Podcast It’s Time! Ep. 212: Análise de Floyd Mayweather vs. Conor McGregor e o doping de Jon Jones

O dia que a gente chegou a achar que jamais aconteceria finalmente se concretizou no último sábado. A luta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather, que parecia sem sentido, atraiu a atenção de milhares na T-Mobile Arena, em Las Vegas, além de centenas de milhões remotamente, incluindo o maior contingente de acessos piratas da história dos esportes de combate. Este foi o principal assunto do episódio 212 do podcast It’s Time!

Nossa equipe debateu essa tão singela luta sob diversas óticas, desde a técnica, passando pela financeira e até a social. McGregor pareceu um gênio ao conseguir o maior ordenado de sua vida, mas acabou que foi o próprio Mayweather quem se mostrou ainda mais brilhante do ponto de vista promocional para ele próprio também ter obtido arrecadação recorde.

McGregor foi melhor do que se esperava ou só fez passar vergonha? Mayweather lutou mal ou se esforçou pouco? Até que ponto o super campeão de boxe permitiu que as ações dentro do ringue tomassem os contornos que tomaram? Os haters e lovers tanto dos lutadores quanto dos esportes estavam certos ou errados em suas análises? E as tais estatísticas de golpes que foram divulgadas mostrando McGregor melhor que Manny Pacquiao contra Mayweather? O que esperar do futuro do irlandês? Bem, assim como a luta, o podcast foi polêmico.

Aliás, a polêmica não ficou somente no boxe. No meio da semana da luta, cai (mais) uma bomba no MMA dando conta que Jon Jones foi pego no antidoping. De novo. Por esteroide anabolizante. O melhor lutador da história mais uma vez perde para si próprio depois de vencer todo mundo dentro do octógono. Aliás, ainda podemos considerá-lo o melhor ou há mancha o suficiente em sua carreira? E o papo de “todo mundo usa”?

Já viu que não faltou assunto delicado, né?

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Assine o novo feed do podcast It’s Time! em http://www.central3.com.br/programa/its-time/feed

Versão do episódio 212 para download (clique com o botão direito do mouse e em seguida selecione “Salvar link como”)

  • Alan Freire

    Vocês disseram que se usa muito anabolizante para treinar, se eles usam para treinar, esses anabolizantes fazem efeito somente no treino ou na hora das lutas também altera a performance?

  • Gabriel Carvalho

    Alexandre puto = Melhor Alexandre

  • Ricardo Sedano

    Sobre ser a luta que o pessoal fala na firma, aqui no meu trabalho (na Costa Rica) nos últimos 5 meses não vi absolutamente ninguém da empresa falar da luta. Na segunda feira foi o assunto da hora do almoço. Para os fãs hardcore essa luta foi doida, mas para o grande público ela gerou um buzz tão grande que prova o tamanho desses dois sujeitos para os seus esportes.

    • Bruno Fares

      Como é o interesse por lutas ai na CR?

      • Ricardo Sedano

        Muito pequeno, pelo menos no meu circulo social. Muito raro alguém comentando sobre… no máximo quando algum campeão vai lutar há um comentário sobre isso por uma ou duas pessoas. Mas no geral quase nenhum comentário.

  • Ricardo Sedano

    Essas comparações de “se fosse no MMA”, “Se fosse na rua” são tão sem sentido. Não foi, foi em um ring de boxe com os dois atletas concordando com isso. Esse “se” é completamente forçado… Se minha avó tivesse duas rodas ela era uma bicicleta ¯_(ツ)_/¯

  • Lero

    Acho que vocês estão muito puristas. Se liberaçem o doping para todo mundo, deixariam mesmo de assistir MMA?
    Qual é o motivo disso?

    Eu sou contra doping agora porque também acredito que tem gente que não se dopa e seria injusto para essas pessoas lutar para contra pessoas com essas avantagens. Mas se amanhã marcam Cro-Cop vs Jon Jones no Rizin, com suco liberado, eu assistiria amarradaço.

