No excelente UFC 209, Tyron Woodley mantém cinturão em luta totalmente esquecível

No excelente UFC 209, Tyron Woodley mantém cinturão em luta totalmente esquecível
MMA

O UFC 209 teve duas viradas antológicas, uma das melhores lutas do ano até agora, mas acabou de maneira lamentável. Tyron Woodley venceu Stephen Thompson numa das piores disputas de cinturão da história.

As disputas de cinturão do peso meio-médio do UFC renderam as melhores lutas dos anos de 2014, 2015 e 2016. Chega 2017 e o excelente UFC 209 abriga o provavelmente pior duelo de título da história da organização. Stephen Thompson foi menos pior, mas perdeu os únicos 30 segundos decentes e viu Tyron Woodley sair com a coroa.

Mais tensão do que luta nos dois primeiros rounds. Thompson se posicionou de modo a encurralar Woodley na grade. O campeão, por outro lado, se mantinha a uma distância segura da tela como se estivesse pronto para disparar uma queda em direção ao centro do octógono. Porém, quase nada aconteceu. Vantagem para o desafiante em duas parciais que poderiam ter sido marcadas como 0 a 0.

No terceiro, Woodley finalmente percebeu que Thompson não acelerava e avançou para o clinch e dali para o double leg perto da grade. O campeão não fez muito no chão, mas abriu vantagem num cenário pobre de movimentação. Quando Thompson voltou em pé, o combate lembrou as duas parciais anteriores. Woodley diminuiu a desvantagem para 29-28.

Tudo parecia a mesma ladainha até a reta final. Woodley esperava o momento que nunca chegava de acertar uma mãozada e Thompson, com receio de levar a tal mãozada, fazia pouco. Nos 30 segundos finais, antes tarde do que nunca, bateu o senso de urgência no campeão. Woodley explodiu em sequência de socos e mandou Thompson a knockdown. O desafiante se levantou e conseguiu resistir até o fim. Tyron não conseguiu o nocaute por pouco.

Na contagem do MMA Brasil, 48-47 Thompson. Como Woodley venceu os únicos rounds que não foram inteiramente nojentos, acabou levando a vitória por decisão majoritária quando dois juízes marcaram 48-47 para o campeão e o terceiro anotou empate em 47 pontos. Nem dá para reclamar de garfo, já que ninguém mereceu vencer. E se ninguém mereceu vencer, o cinturão fica com o campeão.

David Teymur surpreende Lando Vannata na melhor luta da noite

Lando Vannata tinha a responsabilidade de justificar o hype depositado nele. David Teymur não tinha nada a perder. O resultado foi mais uma luta sensacional no UFC 209.

Excelente primeiro assalto disputado por Vannata e Teymur. O americano abusou da criatividade nos chutes rodados, socos em ângulos diversos, cotoveladas, entradas rápidas para quedas. Porém, sua postura ereta e guarda baixa, que o deixam em perigo algumas vezes, foram brechas bem exploradas por Teymur.

O nível seguiu elevado no segundo round, inclusive com um genial chute rodado de Vannata aplicado enquanto segurava uma perna de Teymur depois de defender um chute do rival. Porém, de tanto se manter ereto, de guarda baixa, encaixando golpes, o americano deu espaço para o sueco pontuar e empatar a luta.

Teymur aumentou a pressão no terceiro e variou o jogo com entradas de quedas que confundiram a já deficitária defesa de Vannata. Mais momentos plásticos de lado a lado, mas o sueco estava sempre um passo à frente. Em momento algum Lando pareceu preocupado em evitar que os golpes de David entrassem. Uma luta que parecia em suas mãos escorreu pelos dedos.

Daniel Kelly frustra estreia de Rashad Evans no peso médio

Com uns cinco anos de atraso, finalmente Rashad Evans estreou como peso médio. Não mudou muito. Com seu estilo de mais vontade do que técnica, Daniel Kelly chegou à quinta vitória seguida.

Evans pareceu ágil no começo, socando e chutando com velocidade. Ele demorou a acelerar, o que era compreensível para um sujeito que vinha numa fase tão difícil. Kelly chegou a disparar um cruzado potente, mas assustou pouco. Rashad acertou uma queda e um belo chute no corpo no estouro do cronômetro, garantindo o 10-9 inicial.

Na segunda etapa, Rashad aceitou muito a luta na curta distância, situação que beneficiava o judoca australiano. Kelly quase derrubou com um uchi mata e abriu alguma vantagem com bons golpes curtos. Depois de uma interrupção por dedo no olho acidental aplicado pelo americano, Evans tentou ficar mais ativo no boxe, acertou um single leg quase na altura de ankle pick, mas não manteve o oponente no solo e não conseguiu virar a parcial.

