Por Idonaldo Filho | 07/09/2020 14:03

Em um card que sofreu bastante desfalques, o ex-desafiante Alistair Overeem venceu a segunda luta em sequência, dessa vez contra o brasileiro Augusto Sakai na luta principal do UFC Vegas 9. Também no card, o haitiano Ovince St. Preux conseguiu um nocaute impressionante contra o cria do Contender Series, Alonzo Menifield, mesmo sendo azarão nas casas de aposta.

VEJA MAIS
MMA Brasil Debate: UFC Vegas 9
UFC Vegas 9: Overeem vs. Sakai – Resultados
Assine o plano de colaboradores do MMA Brasil

Mesmo não empolgando tanto, o evento contou com alguns desempenhos individuais interessantes e que podem servir de alerta para os demais membros do plantel do UFC. Confira no MMA Brasil Matchmaker algumas possibilidades de casamentos para os envolvidos no UFC Vegas 9.

ALISTAIR OVEREEM VS. DERRICK LEWIS

Overeem começou a luta mais tranquilo, chegando a perder o primeiro assalto inclusive no clinch, onde costuma ser letal. No decorrer do combate, com menor ritmo de Augusto Sakai e a mudança de estratégia ao levar a luta para o solo, conseguiu encontrar mais vantagem e obteve o nocaute técnico no quinto assalto através do ground and pound. Aos 40 anos, Alistair já passou de seu auge, mas como a categoria é uma vergonha, o holandês tem ainda talento o suficiente para ficar no top 5 no momento.

Uma proposta de luta válida seria com Derrick Lewis, que está uma posição acima de Alistair no ranking. Lewis enfrentará Curtis Blaydes no dia 28 de novembro, em uma luta que muito provavelmente não irá conseguir vencer. Independente do resultado, seria uma luta viável pois é um lutador que Overeem ainda não enfrentou no UFC e que tem a seu favor a potência nos golpes – ainda que não tenha refino técnico -, algo que o “Homem Demolição” costuma ter problemas em suas pelejas.

AUGUSTO SAKAI VS. TANNER BOSER

Dá pra dizer que Sakai encontrou seu teto momentâneo no UFC. O curitibano ainda é novo para categoria com 29 anos, mas é um cara que dificilmente chegará ao top 5 da categoria, provavelmente se mantendo no top 10 pela qualidade técnica decente para a divisão. A derrota contra Overeem encerrou as quatro vitórias em sequência de Augusto, que estava invicto desde que chegou ao líder do mercado.

Com boa parte dos principais membros da categoria com duelos marcados, resta buscar uma opção entre as lutas que foram casadas pelos matchmakers do UFC. Um confronto contra o vencedor de Tanner Boser e Andrei Arlovski, que se enfrentam no dia 3 de outubro pode não ser tão divertido, mas oferece uma luta justa. A preferência é que o vitorioso seja Boser, pois é uma luta entre dois lutadores pouco atléticos, mas que surgem como novos nomes em uma envelhecida categoria e que bsucam consolidação no evento. Caso Arlovski vença, dificilmente vejo uma revanche contra Sakai nos planos do UFC, que deverá buscar outra alternativa.

OVINCE ST. PREUX VS. MISHA CIRKUNOV

Nitidamente em decadência, o Ovince St.Preux que chegou a ser desafiante da categoria é passado. O haitiano ainda é uma opção interessante para testar prospectos e fazer lutas de meio de tabela, mas dificilmente volta ao topo da divisão. Em seu duelo contra Alonzo Menifield, OSP foi oportunista e com um contragolpe certeiro – aproveitando burrice do oponente -, deixando o oponente de cara no chão.

Muito provavelmente St.Preux vai voltar ao ranking dos pesados depois de uma aventura pouco esperada pela categoria de cima.  O letão Misha Cirkunov seria um bom oponente. Misha é um grappler muito bom, mas que já mostrou QI de luta problemático e resistência duvidosa. Os dois vem de uma vitória contra membros das castas mais baixas da divisão e, se por acaso se enfrentarem, é uma luta que faz sentido tanto pelo equilíbrio quanto pela fase dos dois lutadores.

Outra opção: Paul Craig, caso vença Maurício Shogun.

VIVIANE ARAÚJO VS. JOANNE CALDERWOOD

Em um bom desempenho, a brasileira Viviane Araújo conseguiu uma vitória sobre a dura Montana De La Rosa. Viviane mostrou superioridade em pé, machucando bastante a adversária e empolgou mais uma vez, sendo uma adição muito bem vinda ao peso mosca.

Uma luta interessante seria contra Joanne Calderwood, que saiu derrotada de uma eliminatória contra Jennifer Maia. Assim como Viviane, a escocesa prefere atuar na trocação e o contraste de estilos pode entregar uma luta muito interessante e que faz sentido se compararmos as posições de ambas na categoria no atual momento.

OUTRAS SUGESTÕES DE COMBATES:

Alonzo Menifield vs. Perdedor de Mike Rodriguez/Ed Herman
Michel Pereira vs. Sergey Khandozhko
Zelim Imadaev vs. demissão
André Sergipano vs. Eryk Anders
Bartosz Fabinski vs. Derron Winn
Brian Kelleher vs. Enrique Barzola
Ray Rodriguez vs. Ode Osbourne
Montana De La Rosa vs. Maryna Moroz
Hunter Azure vs. Mario Bautista
Cole Smith vs. Ronnie Lawrence

E vocês, o que sugerem? Vamos discutir na caixa de comentários.

FOTO: UFC/Divulgação