    Eu só quero ver o show, em igualdade de condicões. Se é para lutar limpos, beleza, bora punir negos trapaçeiros, mas se fazem o GP das lendas no Japão do Vitor, com Vitor, Overeem, Jon Jones, Anderson, Cro-Cop, Cigano e todos eles com suco liberado, aí estaria eu em primeira fila. Pessoalmente não me incomodaria.

    Alias, para mim é muito dificil imaginar que caras como o Romero ou o Khabib não se doparem, passando por toda a galera da Nova União que nunca mais foi a mesma POST-USADA (lembrando daquele bagulho escroto do visto do americano que foi no Rio a fazer teste no Aldo)

    Se Chad Mendes foi pego, não será que o Cody e o Dillashaw são chegados no suco?

    Alguem sabe qual é a “lesão” que tem Cain agora?
    Ramadão acabou em junho. Não daba tempo mesmo para o Khabib se preparar para lutar em outubro?
    Alias, cadé a invasão russa que todo mundo falava dois anos atras no UFC?

    • Bruno Fares

      Eu ficaria frustrado em saber que todos 100% se dopam, meu interesse cairia com certeza.

      • Malk Suruhito

        100% dopados não é 100% em condições iguais?
        P.s.: Não que eu queira isso. ..

        • Não. E o Lance Armstrong mostrou isso.

        • R13

          Se todos usam, todos estão em condições iguais em relação a isso.

        • Bruno Fares

          Não!

          • R13

            Por que não estariam? Um exemplo é o Fisiculturismo, se tirarem os AEs os campeões serão os mesmos…
            PS: Não que eu queira a liberação de AEs no MMA também.

        • Malk Suruhito

          Tá, deixa eu melhorar meu questionamento: Se todos pudessem usar, não estariam todos em igualdade de condições (de preparo)? Como no PRIDE?
          Novamente: Não sou a favor da dopagem, mas se eu soubesse que em maior ou menor grau, todos se dopam, eu não deixaria de assistir.

      • Lero

        Eu ficaria mais frustrado com o que parece ser a situacao actual. que 90% se dopa e o 10% honesto está se fodendo.

        Mas com toda esa galera caindo no anti-doping agora, acho que a situacao vai melhorar bastante no mediano plazo.

        Agora quem está se fodendo sao principalmente os rusos e as Nova Uniao da vida. Acho ótimo.

        • William Oliveira

          90% se dopa baseado em…?

          • Lero

            Que muitos dos caras topes já cairam. Anderson, Cigano, Jon Jones, Cyborg, Lyoto, Lesnar, Barnett. Só para falar dos trapaceiros que já foram ou sao campeoes do UFC (e faltam varios)

            Reformularia entao para “90% dos caras topes se dopam”

            • William Oliveira

              Cigano ainda não é nada confirmado, eu iria mais devagar em joga-lo junto aos demais nomes. De fato, do topo vários já caíram, mas de quantos outros “tops” que jamais caíram? Aí que tá.

              O Jeff Noviznky lá, que cuida dessa parte pro UFC, disse em entrevista (e me parece verdade) que entre 2015-2016 e 2016-2017 o número de lutadores sendo pegos/número de atletas contratados caiu bastante, ou seja, ou a galera tá parando de usar ou tão escondendo melhor, e acredito na primeira hipótese, uma vez que a USADA é a melhor no ramo. Ainda por cima, por mais subjetivo que seja, shapes absurdos e condicionamentos bizarros como o caso do Gleison Tibau estão ficando mais e mais raros.

    • Malk Suruhito

      Lero, quando passar aqui no RJ, marca da gente te pagar uma cerveja e te dar o título de cidadão honorário do Rio. Tu escreve em um “carioquês” fluente e ao mesmo tempo em um português muito mais correto que a maioria dos meus conterrâneos!

      • Lero

        Hahahaha, que exagero…
        O pior é que eu aprendi português andando com paulista, brasiliense, “goianense”, mineira, paranaense e até com um parceiro de Rondonia que falava muito enrolado. Nunca tive a oportunidade de falar muito com pessoal do Rio. o Carioca acho que eu aprendí aquí escutando toda semana o @apmatos:disqus kkkk

    • Mas alguém disse que deixaria de assistir MMA se o doping fosse liberado? Eu disse em relação a achar que lutas são armadas.

