Mundial de Wrestling 2017 – 4º Dia: Vanesa Kaladzinskaya impede varredura japonesa e conquista bicampeonato

Na última quinta-feira, aconteceu o quarto dia de competições do Campeonato Mundial de Wrestling, que está sendo sediado em Paris, França,e que marcou o encerramento das lutas femininas no estilo livre e a vitória do Japão na competição por equipes, mas o principal destaque do dia foi para Vanesa Kaladzinskaya, que impediu o 100% de aproveitamento japonês no lugar mais alto do pódio.

Campeã olímpica no Rio em 2016, a jovem Sara Dosho conquistou o seu primeiro campeonato mundial. Competindo na categoria até 69 quilos, Dosho chegou no combate final repetindo a decisão de 2014, contra a alemã Aline Focken, mas o resultado foi diferente. Após a equilibrada derrota de 2014, Dosho venceu a revanche pelo placar de 3-1, em mais um duelo disputado. Os bronzes foram pra a chinesa Yue Han e a francesa Koumba Larroque.

Outra medalhista de ouro em 2016 e que venceu o primeiro mundial foi a também japonesa Risako Kawaina divisão até 60 quilos. Na sua luta final, encarou a americana Alilson Ragan e aplicou um passeio, vencendo por 13-0. Os bronzes ficaram com Anastasija Grigorjeva e Malin Johanna Mattsson.

A final até 48 quilos foi entre a romena Alina Vuc e a japonesa Yui Susaki. Aline começou bem e chegou a abrir quatro pontos depois de colocar Susaki no solo, mas a japonesa mostrou superioridade, usou belas quedas e rolamentos para virar o combate para 14-4 e chegar à sua primeira conquista mundial. Kim Son-Hyang e Evin Demirhan foram as medalhistas de bronze.

O Japão só não ganhou todas as medalhas de ouro no segundo dia do estilo livre feminino por causa de Vanesa Kaladzinskaya. A bielorrussa conquistou o Mundial pela segunda vez, agora na divisão até 53 quilos, batendo a japonesa Mayu Mukaida na final. Mukaida teve um grande início, conseguindo uma ótima queda e as costas de Vanesa, abrindo seis pontos de vantagem. Quando parecia que outro ouro iria pro Japão, Kaladzinskaya se recuperou e conseguiu a virada nos segundos finais, ao cravar a oponente no solo. Os bronzes ficaram com Maria Prevolaraki e Roksana Zasina.

O Mundial de Wrestling continuará na sexta-feira, com o primeiro dia do estilo livre masculino, nas categorias até 57, 61, 86 e 125 quilos. As lutas são transmitidas no site da United World Wrestling.

  • James sousa

    Mas uma vez Japão mostrou porque é a maior potência feminina e dominou as disputas e que virada da Bielorrússa

    • Gabriel Carvalho

      Foi sensacional.

  • Malk Suruhito

    É impessionante a forma física das japonesas. Apesar de todas parecerem menores em alturas, são enormes em estrutura, como se fossem versões orientais do Toquinho. Imagino se elas fossem realmente investir no MMA.