Onze lutadores são demitidos do UFC

Por Gabriel Carvalho | 16/08/2018 13:14

UFC fez uma pequena limpa em seu elenco na última semana. A recomendação passada para a organização foi de cortar três a cinco nomes nas principais divisões de peso, e algumas destas demissões foram reveladas nesta semana. Além da saída dos brasileiros Gleison Tibau e Vitor Miranda, outros onze lutadores não tem mais contrato com a organização.

Os lutadores dispensados foram Tom Lawlor, Albert Morales, Diego Rivas, Mike Santiago, Eric Spicely, Damien Brown, Rob Wilkinson, James Bochnovic, Marcel Fortuna Damian Grabowski.

Marcel Fortuna é o único nome brasileiro da lista. Após uma boa estreia em fevereiro de 2017, nocauteando o peso pesado Anthony Hamilton, ele baixou de categoria e acabou sofrendo derrotas para Jordan Johnson Jake Collier, que motivaram o seu corte.

O nome mais experiente da lista é o de Tom Lawlor. O americano de 35 anos foi participante do The Ultimate Fighter 8 e estava no UFC desde 2008. Sua última luta foi em março de 2016, quando perdeu para Corey Anderson no UFC 196. Posteriormente, Tom cumpriu uma suspensão por doping. Foram 11 lutas na organização, com seis vitórias.

Editor do MMA Brasil. Fã de esportes em geral, apaixonado pela arte de punhos em rostos alheios. Amante de filmes e música.