Por João Gabriel Gelli | 17/04/2017 00:32

O UFC On FOX 24, a segunda edição em sua maior plataforma de exibição em 2017, trouxe um momento histórico: na luta principal, Demetrious Johnson igualou o recorde de defesas consecutivas de cinturão de Anderson Silva ao superar Wilson Reis. O card ainda contou com outros grandes e importantes combates, que mexeram com o alto escalão de algumas categorias.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Demetrious Johnson contra Joseph Benavidez (se vencer Ben Nguyen)

John Dodson, John Moraga, Joseph Benavidez, Ali Bagautinov, Chris Cariaso, Kyoji Horiguchi, John Dodson, Henry Cejudo, Tim Elliott, Wilson Reis.

Todos os desafios que foram propostos a Demetrious Johnson desde que ele decidiu baixar para o peso mosca, disputar o torneio inaugural da categoria no UFC e conquistar o cinturão foram superados com maestria. A décima e histórica defesa de título veio com uma finalização no terceiro assalto sobre Wilson Reis, que deu os tapinhas pela primeira vez em sua carreira no MMA após uma chave de braço.

Agora, é hora de Johnson se isolar de vez como o recordista de defesas consecutivas. Para isso, o oponente ideal e mais bem qualificado na categoria no momento é um velho conhecido. A trilogia com Joseph Benavidez é a luta que mais faz sentido e seria uma interessante simetria o membro do Team Alpha Male ter a chance de encerrar o reinado do Mighty Mouse após já ter sido desafiante e o oponente no duelo que definiu o primeiro campeão da história da categoria. Logo, por mais que alguns não tenham interesse em ver o confronto novamente, ele se mostra como o mais adequado.

Outras opções: Sergio Pettis (caso vença Henry Cejudo) ou o vencedor de Cody GarbrandtTJ Dillashaw

Wilson Reis contra Tim Elliott

O brasileiro Wilson Reis entrou no octógono como grande azarão. Apesar de não ter ameaçado Demetrious Johnson de maneira mais aguda em momento algum, o mineiro teve uma exibição bastante digna, mas acabou finalizado pela primeira vez em sua carreira. Após sua grande chance, Wilson deve retornar ao meio de tabela para tentar chegar a uma nova oportunidade. Um confronto contra Tim Elliott pode ser bem interessante. Elliott foi o desafiante anterior e venceu Louis Smolka na porção preliminar do card, em um combate que foi bonificado como o melhor da noite.

Rose Namajunas contra a vencedora de Carla Esparza-Maryna Moroz

O duelo coprincipal do evento também pode ser considerado como a melhor apresentação de Rose Namajunas em sua carreira até o momento. Ela exibiu bom domínio na luta de solo e finalizou Michelle Waterson com um mata-leão após conseguir um knockdown com um belo chute. Dessa forma, se recuperou do revés diante de Karolina Kowalkiewicz e voltou à rota da disputa de cinturão. Para conquistar mais uma oportunidade de lutar pelo título, Namajunas pode ser casada em uma eliminatória contra a vencedora do embate entre Carla Esparza e Maryna Moroz. Caso Moroz vença, estará com três vitórias consecutivas, uma delas sobre uma antiga campeã, enquanto Esparza foi a primeira detentora da peça de couro e ouro de categoria, quando venceu Rose.

Robert Whittaker contra Gegard Mousasi

Com uma exibição de gala, Robert Whittaker mostrou tranquilidade quando lidou com a adversidade na luta de solo e exibiu superioridade em pé para nocautear Ronaldo Jacaré no segundo round, conquistando a maior vitória de sua carreira. Assim, Whittaker deve invadir o top 5 do peso médio e se coloca muito próximo de uma disputa de cinturão. Como a categoria está com uma fila de desafiantes grande, provavelmente alguns deles se enfrentarão para definir um único postulante ao título. Neste cenário, o campeão do TUF Smashes deve colocar seus sete triunfos seguidos em jogo contra Gegard Mousasi, que vem de cinco resultados positivos em sequência.

Ronaldo Jacaré contra o vencedor de Krzysztof Jotko-David Branch

A segunda aparição de Ronaldo Jacaré no octógono em 2017 não lhe rendeu os frutos esperados e ele saiu derrotado de forma conclusiva, nocauteado por Robert Whittaker. Com isso, suas esperanças de disputar o cinturão no curto prazo se esvaíram e o ideal será dar um pequeno passo atrás. Em suas últimas quatro lutas, Jacaré tem duas vitórias sobre nomes fora da elite da categoria e duas derrotas, por mais que uma delas tenha sido controversa. Assim, o ideal será reconstruir seu currículo e se reaproximar do topo da divisão conquistando mais duas ou três vitórias. Para iniciar este processo, a sugestão é por um duelo com o vencedor de Krzysztof Jotko e David Branch, que acontecerá no UFC 211, no próximo mês.

Renato Moicano contra o Zumbi Coreano

Em uma atuação segura, Renato Moicano mostrou habilidade defensiva e de variação tática para superar Jeremy Stephens em decisão dividida e conquistar a maior vitória de sua carreira. Com isso, o brasileiro entrará no ranking do peso pena e precisará comprovar que o resultado não foi fruto de sorte em seu próximo compromisso. Portanto, o nível de competição deve seguir elevado e Moicano poderá enfrentar o Zumbi Coreano.

Outras opções: Ricardo Lamas e Dennis Bermudez

Além dos duelos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de sábado:

Michelle Waterson vs. vencedora de Felice Herrig-Justine Kish

Jeremy Stephens vs. Doo Ho Choi

Alexander Volkov vs. Stefan Struve

Roy Nelson vs. aposentadoria

Tom Duquesnoy vs. Marlon Vera

Rashid Magomedov vs. vencedor de Mairbek Taisumov-Joaquim Netto BJJ

Bobby Green vs. Will Brooks

Louis Smolka vs. perdedor de Marco Beltrán-Deiveson Daico

Aljamain Sterling vs. vencedor de John Dodson-Eddie Wineland

Augusto Tanquinho vs. Patrick Williams

Devin Clark vs. vencedor de Jordan Johnson-Marcel Fortuna

Jake Collier vs. Andrew Sanchez

Anthony Smith vs. Brad Scott

Zak Cummings vs. Alan Jouban

Nathan Coy vs. demissão

Ketlen Vieira vs. vencedora de Alexis Davis-Cindy Dandois

Ashlee Evans-Smith vs. Sarah Moras

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.

apoia-se-logo-180-100

Quer se tornar um COLABORADOR do MMA Brasil e concorrer a prêmios, participar do podcast e ajudar a fazer um site cada vez melhor? Conheça todos os BENEFÍCIOS do nosso projeto no APOIA.SE!

Matchmaker do MMA Brasil, fanático por esportes, mesmo sem botá-los em grande prática. Fã de MMA, NFL, estudante de Engenharia e viciado em séries.