Mundial de Judô – 6º Dia: Teddy Riner é enea e brasileiros completam pódio nos pesados

Na manhã do último sábado, aconteceu o sexto dia de competições do Campeonato Mundial de Judô, que acontece na cidade de Budapeste, na Hungria. O dia marcou as últimas disputas em categorias de peso, já que o último dia de campeonato ficou reservado para competições em equipe.

Maior judoca de todos os tempos, Teddy Riner conquistou o seu nono título mundial. O francês dominou todos os seus adversários e chegou na final contra o brasileiro David Moura, primeiro colocado do ranking mundial. Apesar do esforço de David, ele foi derrotado por waza-ari quando a luta estava no golden score, dando mais um título para Riner, que está invicto há 134 lutas.

O Brasil teve um segundo representante no pódio do peso pesado. Rafael Baby conquistou a medalha de bronze após derrotar o húngaro Barna Bor após punições.

No meio-pesado masculino, o jovem japonês Aaron Wolf garantiu a sétima medalha de ouro para a seleção japonesa. No combate final, ele encarou o georgiano Varlam Liparteliani, vice no Rio, e venceu por waza-ari quando o combate já estava no golden score.

No peso pesado feminino, a chinesa Yu Song assegurou o bicampeonato mundial. Sem a participação de Idalys Ortiz e com a queda precoce da campeã olímpica Émille Andeol, Song fez a luta final contra a jovem japonesa Sarah Asahina e venceu após punições.

  • Gabriel Carvalho

    Teddy Riner é enea. Alô, Bruno Sader.

    • Malk Suruhito

      Senti uma provocação clubista ai, hahaha

  • Diego Florentino

    Aquela mãozinha do Teddy Rinner é duas vezes o tamanho da mão de um ser humano normal. Pegadinha na gola suave rsrs