      • Lero

        Acho que o Bruno falou nesse podcast que ele nao assistiria se ele tivesse certeza que o 100% dos lutadores estivesse dopado.

        • Bruno Fares

          Sim!

    • William Oliveira

      Eu não assistiria, não apoio freak shows, inclusive pra mim esse era o pior ponto do PRIDE, com a produção sendo o melhor.

      • Lero

        E o cara do teu avatar… será que está limpo?

        • William Oliveira

          Depende da época.

  • James sousa

    Hahahaha Alexandre soltando os cachorros foi hilario e com a mãe dele no estúdio kkkkk
    Concordo com vocês em relação a essa questão que ” todos ” usam doping

  • William Oliveira

    Concussão? Hahaha beleza..tá bom

    O 8º round não foi competitivo o suficiente pra poder dar pro McGregor? Bom, vindo de quem falou que Ward dominou o Kovalev…
    Continue achando que só você sabe pontuar uma luta de boxe e que não há espaço para discordância, abraço.

    • Quem disse que só eu sei pontuar luta de boxe? Que comentário mais tosco.

      • William Oliveira

        “Cala a boca, nego não faz a minima ideia de pontuar a porra de uma luta de boxe” De fato, bem tosco.

    • Gabriel Carvalho

      Não é só ele que sabe pontuar luta de boxe não, até porque o oitavo round foi bem claro pro McGregor e os três árbitros laterais viram da mesma forma.

      • William Oliveira

        Três árbitros laterais que são do esporte de combate mais corrupto? Que já desgraçaram o esporte tantas vezes? Eu marquei o 8º pro Conor e até entendo o contrário, aliás sei que estou na minoria, mas dizer que é absurdo e que é algo de quem não sabe nada do esporte é 1) arrogância 2) haterismo. Não terminei de escutar o podcast mas a abordagem quanto à performance do Conor foi injusta demais, ele foi muito melhor que esperado e foi muito bem, inclusive.

        • Gabriel Carvalho

          Ué, se os três juízes marcaram de forma correta, eu vou confiar em quem? Você? E ninguém tem haterismo aqui, amigão, tanto que sempre elogiamos o Conor por chegar em tal feito de enfrentar um cara como o Mayweather. A realidade é que ele pegou um gênio velho, sem ritmo e ainda tomou um belo de um vareio. Falar que o Conor foi bem é a mesma coisa que dizer que a carreira do Michael Jordan no beisebol foi boa. Vai ler regra de pontuação de boxe antes de ficar acusando os outros de haterismo.

          • William Oliveira

            Como assim confiar? kkk O certo é vc mesmo pontuar e acreditar em você, que não tem rabo preso, diferente dos juízes.

            O Conor foi muito bem, ganhou 4 rounds de 9 terminados e sim acertou pelo menos uns 10 golpes limpos no melhor boxeador dos últimos 20 anos, se isso não é ir bem, não sei o que é. Sei como pontuar, e por isso mesmo digo: enorme haterismo, pelo menos na minha opinião.

            • Gabriel Carvalho

              Você fala que o Conor ganhou quatro rounds de nove e depois conclui que sabe pontuar? hahahahahaha

              • William Oliveira

                1, 2, 3 e 8. Sim. Se você for mais um dos haters que acha que ele só ganhou 1 round, aí quem não sabe pontuar é você kk

          • Isabella Kida

            Juíz é uma raça complicada, melhor não confiar.

    • Danilo

      Acho que o “rage” do Alexandre sobre esse povo não saber pontuar lutas de boxe é muito mais sobre uma penca de gente que não sabe mesmo do que sobre pessoas que deram alguns rounds pro McGregor.
      Posso dizer isso porque teve mesmo muita, mas muita gente mesmo que chegou ao absurdo de dizer que um estreante levou muito mais perigo a Floyd do que boxeadores de verdade como Canelo e Paquiao, o que está longe de ser verdade. E olha que não foi só leigo que entrou nessa, teve gente conceituada da mídia esportiva fazendo isso.

