Rafael Lovato Jr. pega John Salter com um mata-leão no Bellator 205

Por Idonaldo Filho | 21/09/2018 23:41

Mantendo sua invencibilidade, o americano Rafael Lovato Jr. conseguiu finalizar o duro John Salter faltando menos de um minuto para o final do combate no Bellator 205. Com a vitória, Lovato segue forte na fila para ser o próximo desafiante do cinturão da categoria, que atualmente está com Gegard Mousasi.

Rafael Lovato começou o combate andando para a frente e jogando um chute alto com intenção de manter a distância. Salter insistiu em alguns chutes baixos e tentou alguns socos sem sucesso. Os lutadores rodaram e golpearam, mas sem nenhum conectar. Salter jogou um soco e posteriormente um uppercut, que passou raspando. John conseguiu colocar Rafael de costas para a grade, mas o jiujiteiro conseguiu se desvencilhar e acertou um forte jab pouco depois, que foi respondido com boa sequência de Salter.

O segundo assalto começou com Lovato acertando um bom direto, mas se desequilibrando um pouco depois. Rafael acertou um bom soco e Salter se desequilibrou, com Rafael sendo rápido e logo encaixando uma guilhotina, mas seu oponente conseguiu sair da posição e ficou em posição de domínio rente a grade. Lovato mais uma vez tenta pegar uma guilhotina, só que John Salter se defendeu bem, e ambos terminam o round no solo sem muita movimentação.

Lovato começou o último round com um soco na curta distância, e Salter revidou, posteriormente conseguindo uma sequência de jab e direto também. Rafael tentou uma joelhada voadora meio lenta, e acabou errando e caindo no clinch de John Salter, que o manteve de costas para a grade. Salter tentou quedar, mas Lovato fez bem o sprawl e conseguiu boa posição no solo, pegando as costas e posteriormente aplicando um forte ground and pound, que quase interrompeu o combate, até que Salter conseguiu se defender melhor. Rafael Lovato tentou pegar um mata-leão em um primeiro momento, mas John se defendeu. Pouco depois, ele insistiu na posição, e dessa vez conseguiu encaixar bem o estrangulamento, forçando Salter a bater aos 4:27 minutos do terceiro round.