Mundial de Judô – 3º Dia: Rafaela Silva perde cedo e Japão continua dominante no masculino

Nesta quarta-feira, foi realizado o terceiro dia de competições do Campeonato Mundial de Judô, que acontece em Budapeste, na Hungria. O dia foi reservado para as competições na categoria peso leve (até 73 quilos no masculino e até 57 quilos no feminino).

Campeã mundial em 2013 e campeã olímpica no Rio, a brasileira Rafaela Silva era considerada como a grande aposta brasileira para conquistar uma medalha de ouro, mas ela foi surpreendida e caiu na sua primeira luta. Rafaela encarou a veterana portuguesa Telma Monteiro, que foi bronze no Rio e vice-campeã mundial em quatro oportunidades, porém, acabou perdendo por waza-ari e foi eliminada da competição.

Vice no Rio, a mongol Dorjsürengiin Sumiyaa teve caminho livre na competição após ver a rival Rafaela eliminada de forma precoce. Na final, ela fez um combate disputado e bem longo contra a japonesa Tsukasa Yoshida e venceu por waza-ari quando a luta já chegava perto dos 13 minutos. Foi a primeira medalha de ouro da Mongólia no Mundial.

Entre os homens, o brasileiro Marcelo Contini caiu na segunda fase, perdendo para o georgiano Lasha Shavdatuashvili após tomar três punições. O ouro na divisão foi para o Japão, com Soichi Yamamoto. O combate final foi polêmico. Em um duelo disputado contra o azerbaidjanês Rustam Orujov, a luta acabou indo para o tempo extra e Yamamoto venceu por waza-ari, em um movimento polêmico e que causou vaias do público presente. Foi a terceira medalha de ouro do Japão no masculino, continuando com 100% de aproveitamento.

As competições seguirão amanhã, na categoria meio-médio. Os brasileiros que subirão no tatame serão Victor Penalber, Eduardo Santos e Ketelyn Quadros. A transmissão é feita pelos canais SporTV e também pelo site da IJF.

  • James sousa

    Por essa derrota logo na estreia da Rafaela eu não esperava

    • Gabriel Carvalho

      Telma é dura. Foi muita questão de chaveamento.