A diferença técnica era visível a favor de Rashad, mas pareceu que faltou o resto todo para o americano. Ele demorou muito para perceber que a postura do australiano pedia uppercuts e insistiu muito nos ganchos por fora da guarda alta de Kelly. O assalto foi bem movimentado, mas a pressão de Daniel nivelou as ações por baixo. Rashad até venceu o assalto, mas não a luta. Na contagem oficial, dois juízes anotaram 29-28 para Kelly e o outro marcou o mesmo placar, mas para Evans.

Cynthia Calvillo passeia no chão e finaliza Amanda Cooper na estreia

O Team Alpha Male é uma fábrica de produzir bons grapplers. Cynthia Calvillo foi a bola da vez. Ela não tomou conhecimento da vice-campeã do TUF 23, Amanda Cooper.

Nem parecia que era a estreia de Calvillo. Ela se mostrou à vontade no octógono, mesmo quando houve equilíbrio na troca de golpes em pé. Quando Amanda telegrafou um chute alto, Cynthia agarrou o golpe e conseguiu a primeira queda. A luta então ficou desigual.

Cooper tentou escapar e aplicar uma queda, mas Calvillo retribuiu quase com um tomoe nage para cair por cima. Primeiro ela tentou um triângulo de mão, mas inteligentemente abriu mão da posição para pegar as costas de ABC. Dali foram duas tentativas de mata-leão. Na terceira, a representante do Team Alpha Male espalhou o frango, pesou nas costas de Cooper e fez a rival batucar na marca de 3:19 de luta.

Thai clinch de Alistair Overeem dá cabo de Mark Hunt

Quando a longa distância não estava rendendo e as quedas não estavam saindo, Alistair Overeem voltou às raízes. Com um incansável trabalho de clinch, o holandês nocauteou Mark Hunt na disputa de ex-campeões do K-1.

O primeiro round foi tenso. Ao tentar um chute, Hunt cravou a canela no joelho de Overeem e viu abrir um rombo profundo. O holandês percebeu e passou a mirar as pernas do neozelandês com chutes e pisões frontais. Quando Alistair tentava a aproximação para a queda, Hunto abaixava a cabeça como se deixasse acontecer um choque com a cabeça do rival. Com a pouca movimentação do assalto, vantagem dos golpes mais contundentes de Hunt, mas com margem para 10-9 a favor de Overeem.

O ritmo de Hunt baixou no segundo assalto e Overeem conseguiu abrir uma pequena vantagem, principalmente trabalhando no clinch e duas joelhadas de encontro no corpo. Pouco depois da metade da parcial, Mark acertou uma cotovelada que balançou o oponente. Alistair se protegeu, atraiu Hunt, mas o “Super Samoano” perdeu a pressão. Novo clinch com domínio de Overeem e outro susto com uma cotovelada de Hunt. No fim, Hunt tentou uma combinação, mas estava contra a grade. Luta empatada, com possibilidade de 20-18 para Overeem.

Overeem usou uma estratégia clara na terceira etapa: ficar nas duas extremidades da distância, seja longe a ponto de dar as costas e correr, seja no clinch. Foi nesta última que Overeem decidiu a parada. Quando o holandês acertou uma cotovelada dura, abriu a defesa de Hunt. Foi o suficiente para duas joelhadas insanas entrarem no thai clinch. Hunt caiu quase de cara no chão quando o cronômetro marcava 1:33 do terceiro round.

Foto de destaque: Esther Lin/MMA Fighting

  • Gabriel Carvalho II

    Woodley vs. Thompson: The Matrix
    Woodley vs. Thompson 2: The Matrix Reloaded

    • Arthur Malaspina

      Seguindo essa premissa espero que nunca aconteça a terceira luta hahaha

  • Lero

    Gostaria de assistir Cain vs Overeem. O holandes não é bobo no chão, e melhor lutando em pe, e se Cain teve problemas contra o thai clinch do Werdum imagina o que o Overbomba pode fazer…
    Acho uma luta bacana.

    Vannata pareceu um boxeador de elite contra El Cucuy e olha as merdas que vem fazer hoje… Sinto muito mas se o Conor luta contra Ferguson, vai ser mais um KO no primeiro round pra o Conor.

    Adoraria assistir Conor vs Barboza.

    • Eu acho que o Cain arregaça o Overeem e Werdum se nego quiser usar thai clinch. Acho precipitado demais afirmar que ele teve problemas com o thai clinch do Werdum numa luta disputada longe das condições normais.

      • Vinicius Maia

        Mas ae que ta Alexandre, quando veremos o Cain em condições normais??? Ele tem a coluna mais ferrada que meu pai de 70 anos. Sua carreira e saúde estão sendo devoradas pelas lesões. Não creio que o Cain vá sequer fazer uma luta em 2017 se não mudar seu treinamento e prioridades. Triste mas da AKA eu não espero mais nada. Uma academia cheia de lutadores talentosos que nunca lutam. Se juntar Luke, DC, Cain e Khabib eles cancelaram umas 6 lutas em 2016 juntos.

