Por Idonaldo Filho | 20/12/2021 23:57

E chega ao fim o ano de 2021 para o UFC, ano memorável com diversas surpresas, desempenhos marcantes e, que finalmente vem recebendo de volta um dos mais importantes fatores nos cards, o público. O UFC Vegas 45 realizado nesse último final de semana trouxe um duelo de pesos pesados como luta principal. O excêntrico Derrick Lewis colocou mais um sujeito na lona, dessa vez o bom Chris Daukaus. No duelo coprincipal, Stephen Thompson acabou sendo dominado pelo competente Belal Muhammad.

+UFC Vegas 45: Lewis vs. Daukaus – Resultados

Confira no MMA Brasil Matchmaker algumas possibilidades de casamentos envolvendo os lutadores que atuaram no UFC Vegas 45.

DERRICK LEWIS VS. JAIRZINHO ROZENSTRUIK

E o homem que é taxado como baranga por aí simplesmente se tornou o maior nocauteador da história do UFC, com 14 nocautes. Tudo bem que o jeito brutamontes e, as entrevistas tradicionalmente cômicas dão um jeito de freak, mas é inegável que Derrick Lewis é um dos melhores pesos pesados do mundo faz algum tempo. Contra Daukaus nem teve graça, Lewis demorou pouco mais de três minutos para acertar uma sequência furiosa no adversário, que chegou até a resistir um pouco, mas logo sucumbiu e caiu já sem defesa.

Na entrevista pós luta, que sempre rende muito quando vence, Lewis falou que não quer mais treinar para combates com cinco assaltos, nem mesmo se for para o cinturão, dizendo também que irá viajar com a esposa e não pretende voltar por agora. Na real, se Francis Ngannou seguir como campeão em sua contenda contra Cyril Gane, é provável que seja Lewis o escolhido como próximo adversário, por ter uma vitória sobre o campeão. Entretanto, acho que ainda dá pra gente fazer mais uma luta para o americano. Me interessaria um duelo contra Jairzinho Rozenstruik, que embora venha de derrota, é um lutador muito perigoso e que tem total condições de bater Derrick na trocação.

CHRIS DAUKAUS VS. ALEXANDER ROMANOV

Até que a sequência de Daukaus era boa, mas o nível subiu e ele mostrou que por enquanto ainda há um teto claro, sendo que não está apto para o top 5. Isso, no entanto, não impede que no futuro busque novamente voos mais altos, até por que é um atleta jovem para a divisão. Vimos muito pouco de Daukaus nesse último sábado, considerando o quão rápido foi o nocaute, mas sabemos que é um cara ágil, de mãos rápidas, que pode servir como porteiro inclusive.

Eu acho que já passou da hora de Alexander Romanov receber um ranqueado e, Daukaus serve bem, pois está bem posicionado no ranking do UFC, com a 7ª colocação. Enquanto Daukaus costuma mostrar mais sua habilidades em pé, Romanov é oriundo do sumô e tem no grappling o seu ganha pão, com suplês e um ground and pound de muito respeito. O romeno ainda não está no ranking, mas confesso que acharia ele favorito em uma peleja contra o americano.

BELAL MUHAMMAD VS. GILBERT DURINHO

Confesso que não esperava um desempenho tão dominante de Belal Muhammad contra Stephen Thompson. O carateca não ofereceu resistência alguma as quedas do palestino, que derrubou diversas vezes e não teve dificuldade alguma de manter o combate no solo, aplicando golpes constantes e que em certo momento poderiam até ter causado uma interrupção caso o árbitro fosse mais cauteloso. A vitória contra um nome do tamanho de Thompson agrega demais no currículo de Muhammad, que até chegou a pedir um title shot contra Kamaru Usman na entrevista.

Acho difícil que seja recompensado com uma disputa de título, mesmo estando invicto desde 2019, com sete lutas em sequência sem ser derrotado. Na configuração atual, faz sentido um casamento contra Gilbert Durinho, pois o brasileiro vem também de vitória contra o mesmo Wonderboy e, como foi derrotado de forma contundente pelo campeão, terá algumas dificuldades para conseguir uma nova disputa por agora. É um duelo interessante pois Durinho evoluiu bastante e, em tese é superior em todos os aspectos do que Muhammad, que é um lutador  versátil e habilidoso em tudo, mas sem um cargo chefe de fato.

Confira outras lutas para os envolvidos no UFC Vegas 45:

Stephen Thompson vs. Vencedor de Salikhov/Pereira
Amanda Lemos vs. Nina Ansaroff
Angela Hill vs. Lupita Godinez
Ricky Simón vs. Pedro Munhoz
Raphael Assunção vs. Alejandro Perez
Mateusz Gamrot vs. Gregor Gillespie
Diego Ferreira vs. Damir Ismagulov
Cub Swanson vs. Lando Vannatta
Darren Elkins vs. Charles Rosa
Geral Meerschaert vs. Kelvin Gastelum
Dustin Stoltzfus vs. demissão
Justin Tafa vs. Dontale Mayes
Harry Hunsucker vs. demissão
Melissa Gatto vs. Tracy Cortez
Sijara Eubanks vs. Antonina Shevchenko
Charles Jourdain vs. Vencedor de Brito/Algeo
Andre Ewell vs. demissão
Raquel Pennington vs. Yana Kunitskaya
Macy Chiasson vs. Norma Dumont
Josh Parisian vs. Martin Buday
Jordan Leavitt vs. Thiago Moisés
Matt Sayles vs. demissão

Fotos: UFC/Divulgação