Por João Gabriel Gelli | 18/12/2017 10:31

O UFC On FOX 26 foi o penúltimo evento do ano do UFC e trouxe um grande combate entre os ex-campeões Rafael dos Anjos e Robbie Lawler como luta principal. Além disso, nomes como Ricardo Lamas, Santiago Ponzinibbio e Glover Teixeira compuseram o card.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Rafael dos Anjos contra Tyron Woodley

Em uma magnífica exibição, Rafael dos Anjos pressionou Robbie Lawler de forma ininterrupta e controlou quase todos os 25 minutos de combate rumo a uma decisão tranquila. Desde que decidiu subir para os meios-médios, esta foi sua terceira vitória consecutiva e a mais importante por larga margem. Com o currículo de ser um ex-campeão da divisão abaixo e estar em uma boa sequência na nova categoria, o brasileiro já parece muito bem posicionado para o desafio máximo, que seria encarar o campeão Tyron Woodley.

Robbie Lawler contra Kelvin Gastelum

Depois de perder o cinturão meio-médio no meio do ano passado, Robbie Lawler conseguiu se recuperar diante de Donald Cerrone, mas foi logo freado em duelo chave contra Rafael dos Anjos, sem ter espaço para se encontrar durante a luta. Por ter sido completamente dominado pelo brasileiro, podem surgir dúvidas quanto à motivação do ex-campeão em seguir disputando intensos combates no alto nível. Ainda assim, ele deve ser visto como um ótimo guardião para a elite da categoria e deve servir como teste para oponentes ascendentes em seus próximos compromissos. Uma opção para isso seria encarar Kelvin Gastelum em um eventual retorno do adversário para os meios-médios.

Josh Emmett contra o vencedor de Jeremy Stephens – Doo Ho Choi

A estreia de Josh Emmett como peso pena veio com um passeio sobre Felipe Sertanejo. Com a grande oportunidade de sua carreira, o membro do Team Alpha Male topou encarar Ricardo Lamas com tempo curto de preparação e anotou uma das maiores zebras do ano ao nocautear o ex-desafiante ainda no primeiro round. O único problema nessa história vem do fato de Emmett ter falhado na pesagem, o que coloca um asterisco na vitória e faz com que ele não tenha o mesmo salto que teria caso tivesse vencido a balança. Por isso, deverá provar que o resultado não foi obra do acaso ao encarar aquele que sair vitorioso do embate entre Jeremy Stephens e Doo Ho Choi.

Ricardo Lamas contra Renato Moicano

No meio de sua preparação para a revanche com José Aldo, Ricardo Lamas viu seu oponente ser movido para uma disputa de cinturão e acabou colocado em confronto com o pouco conhecido Josh Emmett. Contrariando as expectativas, Lamas terminou brutalmente nocauteado e pode ter encontrado o fim de sua carreira no nível de elite. Contudo, ele ainda deve ter uma oportunidade para provar que é capaz de ser o porteiro para o top 5 do peso pena. Nessa função, um duelo contra Renato Moicano é a sugestão.

Santiago Ponzinibbio contra o vencedor de Carlos Condit – Neil Magny

Com uma boa atuação em um duelo que entregou a pancadaria tão aguardada, Santiago Ponzinibbio conseguiu conter o ímpeto de Mike Perry e chegou ao sexto triunfo seguido e se colocou de fato como um dos melhores meios-médios do mundo. Agora, é chegada a hora de ser testado contra concorrência de nível mais elevado e de nomes mais conhecidos, o que é o caso daquele que sair vitorioso do embate entre Carlos Condit e Neil Magny.

Glover Teixeira contra Jimi Manuwa

Após sofrer um atropelo para Alexander Gustaffson em sua última aparição, Glover Teixeira parecia estar encaminhando mais um revés, dessa vez para o crescente Misha Cirkunov. No entanto, o brasileiro conseguiu sobreviver aos momentos ruins e usou sua experiência e habilidade na luta de solo para derrubar o letão, pegar suas costas e disparar socos até a interrupção ainda no primeiro assalto. Dessa forma, Glover manteve sua relevância como um porteiro para a elite da divisão e deve exercer este papel mais uma vez em sua próxima aparição, que pode ser contra o inglês Jimi Manuwa.

Outra opção: Maurício Shogun

Além dos duelos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de sábado:

Mike Perry vs. Nordine Taleb

Misha Cirkunovvs. Jared Cannonier

Jan Blachowicz vs. Gadzhimurad Antigulov

Julian Márquez vs. Karl Roberson

Darren Stewart vs. demissão

Chad Laprise vs. Randy Brown

Galore Bofando vs. Danny Roberts

John Makdessi vs. Jared Gordon

Abel Trujillo vs. perdedor de Dan Hooker – Marc Diakiese

Alessio Di Chirico vs. Markus Maluko

Oluwale Bamgbose vs. demissão

Jordan Mein vs. vencedor de Abdul Razak Al-Hassan – Sabah Homasi

Erick Silva vs. demissão

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.

Matchmaker do MMA Brasil, fanático por esportes, mesmo sem botá-los em grande prática. Fã de MMA, NFL, estudante de Engenharia e viciado em séries.