      • Lero

        Pode ser burrice minha, mas acho o striking do Cain de um nivel inferior a o do Werdum, Overeem, Cigano e Stipe… Ele tem os nocautes que tem em pé porque todo mundo que não se chamar Fabricio Werdum fica com pánico das quedas e o GnP do Cain.

        • Asisz Marco

          ai eu concordo com vc, acho o cain mais voluntarioso do q tecnico em pe.

    • Fernando

      Eu tenho interesse em ver Cain e Overeem tb…

      mas é difícil entender o Overeem…o mais provável é que a luta seria parecida com Velasquez contra Travis Brownie, o americano pressionar o grandalhão no começo e nosso querido lutador coração de galinha desistir logo.

      Mas eu achava que ele iria dormir um sono profundo quando enfrentasse Mark Hunt, Cigano e Roy Nelson e isso não aconteceu, ele fez uma luta estranha contra o Cigano e espancou os gordinhos mão de pedra.

    • Asisz Marco

      cara overeem de costas no chao seria esmigalhado pelo ground and pound bruto do cain, ainda mais com aquele queixinho de porcelana.

  • Sexto Empírico

    Woodley vs Wonderbother

    Luta chata como eu tinha previsto e como são todas as do Wonderbother quando ele enfrenta adversários do tamanho dele.
    Ontem, escrevi um comentário comparando-o ao Machida. Hoje, arrependido da minha infâmia, peço desculpas ao Japa e retiro o que disse. Lyoto é muito mais lutador, agressivo e teve uma carreira gloriosa, apesar de usar a mesma técnica kareteca irritante.
    Para quem não viu a luta, assista aos primeiros dez segundos, depois, vá aos últimos 30 segundos do 5 round e foi só isso o que aconteceu.

    • Gabriel Carvalho II

      ”Wonderbother”

      HAHAHAHAHAHAHHAA

    • Thompson-Woodley 1 e Thompson-Hendricks foram excelentes.

      • Sexto Empírico

        Thompson x Brown foi a melhor de todas. Hahaha… brincadeira. Apesar de eu não gostar desse tipo de estratégia, não há como negar q o Thompson é um lutador fantástico. Primor técnico da arte q domina. Subiu até o topo com todo o mérito. Desfilando técnica, deixando lutadores estendidos no chão e highlights no youtube. O problema é que por ele ser tão bom, esperamos sempre um golpe mágico, à Anderson Silva. E seu estilo contra-golpeador se torna um porre quando o adversário não oferece luta ou brechas.

        • Sim, sim, ele é capaz de fazer lutas péssimas, como vimos ontem. Só não concordo que toda luta dele contra adversários de elite seja chata.

  • James sousa

    também marquei 48-47 Thompson mais os únicos momentos da luta que não foram podres foram em favor do campeão. essa luta competir com a última defesa de cinturão do Rafael Carvalho no Bellator para saber qual foi a pior disputa de cinturão nos grandes eventos de MMA recentemente

  • il Quasímodo

    – O Woodley não venceu. O Thompson que perdeu. E olha que eu torcia para o Escolhido…
    Quem reclama de garfo ainda vê as lutas pelas regras antigas ainda, eu acho. Ciscar o tempo todo e dominar o centro do Cage já não vale mais nada. Tem que avisar uma galera aí!

    – Pergunta da semana: quem tem a defesa mais vazada: Lando ou Thominhas?

    • Gabriel Carvalho II

      Thominhas. O Lando não defende porque não quer.

    • Vou levar os dois assuntos pro podcast.

  • Guga Almeida

    Apesar dá luta horrível , eu acho um absurdo esse resultado. A luta é pontuada round a round e se Thompson acertou 2 golpes e não tomou nenhum no round 1 e dá mesma forma no round 2 , então ganhou esses rounds. Perdeu o terceiro mas no round 4 fez igual… Acertou o mínimo de golpes e não levou nenhum…São 3 rounds para ele e se no quinto tivesse o 10-8 então seria na melhor das hipóteses pra woodley um empate. Os juízes não tem q se importar se a luta é chata ou não…Pq se eu sou o desafiante e vejo q ganhei os rounds sem me expor e sem tomar golpes em uma luta chata…O que importa é a vitória. Burrice é do campeão q quase entregou o cinturão por medo de tomar alguns golpes…Demorou demais pra tentar algo. Fiquei decepcionado com Thompson pq não estava difícil vencer essa luta, pq o woodley cometia várias vezes o mesmo erro…Só caminhava no sentido dá perna de Thompson e como wonderboy estava de canhoto seria muito fácil maltratar a cintura do campeão até chegar a um nocaute. Mas Thompson não fez cara! Incrível um striker do nível dele deixar escapar uma chance dessas.

