Mundial de Wrestling 2017 – 3º Dia: Helen Maroulis faz história na conquista do bicampeonato

O terceiro dia de competições do Campeonato Mundial de Wrestling 2017 foi marcado pelo início das disputas femininas no estilo livre. A estrela do dia definitivamente foi Helen Maroulis. Depois de ter feito história nos Jogos Olímpicos de 2016, a americana se tornou bicampeã mundial, agora competindo até 58 quilos.

Depois de ter sido campeã mundial em 2015 na categoria até 55 quilos e campeã olímpica até 53, Maroulis decidiu subir para a divisão até 58 quilos, aproveitando a ausência da tetracampeã olímpica Kaori Icho. Ela enfileirou Hanbit Kim, Elin Nilsson, Yessica Oviedo e Michelle Fazzari até chegar na final contra a tunisiana Marwa Amri, que também escreveu seu nome nos livros ao se tornar a primeira africana finalista de um Campeonato Mundial. Helen não precisou de três minutos para marcar 11-0 e conseguir um feito histórico: somando todas as suas lutas, Maroulis somou 52 pontos e não tomou nenhum, vencendo todas por superioridade técnica. Os bronzes ficaram com Aisuluu Tynybekova e Michelle Fazzari.

Apesar de ser uma escola forte no wrestling masculino, a primeira medalha feminina da história da Turquia em Mundiais aconteceu hoje. Na final até 75 quilos, Yasemin Adar conquistou o ouro histórico após derrotar bielorrussa Vasilisa Marzaliuk em um equilibrado duelo. As medalhas de bronze ficaram com a canadense Justina DiStasio, que tirou a campeã olímpica Erica Wiebe na seletiva nacional, e a japonesa Hiroe Suzuki.

A mongol Pürevdorjiin Orkhon ganhou o seu primeiro ouro em Mundiais. Competindo na categoria até 63 quilos, ela derrotou a ucraniana Yuliya Tkach na final pelo placar de 6-3. As medalhas de bronze ficaram com a venezuelana Jackeline Rentería e com a russa Valeria Lazinskaya.

Maior potência do estilo livre feminino, o Japão faturou o seu primeiro ouro com Haruna Ozuko, que venceu na categoria até 55 quilos. No duelo final, ela bateu a nigeriana Odunayo Adekuoroye pelo placar de 5-4. Os bronzes ficaram com a americana Becka Leathers e a bielorrussa Iryna Kurachkina. Adekuoryoke igualou o feito de Marwa Amri, outra africana que também chegou numa final de Mundial, mas acabou ficando com a medalha de prata.

As competições seguirão amanhã com as outras quatro categorias femininas, com disputas até 48, 53, 60 e 69 quilos. As lutas são transmitidas no site oficial da United World Wrestling. Amanhã também começam as competições do estilo livre masculino.

LEIA MAIS Campeonato Mundial de Wrestling 2017: Os favoritos no estilo livre e a potencial luta do século

  • James sousa

    A superioridade da Helen Maroulins foi impressionante ela venceu duas lutas por superioridade técnica um 10 -0 sobre a Michele fazzari e 11 – 0 na final

    • Gabriel Carvalho

      Ela venceu TODAS as lutas por dois dígitos.

  • Malk Suruhito

    A Sakshi Malik não competiu (63Kg) ou foi eliminada antes?

    • Gabriel Carvalho

      Não competiu

  • Malk Suruhito

    [Semi-Off] Alguém já viu este filme aqui? Recomendam? (me chamou atenção o ator que parece o Mark Hunt)
    https://www.theguardian.com/film/2017/jan/09/wrestling-drama-dangal-beats-bollywood-box-office-records-aamir-khan