Podcast It’s Time! Ep. 213: UFC Roterdã, doping de Jon Jones, aposentadoria de Ben Askren, baderna na Rússia

Podcast passou pela Holanda, foi à Rússia, ao continente asiático e falou de doping, futuras estrelas, aposentadoria e uma confusão dos diabos.

Podcast com tempo mais curto do que o histórico e um fim de semana com evento pouco popular. Parecia que o episódio 213 do It’s Time! não renderia nada. Pois rendeu. Além do UFC Roterdã, bem mais útil do que muitos imaginavam, alguns outros assuntos importantes foram tratados.

O UFC Fight Night 115, que aconteceu na Holanda na tarde de sábado, apresentou diversos pontos interessantes. A luta principal trouxe sangue novo para o top 10 dos pesados, com a vitória de Alexander Volkov. Espalhados pelos cards principal e preliminar, diversos lutadores que a equipe do MMA Brasil acredita que em breve estará nos top 10, 5 ou até em disputas de cinturão. São os representantes do projeto Top 10 do Futuro, que iniciamos nesta semana. No UFC Roterdã estavam Leon Edwards, Darren Till, Zabit Magomedsharipov, Mairbek Taisumov, além do já conhecido Rustam Khabilov. Escute o que temos a falar de todos eles.

Alguns assuntos polêmicos, de natureza bastante diferentes, complementaram o programa. Falamos do anúncio da aposentadoria de Ben Askren, analisando o tamanho no MMA do campeão do ONE e ex do Bellator. Abordamos também (e explicamos o que aconteceu) a notícia de Jon Jones ter passado num exame antidoping no dia seguinte ao teste que deu positivo. Além disso, falamos do Fight Nights Global 73, que mostrou o lado tenso do MMA na Rússia com uma confusão inacreditável na luta de Diego Brandão. O evento teve ainda um assalto contra Rousimar Toquinho e Fabio Maldonado conquistando cinturão com uma (acredite!) finalização.

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Assine o novo feed do podcast It’s Time! em http://www.central3.com.br/programa/its-time/feed

Versão do episódio 213 para download (clique com o botão direito do mouse e em seguida selecione “Salvar link como”)

  • Edilson Dos Santos Júnior

    Podcast fantástico como sempre. Quando leio coisas do tipo: “Alguns assuntos polêmicos, de natureza bastante diferentes” e “O evento teve ainda um assalto contra…” Não tem como ler e não escutar a voz do Alexandre na mente kkkkkkkk é como ler “Calce suas luvas, coloque o seu protetor bucal e vamos nessa” e não escutar a voz dos Rhoodes kkk

  • William Oliveira

    Sobre os melhores a não passarem pelo UFC, depois do Fedor: Sergei Kharitonov, Igor Vovchanchyn e Melvin Manhoef, todos maiores que o Askren pra mim.

    O evento na Russia não foi na Chechenia, foi no Dagestão mesmo, se o Kadyrov tava, não era como governante e tal, e sim espectador.

  • Malk Suruhito

    Alexandre, da série “O (nosso) Flamengo tem um goleiro chamado Muralha”, não te incomoda o Volkov usar o apelido de “Drago”?

    • Bruno Fares

      hahahahaha

      me permita rir.

  • Ricardo Sedano

    Eu tenho a curiosidade de saber como o Askren conseguiu ganhar toda essa grana no One… Isso é muito bizarro. Mas acho a escolha dele super justificável. Tudo bem a questão esportiva e importante e tal, mas ganhar cem mil e der uma velhice mais complicada ou ganhar 1 milhão ganhando com mais tranquilidade, eu acho que escolheria a segunda também.

    Sobre o Horiguchi, essa ida dele para o japão não pode ser um meio de se preservar fisicamente, ganhar experiência e treinar mais para uma volta ao UFC quando o DJ subir de novo ou qualquer coisa assim? Ao invés de ficar se mantando, vai para outro canto e depois volta… Ou é muita loucura?

    • Bruno Fares

      Ele era o grande nome do Bellator né, e até hoje está invicto.

      Quanto ao Horiguchi, pode ser isso tbm!