      • William Oliveira

        Bom, eu sei pontuar e marquei o 8º pro Conor, resultando em 5-4 Floyd. Ele pode concordar, mas desrespeitar dizendo que é algo de quem não sabe pontuar uma luta não, e foi o que ficou subentendido.

        • Danilo

          Então, mais uma vez vou dizer que, quando o Alexandre se irrita da forma que se irritou é por conta de absurdos de verdade. Como disse ali em cima tinha muito, mas muito absurdo rolando em todo canto, durante e depois da luta.
          Pra você ter ideia, tinha muita gente fazendo um estardalhaço dizendo que Conor estava vencendo TODOS os rounds. Se isso não for completo desconhecimento ou desonestidade intelectual, ou ambos (como o próprio Alexandre disse), de regras e como se pontua uma luta de boxe, então não sei mais o que pode ser.
          A sua ideia não é algo absurdo ao ponto do que citei acima. Então acho que você poderia ficar mais tranquilo quanto ao que foi dito no podcast.

          • William Oliveira

            Eu estou tranquilo kk só respondi de maneira proporcional aos comentários do podcast ;P

    • Vinicius Maia

      http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/curtinhas-medico-diz-que-arbitro-viu-sinais-de-concussao-em-conor-mcgregor.ghtml
      Bom, não sei se você confia no médico que atuou nesse esporte que vc mesmo falou que é muito corrupto , mas ta ae pra você dar uma lida sobre a interrupção do árbitro.

      • William Oliveira

        Não confio, esse cara estava claramente a favor do Mayweather e é um péssimo árbitro.

        • Vinicius Maia

          Velhin, isso é um Doutor não árbitro mano. A notícia é sobre o médico com experiencia em boxe (trabalhou anos ao lado do ringue) falando que o Conor estava apresentando vários sintomas condizentes com o de um caso do Concussão. Isso é o médico falando, eu não sou um médico mas creio que não há motivos pra um cara que nem estava trabalhando na luta de mentir sobre oque estava vendo.

          • William Oliveira

            Mas quem parou a luta foi o árbitro, não o Doutor..
            De qualquer jeito entendo o que você está dizendo e concordo que foi parado na hora correta, mas não acho que ficou perto de uma concussão real, claro que posso estar errado até porque comparado aos 2 devo saber quase nada, mas o árbitro que parou a luta estava, ao meu ver, claramente enviesado. Ainda sim, isso não muda o fato que a paralisação da luta foi na hora certa.

  • Vinicius Maia

    Excelente podcast. Sobre o doping do JJ eu estou muito decepcionado. PQP. Maluco jogou a carreira fora. Gostaria que a contraprova desse negativo mas a chance é zero.

  • William Oliveira

    Concordo totalmente sobre os comentários e postura adotadas a favor das políticas de antidoping recente da USADA. Inclusive acredito eu que os cheaters sejam minoria, e não maioria como outrora, em anos de suco liberado no esporte. Ponderações extremamente sensatas, a galera tem que entender que MMA é um esporte de combate, os riscos são reais, usar substâncias ilegais em esportes como baseball é muito menos impactante pois quase não oferece perigo aos adversários, em nome da profissionalização do esporte tem que banir esse tipo de conduta.

    • Isso é uma das coisas que a gente sempre tenta deixar claro: anabolizante em luta não é igual a anabolizante em corrida ou em beisebol. Luta já é um esporte perigoso o suficiente pra nego abusar da boa vontade. Se não dá pra se recuperar pra lutar 4x por ano, não lute 4x por ano. Sinto muito. E ainda tem a questão da diferença de anabolizante pra recuperação e outros tipos de uso.

  • Carlos Felix

    Hahahahahaha!! Alexandre em “furious mode” é demais. Que faça todo o podcast assim.

  • Isabella Kida

    É muito recorrente (principalmente no MMA) as pessoas acharem que quantidade de golpes define o vencedor da luta, basta pegar a estatística e temos um vencedor e pronto está provado por A+B ali pelos números.

    • Bruno Fares

      Analista de estatística = ódio eterno