Notas da Semana (7)

23 a 29 de março de 2009

UFC no Brasil? Já ouvimos especulações há bastante tempo sobre a repetição de uma edição do UFC em território brasileiro, mas nunca passaram de rumores. Desta vez parece que Dana White está realmente cogitando a hipótese. O presidente do UFC está bastante animado com os planos de marketing que envolvem o Brasil. Segundo apurou o UOL Esporte, a idéia é fazer o evento em 2010. Quando o UFC produziu o Ultimate Brazil, que aconteceu em outubro de 1998, em São Paulo, a empresa ainda era gerida por um grupo diferente do atual.

“Nós recebemos toneladas de e-mails. As pessoas nos falam que querem assistir a um evento ao vivo aí. Sabemos também que as audiências no Brasil são sempre altas. Nós já estamos com alguns planos em andamento no Brasil, inclusive. Mas é certo que um evento ao vivo no país geraria grande visibilidade para a marca. O país tem alguns dos melhores lutadores do mundo. Vamos continuar fazendo a marca e o esporte crescerem no país. Estamos sempre procurando boas oportunidades para conseguir realizar isso. Nós estamos tornando o UFC um evento global e adoraríamos levá-lo para o Brasil. Estamos apenas estudando as questões econômicas para isso.”

Lyoto Machida O brasileiro criou polêmica nos fóruns da internet ao declarar à Graciemag que é adepto da urinoterapia. Notícias de folhetim à parte, Lyoto continua treinando em Belém para sua luta contra Rashad Evans e nesta semana contou com a ajuda de seu amigo Vítor Belfort. “As observações dele são impressionantes”, declarou Lyoto sobre o veterano. “Detalhes quase imperceptíveis que podem decidir a luta. Foi ótimo ele ter vindo. Vou procurar colocar em prática tudo que ele me passou”.

UFC 99 Por hora, o evento que acontecerá no dia 13 de junho, na Alemanha, está assim (para ver o line-up do UFC 98, clique aqui):

Lutas confirmadas

  • Wanderlei Silva x Rich Franklin
  • Mike Swick x Ben Saunders
  • Dan Hardy x Marcus Davis
  • Spencer Fisher x Caol Uno
  • Dale Hartt x Dennis Siver
  • Paul Taylor x Peter Sobotta
  • Stefan Struve x Denis Stojnic
  • John Hathaway x Ricky Story

Rumores

  • Rousimar “Toquinho” x Alessio Sakara
  • Cain Velasquez x Heath Herring
  • Terry Etim x Justin Buchholz
  • Mustapha al Turk x Todd Duffee
  • Paul Kelly x Roli Delgado

Ainda a vaselina… Georges St-Pierre liberou para acesso público os documentos de defesa enviados para Comissão Atlética de Nevada, que estuda o caso da vaselina na luta contra B.J. Penn no UFC 94. A íntegra do fax de 17 páginas, bem como o DVD que mostra a técnica de respiração empregada pelos cornermen podem ser encontrados em links disponibilizados no blog oficial do atleta.

UFC 101 Mas depois de muito blá, blá, blá, parece que B.J. Penn voltará a lutar. O havaiano anunciou que defenderá o título dos leves contra Kenny Florian dia 8 de agosto. Outras lutas que estão sendo cogitada para o evento são os embates entre meio-pesados: Matt Hamill x Brandon Vera e Forrest Griffin x Thiago Silva.

Brasileiros no DREAM Dia 5 de abril André Galvão estreia no Grand Prix dos meio-médios contra John Alessio. A grande estrela do GP será Shinya Aoki (considerado por muitos o número 1 do mundo entre os leves). No mesmo evento, o brasileiro Murilo “Ninja” enfrentará Dong Sik Yoon em uma superluta. Dia 26 de maio quem luta é o melhor leve brasileiro, Gesias Cavalcante, contra o também Top 10 Tasuya Kawajiri.

Brasileiros no Sengoku No dia 2 de maio a oitava edição do evento trará boas lutas com atletas tupiniquins. O bicampeão mundial absoluto de Jiu-Jitsu, Xande Ribeiro, fará a segunda luta de sua carreira no MMA contra o ex-campeão do Pancrase, o japonês Kei Yamamiya. A outra luta confirmada é entre Leo Santos e Kazunori Yokota. O vencedor do confronto poderá ter uma chance de enfrentar o campeão da categoria, Satoru Kitaoka. O evento terá ainda a segunda fase do GP de pesos penas, que tem Marlon Sandro garantido na disputa.

Faber x Brown II Outro que parece estar deixando o conversê de lado para calçar as luvas novamente é o ex-rei dos penas, o California Kid Urijah Faber. Ele enfrentará novamente o atleta da ATT, Mike Thomas Brown, que lhe nocauteou, pelo cinturão do WEC, que será disputado no dia 7 de junho. Faber havia declarado que não se importava mais em lutar por cinturões e que estaria mais preocupado em disputar superlutas. Com isso, o lutador com cara de surfista consegue dois objetivos numa luta só.

Cyborg x Carano Gina Carano, uma das maiores estrelas do MMA atual, informou ao site Sherdog que deverá enfrentar a brasileira Cristiane Santos, a Cyborg. A luta vem sendo muito antecipada desde 26 de julho do ano passado, quando Carano aceitou um desafio de Cyborg depois que a brasileira massacrou Hitomi Akano em evento da Strikeforce transmitido pela TV aberta nos EUA.

K-1 World GP O japonês Keijiro Maeda supreendeu o mundo do kickboxing vencendo o cobiçado “K-1 World Grand Prix” dos pesados no dia 28 de março. Maeda venceu o temido Melvin Manhoef na semifinal e ganhou do turco Gokhan Saki na final do torneio. No evento principal, o tricampeão do GP, Remy Bonjasky, enfrentou Alistair Overeem, que vinha de uma série de lutas sensacionais, tanto no MMA quanto no kickboxing. Em seu último embate, Overeem venceu Badr Hari, uma das maiores estrelas do K-1. Assim, a luta contra Bonjasky assumiu um tom sério, pois os tradicionalistas não queriam imaginar a possibilidade de um atleta do MMA ser também o melhor kickboxer do mundo. O promotor do evento, Sadaharu Tanikawa, chegou a afirmar que uma derrota de Bonjasky significaria o “fim do K-1”. E Bonjasky honrou seus empregadores, com muito mais classe colocou um fim à série de vitórias do seu oponente em uma decisão tranquila. Agora precisamos ver Overeem enfrentando pesados de ponta no MMA.

MMA e Boxe Tim Sylvia teve sua luta contra Ray Mercer transferida por falta de aprovação da Comissão Atlética de Nova Jérsei. Agora, o encontro entre o ex-campeão de MMA e ex-campeão de boxe acontecerá dia 17 de junho no Alabama, que não conta com uma comissão atlética reguladora. Além dele, Andrei Arlovski cancelou sua estréia no boxe, que deveria acontecer no dia 11 de abril. Quem também andou falando sobre boxe nesta semana foi Anderson Silva, que declarou à Graciemag.com:

“Depois que acabar meu contrato com o Ultimate e encerrar a minha carreira de vale-tudo, pretendo fazer a minha luta de boxe contra o Roy Jones. Isso é uma coisa que já está acertada, já está tudo certo e praticamente encaminhado. Agora vamos só esperar para ver no que vai dar.”