Por Bruno Costa | 10/03/2019 19:44

A primeira incursão do UFC a Wichita, no Kansas, acabou por entregar um agitado card principal, com alguns combates relevantes para a composição do ranking da organização. Chegamos ao momento de análises e previsões sobre os próximos passos dos protagonistas das principais lutas do UFC Wichita, além de prospectos que podem trazer impacto em suas categorias.

Junior Cigano vs. Francis Ngannou

O ex-rei dos pesados Junior Cigano apresenta um estado físico deteriorado em relação ao momento em que se sagrou campeão do UFC, mas continua passando por cima (não sem sustos) dos oponentes colocados à sua frente que não consigam aliar boa técnica à capacidade física – e talvez isso não seja exatamente favorável à sua saúde em longo prazo. Diante de uma provável disputa de cinturão entre Daniel Cormier e Brock Lesnar no peso pesado, o próximo passo do brasileiro parece naturalmente ser enfrentar o vândalo camaronês Francis Ngannou.

Derrick Lewis vs. Vencedor de Curtis Blaydes-Justin Willis

Último desafiante dos pesados, Derrick Lewis continua apresentando as mesmas virtudes e deficiências de outrora, perfeitamente tosco na medida correta para o peso pesado. Aproveitando da aura de antigo desafiante ao cinturão de Daniel Cormier, Lewis pode ser uma boa e nova opção para Curtis Blaydes ou Justin Willis, dos poucos lutadores do top 10 que ainda não enfrentaram o “Black Beast” e não parecem postulantes imediatos ao posto de desafiante da categoria.

Elizeu Capoeira vs. Neil Magny

Após sete vitórias seguidas, Elizeu Capoeira merece um adversário integrante do top 15 e que por longo período habitou as dez primeiras colocações do ranking, mas bastante vencível pelo brasileiro, que clama por atenção pelos ótimos desempenhos. Neil Magny se encaixa no perfil.

Niko Price vs. Alex Cowboy

Dois lutadores de pura ação fora do ranking, mas não por larga margem. BRIGUEM!

Beneil Dariush vs. Islam Makhachev

Um par de vitórias em sequência, contra adversários de nível inferior ao que vinha enfrentando, afastam o momento sombrio de três lutas sem vitória que Beneil Dariush chegou a encarar. Embora tenha passado por mais dificuldades que o recomendado contra Drew Dober, o assírio continua um lutador com boas ferramentas e capacidade de entregar diferentes desafios aos oponentes. Com a experiência de ter integrado o top 10 do peso leve, pode receber Islam Makhachev ao fim do período de sua suspensão, a fim de descobrirmos se o russo está pronto para os próximos passos na categoria.

Anthony Rocco Martin vs. Michael Chiesa

Ex-Tony, Anthony Rocco Martin parece um lutador muito mais móvel e capacitado física e tecnicamente após a opção por se tornar um peso meio-médio. Michael Chiesa é outro que parecia gigantesco na categoria de baixo e teve boa vitória estreando na nova faixa de peso. O duelo entre ambos serviria como desafio para colocar um dos dois como ocupante de posto no top 15 de uma das divisões mais acirradas do MMA.

Yana Kunitskaya vs. Raquel Pennington

A russa Yana Kunitskaya venceu sua segunda luta no peso galo, dessa vez contra uma experiente adversária que ocupa boa posição no ranking há tempos. Diante da pequena quantidade de possíveis desafiantes em médio prazo, um combate contra Raquel Pennington, ex-desafiante de Amanda Nunes e porteira do top 5 da divisão, parece na medida para o momento da russa.

Outras sugestões de combates

Curtis Millender vs. Abdul Razak Alhassan
Blagoy Ivanov vs. Vencedor de Marcin Tybura/Shamil Abdurakhimov
Omari Akhmedov vs. Alessio Di Chirico
Sergio Moraes vs. Belal Muhammad
Marion Reneau vs. Tonya Evinger
Matt Schnell vs. Kyung Ho Kang
Alex Morono vs. Alan Jouban

Sugestões de lutas para os demais integrantes do card? Contamos com sua participação na caixa de comentários.