Por Matheus Costa | 24/09/2018 15:17

O terceiro e último evento do UFC no Brasil em 2018 excedeu as expectativas. De um card tido como azarado pela quantidade de lutas canceladas por conta de lesões, incluindo as duas lutas principais, o UFC São Paulo entregou uma noite bem divertida para os fãs de MMA, com ótimas atuações e outras surpreendentes.

Na luta principais, os pesos médios Thiago MarretaEryk Anders batalharam pela categoria dos meios-pesados, com o brasileiro somando mais um nocaute ao seu currículo. Além disso, Alex Cowboy precisou de míseros 38 segundos para nocautear Carlo Pedersoli. O evento também viu Rogerio Minotouro retornar aos 42 anos para nocautear Sam Alvey, o estreante Andre Ewell dominar em pé e afundar o ex-campeão dos galos Renan Barão Marina Rodriguez empatar em sua estreia com Randa Markos.

O MMA Brasil Matchmaker retorna nesta segunda-feira (24) para esclarecer os próximos passos dos vencedores e dos perdedores do evento, incluindo possíveis demissões e aposentadorias já confirmadas.

Thiago Marreta vs. Jimi Manuwa

A subida oficial de Thiago Marreta para a categoria dos meios-pesados parece ser inevitável. A lesão de Glover Teixeira fez com que o carioca aceitasse o desafio de enfrentar Jimi Manuwa na categoria acima, mas o inglês sofreu uma lesão na semana da luta e deu lugar à Eryk Anders. Mas já que Marreta deve realmente subir de categoria, por que não remarcar essa luta?

Com sete vitórias em suas últimas oito aparições no octógono, o brasileiro vem evoluindo cada vez mais, se tornando um lutador mais inteligente e menos impulsivo. Por que não testá-lo com o veterano Manuwa? É uma luta que faz sentido para o momento dos dois lutadores, já que Jimi vem de duas derrotas consecutivas.

Alex Cowboy vs. Leon Edwards

Essa luta faz bastante sentido seja pelo ranking, pelo momento dos lutadores ou até mesmo pelo potencial da qualidade do confronto. O brasileiro provou que pertence ao top 15 da categoria dos meios-médios, então Leon Edwards é o adversário perfeito para testar até onde Alex pode chegar na ótima divisão.

O carioca venceu seis dos últimos oito combates, enquanto Edwards vive a melhor fase de sua carreira com seis triunfos em sequência, sendo  o último deles contra Donald Cerrone. Os dois lutadores são especialistas em pé e são bons em todas as áreas, fazendo com que o combate tenha um potencial de luta da noite.

Rogério Minotouro vs. aposentadoria

Isso é algo que já deveria ter acontecido, sinceramente. E mesmo que o veterano já tenha afirmado que tem intenção de prosseguir com a sua carreira, o brasileiro deveria ter aproveitado o bom nocaute sobre Sam Alvey para dar um fim ao seu bom legado no MMA.

Inúmeras lesões e uma lesão aparentemente crônica nas costas atrapalham o prosseguimento da carreira de Rogério Minotouro, que possui notórias vitórias sobre Alistair Overeem em duas oportunidades, Dan HendersonTito Ortiz e Rashad Evans. O irmão gêmeo de Rodrigo Minotauro já fez tudo o que deveria na carreira e a hora de pendurar as luvas é agora.

Mas caso ele realmente queira continuar, embora não seja recomendado, Minotouro poderia enfrentar é o vencedor do confronto entre Ed Herman Gian Villante.

Andre Ewell vs. Thomas Almeida

Após a boa vitória sobre o ex-campeão da categoria Renan Barão, que sim, vive um declínio absurdo e não é nem a sombra daquele que já segurou a cinta da divisão, o estreante Andre Ewell impressionou. Dono da maior envergadura da categoria dos galos com míseros 1.90M, Ewell provou ter um bom boxe com boas combinações e sabedoria na hora de golpear. Então, hora de colocá-lo contra um striker que deve entregar uma ótima luta.

Thomas Almeida. O brasileiro, que vem de apenas uma vitória em suas últimas quatro aparições no UFC, precisa de uma luta de recuperação para provar seu valor como possível prospecto da categoria. Contra Ewell, Thomas precisaria mostrar evolução principalmente na área defensiva de sua trocação, que vem lhe causando graves problemas nos últimos tempos. É uma luta boa para o momento dos dois lutadores.

Confira as lutas para os outros lutadores e lutadoras do UFC São Paulo:

Eryk Anders vs. Elias Theodorou

Carlo Pedersoli vs. Luke Jumeau

Sam Alvey vs. Ion Cutelaba

Renan Barão vs. Demissão

Randa Markos vs. Vencedora de Jessica Aguillar/Weili Zhang

Marina Rodriguez vs. Juliana Lima

Charles do Bronx vs. Islam Makhachev

Christos Giagos vs. Thiago Moisés

Francisco Massaranduba vs. David Teymur

Evan Dunham vs. Aposentadoria

Ryan Spann vs. Abdul-Kerim Edilov

Luis Henrique KLB vs. Demissão

Augusto Sakai vs. Cyril Asker

Chase Sherman vs. Demissão

Sergio Moraes vs. Dong Hyun Kim

Ben Saunders vs. Demissão

Mayra Bueno vs. Justine Kish

Gillian Robertson vs. Priscilla Pedrita

Thales Leites vs. Aposentadoria

Hector Lombard vs. Demissão

Elizeu Capoeira vs. Yancy Medeiros

Luigi Vendramini vs. Roosevelt Roberts

Livia Renata Souza vs. JJ Aldrich

Alex Chambers vs. Demissão

Editor do MMA Brasil. Fundador e editor-chefe do extinto Olimpo MMA. 20 anos, carioca, fanático por esportes.