Podcast It’s Time Ep. 157: UFC Fight Night 91, Bellator 158, Hall da Fama do UFC, dopings de Jones e Lesnar

Juntamos o UFC Fight Night 91, o Bellator 158, a classe de 2016 do Hall da Fama do UFC, os dopings de Brock Lesnar e Jon Jones, além de novidades do boxe para mais uma edição do It's Time!

Quem diria que, depois de um fim de semana de pouca ação nos cages ao redor do mundo, ainda teríamos assunto para um podcast interessante? É por isso que o It’s Time! é imortal.

Nossa equipe trouxe à tona diversos assuntos, passando pelo UFC, Bellator, doping e boxe. Sobre a maior organização do MMA mundial, analisamos o UFC Fight Night 91, que aconteceu na quarta-feira passada; fizemos uma prévia do UFC On FOX 20, do próximo sábado, além de uma recapitulação dos cinco integrantes da classe de 2016 do Hall da Fama do UFC.

Ainda sobre o UFC, uma notícia que nunca gostamos de dar, mas que tem sido importante nos últimos tempos: o doping. O que as quedas de astros como Jon Jones e Brock Lesnar no maior evento da história do UFC nos diz? O que será de cada um deles? E o que seria do UFC 200 com força máxima?

O Bellator 158, que marcou a estreia do cage circular em Londres, também foi assunto, especialmente na vitória de Douglas Lima e na derrota de Evangelista Cyborg, que começou com mais um highlight de Michael Page e terminou numa lesão bastante grave.

Abrindo o podcast desta semana, o Minuto do Boxe falou da vitória e lesão de Deontay Wilder, além das confirmações dos próximos passos de Gennady Golovkin e de Canelo Álvarez, deixando clara a diferença de postura dos dois possíveis adversários de 2017.

Nesta semana eu estive de volta ao papel de âncora, já que nosso titular não conseguiu comparecer pela terceira semana consecutiva. Estive acompanhado de Diego Tintin e João Gabriel Gelli, que mantiveram suas conhecidas ótimas atuações. Então agora chega de papo, é hora de sentar o dedo no play (ou baixar o podcast pelos vários métodos disponíveis) e escutar o que nossa equipe tem a dizer. Depois (ou durante), deixe seus comentários para podermos estender o debate.

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Endereço para assinar o podcast pelo iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/its-time!-o-podcast-do-mma/id939262973

Endereço para quem preferir assinar o feed RSS do podcast por outras vias: http://www.mmabrasil.com.br/feed/podcast

Versão do episódio 157 em arquivo compactado (.zip) (clique com o botão direito do mouse e em seguida selecione “Salvar link como”)

  • Bruno Moraes da Costa

    Fala, galera! Excelente podcast mais uma vez.

    Tô curtindo muito o minuto do boxe no podcast. Tenho tentado me informar mais sobre o esporte e acompanhar com mais conhecimento os lutadores. Quando escuto vcs falando sobre o assunto, sempre busco materiais sobre…

    No mais, parabéns à equipe pelos elogios prestados ao colega que não têm conduzido o podcast há algum tempo, percebe-se o grande carinho pelo sujeito! hahaha

  • Alex Silva

    mais um bom podcast pra conta!

  • Felipe Chaves

    Alexandre, você poderia fazer um post destacando os participantes do TUF 24, são 16 campeões de eventos menores no qual o vencedor desafiará DJ pelo cinturão.

    • João Gabriel Gelli

      Eu vou fazer. Deve sair na semana que vem.

    • Faremos isso.

  • Edu Machado

    Esqueceram de avisar ao Lesnar que o Sucrilhos kellogys e o Nescau power dele tava batizado com Biotônico fontoura

  • Osmar Donato

    Olha o meu querido estado de Wyoming sendo mencionado no podcast. Sou ex-morador de lá e é um lugar SENSACIONAL!

    • Em que momento nós mencionamos tal aprazível localidade?

      • Osmar Donato

        Quando falavam das comissões atléticas e doping. Que o Bellator vai a locais, digamos, “ermos”.

  • Paulo Melo

    Sério que vcs acharam zuado a comemoração do Page ?
    Vcs estão muito amargos rs
    Depois as pessoas dizem que o atleta tem que se promover e tal
    Eles simplesmente usou uma coisa que tá sendo extremamente falada , meteu um nocautão plástico comemorou e já era , perfeito
    Muito legal ter rolado o minutos do boxe, vcs são minha referência já que sou leigo total da nobre arte e gosto de assistir
    E acho bem válido alguém ter citado os casos de dopping dos americanos como um “cala a boca” para os mesmos que diziam que lutador BR se dopa

    • Eu acho Pokemon tosquíssimo, só isso. Achei que ele ficou com cara de mongolão, mas é problema dele lá.