious = alguém de 1,60m.