Phil De Fries finaliza Karol Bedorf e Roberto Soldic recupera cinturão no KSW 45

Por Idonaldo Filho | 08/10/2018 22:51

Aconteceu na tarde do último sábado (06) o KSW 45. evento que foi realizado na The SSE Arena Wembley em Londres, na Inglaterra. O card foi liderado pela disputa de cinturão nos pesos pesados entre o campeão Phil De Fries e o ex-campeão – agora na posição de desafiante – Karol Bedorf. Outra disputa de cinturão que fez parte do evento foi entre Dricu Du Plessis e Roberto Soldic, uma revanche do confronto que ocorreu em abril, quando Soldic perdeu o título.

O ex-lutador do UFC Phil De Fries vem se dando muito bem em sua caminhada no evento polonês até agora, e com uma americana no segundo round ele conseguiu levar a vitória contra Karol Bedorf, polonês que conseguiu a chance de disputar o cinturão novamente após derrotar o popular Marius Pudzianowski e, junho. Bedorf foi campeão da categoria entre 2013 até 2016, perdendo o cinturão ao ser nocauteado por Fernando Santo Forte.

Na luta coprincipal, vimos um maravilhoso freakshow, sempre muito adorado pelos fãs do KSW. O excêntrico rapper Popek Monster enfrentou o personal trainer Erko Jun, que vinha de vitória sobre o ator Tomasz Oswiecinski. O resultado da luta foi vitória de Jun, que conseguiu o nocaute técnico com socos violentos e rápidos (só que não), conseguindo sua segunda vitória seguida no evento. Após a vitória de Jun, o KSW anunciou a contratação do não menos gigante Martyn Ford, que é fisiculturista e ator, e pode vir a ser seu próximo adversário.

A segunda luta válida por um cinturão do evento foi nos meios-médios. Roberto Soldic, que havia sido nocauteado por Dricu Du Plessis em abril, devolveu na mesma moeda e conseguiu derrotar o sul-africano por nocaute após vários socos perto da grade. O croata Soldic conqueistou o cinturão pela primeira vez ao derrotar Borys Mankowski, em dezembro do ano passado.

Outra luta interessante do evento foi entre o medalha de bronze na luta greco-romana até 84kg em 2012, Damian Janikowski, e o ex-campeão Michal Materla. As credenciais no wrestling de Janikowski não foram suficientes, e o medalhista olímpico acabou nocauteado ainda no primeiro assalto por Materla, perdendo a primeira luta em quatro combates realizados na carreira.

O Brasil foi representado no evento por Wagner Caldeirão, que não fez feio e nocauteou rapidamente Lukasz Parobiec, que entrou como oponente substituto de última hora. O ex-UFC Thiago Silva também lutou no evento na Inglaterra, garantindo uma decisão unânime após luta sangrenta contra o eterno James McSweeney, que ampliou seu cartel para 15-17 com essa derrota.

RESULTADOS DO KSW 45:

Disputa de cinturão peso pesado: Phil De Fries derrotou Karol Bedorf por finalização (americana) aos 4:26 do segundo round
Peso pesado: Erko Jun derrotou Pawel Mikolajuw por nocaute (socos) aos 2:08 do segundo round
Peso médio: Michal Materla derrotou Damian Janikowski por nocaute (soco) aos 3:10 do primeiro round
Disputa de cinturão peso meio-médio: Roberto Soldic derrotou Dricus Du Plessis por nocaute (socos) aos 2:33 do terceiro round
Peso médio: Scott Askham derrotou Marcin Wojcik por nocaute (chute no corpo e socos) aos 1:37 do primeiro round
Peso pesado: Thiago Silva derrotou James McSweeney na decisão unânime (30-27, 29-28, 29-27)
Peso pesado: Wagner Prado derrotou Lukasz Parobiec por nocaute (soco) aos 0:41 do primeiro round
Peso meio-pesado: Jamie Sloane e Akop Szostak foi declarado um no contest (dedo no olho) no primeiro round
Peso leve:  Leszek Krakowski derrotou Alfie Davis na decisão dividida (29-28, 29-27, 28-29)

Colaborador do MMA Brasil, goiano, fã de pesos pesados e admirador de freakshow com responsabilidade.