    • Só não concordo com o “absurdo” que você usou. Potência vale mais do que quantidade, ainda mais quando a quantidade é irrisória. Eu também pontuei a favor do Thompson, mas nem reclamo.

      • Guga Almeida

        Alexandre, o absurdo que falei é pq não cabe a vitória de woodley em nenhum dos 3 rounds q citei( 1-2-4) pq woodley não atacou e só ficou de costas na grade e tomou uns 5 golpes. Não falo nem de potência…Só que se vc fica na grade e não ataca e ainda toma uns 5 golpes então não tem como ganhar o round. Concordo que Thompson não mereceu ser o campeão pelo desempenho tedioso e horrível mas tbm não houve justiça no resultado, pq na melhor das hipóteses seria um novo empate pra o campeão. ( Venceu o round 3 e o round 5 por 10-8)

    • Lero

      todos perdemos depois dessa luta. Se tiravam o cinto do Woodley e davam para o ganhador do Demian e Masvidal, eu não ficaba puto não

  • Marcos E

    “Nem dá para reclamar de garfo, já que ninguém mereceu vencer”. – Triste verdade.

  • Beto Magnun

    Pra mim não tem que reclamar de garfo quando nenhum dos lutadores fez absolutamente nada pra garantir a vitória. Luta feia entre dois caras que não merecem a alcunha de campeão. No fim prevaleceu o pior casamento pro Demian. :/
    Vanata caiu do trem do hype. Ainda tinha uma galera aqui dizendo que o camping completo ele venceria o Fergunson. Bom o mesmo o raio não cai duas vezes. Duvido que ele surpreenderia o Dabura de novo e mesmo se conseguisse uns bons golpes a péssima defesa iria entregar a luta. Falta malícia pro cara.
    E bem triste ver que o Rashad perdeu pra um lutador meia bunda como o Kelly. Mesmo decendo de categoria não é nem rascunho do matador de outrora.
    E qui cagada monstra do Elkins? Achei que as odds estavam exageradas, mas parece que ao longo da luta o amarrador foi punido de tudo quanto é jeito e merecido pq quem faz uma tatuagem escrota daquelas tem mais é que apanhar muito. Uma pena o Bektik perder desse jeito, mas o cara é um mini trator. Já mostrou que tem futuro na categoria.

    • Eu não diria que o Vannata “caiu do trem” porque a luta foi irada e muito por causa dele. Os problemas defensivos já tinham sido apontados várias vezes por nós. Chegaria a hora de o problema custar uma vitória. Chegou. A derrota pode ser benéfica pra ele.

      Bektic é um animalzinho. Se conseguir se manter saudável e ativo, eu aposto que ele entra no bolo da elite.

  • Marcos Henrique Lira

    Evento top. Dando uma moral tbm paro o Yuri marajo, que quase perdendo conseguiu a vitória com uma linda chave de joelho. Mas a luta principal deixou muito a desejar, acho q deveria colocar aquele cartão amarelo que usava no PRIDE que punia o lutador com uma percentagem na bolsa por falta de combatividade. No mais, espero q Demian vença bem o masvidal e espero que q seja o próximo, apesar de q Nick dias e GSP podem furar essa fila infelizmente.

    • Eu lembrei várias vezes do cartão do PRIDE na hora da luta.

      A moral pro Iuri é muito válida e mais ainda pro Darren Elkins, que deu uma virada ainda mais sensacional em cima de um cara bem melhor que o Luke Sanders.

      • Marcos Henrique Lira

        Aí Alexandre. Vc acha q o Demian disputa a cinta esse ano ainda. Ou alguém vai furar a fila e tomar o lugar dele???? Isso se ele vencer o masvidal.

  • Jefferson Bruno

    Alexandre, pq o site do MMA Brasil demora tanto para carregar nos meus dispositivos? Ou, às vezes, nem carrega? Ou somente dá erro?

    • il Quasímodo

      Eu acho que é problema no servidor, fera. Acho que há uns dois dias atrás nem dava pra acessar. :/

      • Isso. Aí eu tive que desabilitar o cache do site e ficou mais lento. Vou reabilitar.

    • Eu tive que desabilitar o cache do site por causa dos problemas que andaram acontecendo no servidor. Vou reabilitar pra ver se parou de dar problema.

  • Allan Marx de Morais Pereira

    Alexandre, não consigo acessar a página pelo celular. Depois olhe o que está acontecendo…

    • Eu estou exatamente pelo celular agora. Tenta limpar o cache e os cookies do browser do seu celular.

  • Anderson Rodrigues

    Alexandre disse tudo sobre a luta principal. “Nem dá para reclamar de garfo, já que ninguém mereceu vencer. E se ninguém mereceu vencer, o cinturão fica com o campeão.”