Rory MacDonald bate Douglas Lima em duelo memorável e se sagra campeão meio-médio no Bellator 192

Por Gustavo Lima | 21/01/2018 02:10

Um dos maiores meios-médios dessa geração, o canadense Rory MacDonald finalmente conseguiu preencher a lacuna de um título de grande expressão em sua carreira ao derrotar Douglas Lima e se sagrar campeão da categoria no Bellator 192.

Rory começou o duelo fazendo pressão sem demonstrar receio dos contragolpes de Douglas. Ele seguiu calmamente cercando o campeão e o enquadrando contra a grade, posteriormente derrubando o brasileiro após muito esforço. Douglas travou o desafiante dentro da guarda até o fim do round, tentando evitar a todo custo que o canadense posturasse e golpeasse.

O segundo assalto tomou um ritmo mais lento e estudado, com alguns chutes nas pernas sendo desferidos por Lima. Rory seguiu com sua estratégia de buscar o clinch pra encontrar chance de derrubar e cair por cima. Conforme o tempo decorria, o campeão começava a encontrar seu caminho com jabs rápidos e fortes, mesclados com lambadas que desestabilizavam MacDonald cada vez mais. Após leve paralisação por golpe baixo acidental aplicado em Douglas, o canadense seguiu baseando seu jogo nas tentativas de levar a luta para o clinch e derrubar, sempre usando muito vigor físico.

O filme se repetiu outra vez no terceiro round, com MacDonald agarrando o brasileiro a todo custo, gastando muita força para derrubar e evitando a trocação contra Lima enquanto a torcida começava a vaiar de maneira sonora. Rory conseguiu derrubar Douglas mais uma vez e seguiu trabalhando por cima da guarda, mas sem efetividade, o que levou Jason Herzog a reiniciar a luta. Na reta final do assalto, Douglas Lima acertou um chute arrebatador nas pernas do desafiante, que caiu no chão e foi seguido pelo campeçao, que terminou a parcial em vantagem.

Nesse momento, um inchaço assustador já se fazia presente na canela de Rory, após todo o castigo aplicado pelo campeão com seus chutes. Em tentativa desesperada de queda no início do quarto round, MacDonald se desequilibrou e recebeu queda rápida e oportuna do campeão, que montou e começou a desferir socos fortíssimos. O canadense conseguiu repor sua guarda, mas ainda se via sob uma enxurrada de ataques desferidos da meia-guarda. Com a luta em pé novamente, Rory conseguiu aplicar um double leg em um chute de Douglas e cair por cima na reta final do assalto.

O gran finale do espetáculo começou com o desafiante fiel à sua estratégia de investir no grappling. Neste round, o combalido Rory renasceu e conseguiu impor seu maior castigo ao oponente jogando sobre a guarda. Uma arrasadora parcial para o desafiante, na qual o mesmo esteve em vantagem por praticamente todos os segundos da disputa.

Assim, os juízes decretam a vitória de Rory MacDonald por unanimidade, com placares de 48-47, 49-45 e 49-46, para dar ao canadense o cinturão dos meios-médios do Bellator.