Por Elias Freire | 24/03/2015 18:02

O superastro Brock Lesnar fez fama no MMA pela curta, mas notável carreira que culminou com o cinturão do UFC. Lesnar ficou famoso também no pro wrestling, para onde voltou após a aposentadoria do octógono e agora ostenta o cinturão da WWE. Porém, o gigante também teve uma bela carreira no wrestling universitário, vencendo um título da Divisão I da NCAA e criando movimento como o que ficou conhecido como “Roda da Morte” (“Wheel of Death”, em inglês).

O atual momento é propício para relembrar o feito. As finais da Divisão I da NCAA de 2015 ainda estão frescas na memória dos fãs, depois de Logan Stieber fazer história se tornando apenas o quarto wrestler a conseguir ser quatro vezes campeão nacional da Divisão I e Isaiah Martinez virar apenas o segundo calouro da história a ser campeão invicto da NCAA (o primeiro e único, antes de IMar, foi Cael Sanderson, em 1999).

Honrando esta memória, mostramos aqui (com créditos ao site Flowrestling.org, por conseguir o vídeo, e a Mike Riordan, do Bloody Elbow, por nos relembrar) um inacreditável movimento de Brock Lesnar, que faz cair o queixo de qualquer um, da época que ele ainda competia pela Universidade de Minnesota.

Nas semifinais da Divisão I da NCAA da categoria até 275 libras (124,7 quilos), em 2000, Lesnar enfrentou outro adversário fisicamente impressionante, Bandele Adeniyi-Bada, da Universidade da Pensilvânia. Apesar da maior parte da fama de Lesnar derivar de sua força e de seu físico imponente, este vídeo mostra sua agilidade, que chega a ser quase “delicada”, o que faz do ex-campeão da NCAA e do UFC um ser único.

Como descreveu Riordan:

Adeniyi-Bada tenta entrar na perna de Lesnar com a cabeça na direção do quadril do gigante. A tentativa inicia um scramble defensivo improvisado de Lesnar, que culmina em algo parecido com uma pirueta. No momento em que Lesnar termina sua rotação, ele enterra o wrestler da UPENN no chão com as costas viradas para baixo, numa posição do wrestling conhecida como half nelson. De repente, Lesnar venceu a luta com um fall (também chamado de pin, ou encostamento, em português), que ocorre quando qualquer parte de ambos os ombros, ou ambas as escápulas, estejam em contato com o tapete por um segundo. Essa vitória levou Lesnar para a sua segunda final do campeonato da NCAA, onde ele se tornou o campeão nacional.

Fãs mais tarde iriam chamar essa pirueta de “A Roda da Morte”. Até hoje este é um dos momentos mais memoráveis do wrestling moderno.