Mundial de Wrestling 2017 – Dia 1: Artur Aleksanyan conquista tricampeonato até 98kg

Nesta segunda-feira, aconteceu o primeiro dia de competições do Campeonato Mundial de Wrestling de 2017, que neste ano tem sede em Paris, França, com as competições sendo realizadas na AccorHotels Arena.

Quatro categorias do estilo greco-romano tiveram disputa de medalha hoje. O destaque ficou para o armênio Artur Aleksanyan, que conquistou o tricampeonato mundial na divisão até 98 quilos. Após vitórias sobre Mostafa Salehizadeh, G’Angelo Hancock, Revaz NadareishviliRustam Assakalov, ele se classificou para a final para enfrentar o russo Musa Evloev. Após um primeiro período bem equilibrado e que terminou empatado, Aleksanyan conseguiu dois pontos pela passividade de Evloev e por colocar o oponente para fora do círculo. Mais um título para o “Urso Polar”, campeão olímpico no Rio de Janeiro, no ano passado. As medalhes de bronze ficaram com Revaz Nadareishvili e Balász Kiss.

Na categoria até 85 quilos, quem ficou com o ouro foi o turco Metehan Başar. Depois de uma boa vitória sobre o campeão olímpico Davit Chakvetadze nas semifinais, ele encarou o alemão Denis Kudla no duelo final. O primeiro período terminou com passividade de Kudla, dando o ponto para Başar, que chegou a sofrer o empate no segundo round, mas conquistou outro ponto por conta de passividade e ficou com o ouro. As medalhas de bronze foram obtidas por Hossein Nouri e Robert Kobliashvili.

Até 75 quilos, o título mundial ficou com o sérvio Viktor Nemes. A luta final foi contra o russo Aleksandr Chekhirkin. Após um empate em um ponto no primeiro período, Nemes conseguiu vantagem a seu favor após passividade de Chekhirkin e sacramentou a vitória depois de uma queda de dois pontos, tornando-se o segundo campeão mundial da história da Sérvia. Medalhas de bronze para Tamaz Lorincz e Saeid Abdevali.

A Alemanha também faturou uma medalha de ouro no primeiro dia, pelas mãos do craque Frank Stabler. Sua final contra o cazaque Demeu Zhadrayev foi uma das lutas mais movimentadas da noite, terminando com o placar de 8-3 para Stabler, que se tornou bicampeão mundial, a primeira vez na categoria até 71 quilos. Os bronzes foram para Bálint Korpási e Mohammad Ali Geraei.

Amanhã, serão realizadas mais competições do estilo greco-romano, agora nas categorias até 59, 66, 80 e 130 quilos. A transmissão acontecerá no site oficial da United World Wrestling.

  • James sousa

    Consegui acompanhar algumas lutas pelo site da UWW tá bem bacana esse mundial

    • Gabriel Carvalho

      Boa!

  • Greco provavelmente tem os atletas fisicamente mais fortes de esportes de combate. E hoje tem a final do peso superpesado num cenário sem o Mijain Lopez, com Riza Kayaalp contra Heiki Nabi valendo tricampeonato mundial pro vencedor.

    • Asisz Marco

      O melhor atleta da greco na categoria até 130 atualmente contra o marcus buchecha, num duelo hipotético sem pano jiu jitsu x greco-romana, o tempo(um intermediario entre tempo do wrestling e do jiu, e num sistema de pontuação que balanceasse ambas modalidades; quem você acha que levaria e por quê?