Podcast It’s Time! Episódio 214: Análise do UFC 215

Podcast analisou aspectos técnicos, táticos e de regras sobre o UFC 215, evento que agitou o MMA no último sábado, disputado em Edmonton, Canadá.

O UFC 215 é o tema do episódio 214 do melhor podcast do MMA brasileiro. Como o evento disputado no último sábado teve assunto de sobra, mal precisamos encher o tempo com outras notícias.

Polêmica, astros voltando, prospectos testados e candidatos a desafiante surgindo. Iniciamos pela luta principal, na qual Amanda Nunes defendeu o cinturão do peso galo contra Valentina Shevchenko, mas não sem polêmica. Coube aqui análise da luta e das regras.

O ex-campeão dos leves Rafael dos Anjos e o ex-desafiante dos moscas Henry Cejudo deram demonstrações de técnica e força contra Neil Magny e Wilson Reis, respectivamente. Tanto os meios-médios quanto os moscas ligaram os sinais de alerta pelo crescimento demonstrado pelos vencedores.

Houve tempo ainda para analisar a vitória de Jeremy Stephens sobre Gilbert Melendez e as derrotas dos prospectos Tyson Pedro e Gavin Tucker.

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Assine o novo feed do podcast It’s Time! em http://www.central3.com.br/programa/its-time/feed

Versão do episódio 214 para download (clique com o botão direito do mouse e em seguida selecione “Salvar link como”)

  • James sousa

    Bizarro essa parada de juíz marca round equilibrado para campeão , e não duvido que tenha juíz que realmente faça isso

  • Guilherme Costa Silva

    Olá Alexandre, primeiramente parabéns pela nova cara do site, ficou excelente!! Eu co leigo gostaria de deixar aqui minha humilde opinião. Eu acho que vocês tem falado em seus podcast (possivelmente devido ao curto tempo) muito mais de falhas do jugo de alguns lutadores ao invés de valorizar os detalhes técnicos que levaram os vencedores às vitórias. Para mim que sou leigo passa a impressão que o RDA só venceu porque o Niell não aprendem porra nenhuma (rsrs) com Serginho e Maia e ficou pouco claro a estratégia adotada pelo RDA. Percebo até que valorizam mais desempenho de gringos vitoriosos e brasileiros vitoriosos venceram só por falhas dos gringos. (vide os comentários desse card por exemplo) Obviamente cada um torce pra quem quiser, mas se possível demonstrar na estratégia do vencedor os truque para a vitória para mim, e imagino que para muitos outros na minha situação seria muito informativo. Eu entendo que para vocês que são especialistas é muito óbvio que o Rafael iria dominar no solo porém não é tão obvio para seus ouvintes.

  • Weslei Alvarenga

    Terá um “Choque de Titãs” ou alguma prévia para Canelo x GGG ?

  • Diego

    Pra Valentina e os demais interessados: “5º round valendo cinturão você tem que entrar com o modo Robbie Lawler ligado.”

    • João Lucas

      Disse tudo!

  • Gabriel Carvalho

    Acho que entre os meios-médios, faltou o Colby Covington. Se ele ganha do Demian, é o desafiante.