MMA Brasil Matchmaker: Lutas a casar após o UFC Fight Night 99 e o UFC Fight Night 100

Dois eventos no mesmo dia deram muitas opções de matchmaking, com alguns vencedores, especialmente Ryan Bader e Gegard Mousasi, emergindo na direção de eliminatórias para o título.

O último sábado foi recheado para os fãs de lutas, com uma maratona de doze horas ininterruptas de UFC, que trouxe o UFC Fight Night 99 e o UFC Fight Night 100 de forma consecutiva. Apesar de nenhum dos eventos, liderados pelas revanches entre Gegard Mousasi e Uriah Hall e de Ryan Bader com Rogério Minotouro, respectivamente, contar com grandes nomes, o que se viu foi um dia com vários combates animados, que, na maior parte, entregaram entretenimento de qualidade para quem os assistiu.

Agora, passados os eventos, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Ryan Bader contra Alexander Gustafsson

A luta principal do UFC Fight Night 100 correu como o previsto. Ryan Bader derrubou Rogério Minotouro sem dificuldades ao longo de três rounds até conseguir o nocaute no ground and pound. Com isso, chega à segunda vitória seguida e está cada vez mais posicionado como o porteiro do top 5 da categoria dos meios-pesados. Agora, seu contrato se encerrou e ele se tornou um agente livre, podendo negociar com qualquer organização. Supondo que ele renove com o UFC, como o próprio indicou que fará, a sugestão é que tente alcançar uma disputa de cinturão ao enfrentar Alexander Gustafsson.

Outras opções: Jimi Manuwa ou Maurício Shogun

Rogério Minotouro contra o vencedor de Sean O’Connell-Corey Anderson

A vitória no UFC 198 sobre Patrick Cummins deu alguma esperança de que Rogério Minotouro ainda teria alguma lenha para queimar. Contudo, a surra contra Ryan Bader eliminou esse pensamento e colocou o brasileiro no caminho da aposentadoria. Assim, a ideia é que Minotouro realize uma luta de despedida no Brasil contra o vencedor de Sean O’Connell contra Corey Anderson.

Outra opção: aposentadoria.

Thomas Almeida contra Johnny Eduardo

Depois de sofrer a primeira derrota da carreira ao ser inapelavelmente atropelado por Cody Garbrandt, Thomas Almeida retornou e conseguiu se recuperar ao nocautear Albert Morales no segundo assalto. No card preliminar, Johnny Eduardo nocauteou Manny Gamburyan e mandou o adversário para a aposentadoria, reencontrando as vitórias após ter sido finalizado por Aljamain Sterling.

Como Thominhas e Johnny se encontram em posições semelhantes na divisão dos galos e têm estilos ofensivos, um casamento entre os dois pode ser um bom teste para determinar quem avança para enfrentar concorrência no top 10 e ainda deve proporcionar fogos de artifício.

Claudia Gadelha contra Tecia Torres

Apesar de quase cometer um erro fatal ao chutar Cortney Casey quando ela estava caída, Claudia Gadelha se recuperou da derrota para Joanna Jedrzejczyk na disputa de cinturão do peso palha.

Cada vez mais, a brasileira se apresenta como a segunda melhor lutadora da categoria, mas, com duas derrotas para a campeã, está longe de lutar novamente pelo título. Assim, precisará de uma grande sequência de vitórias e pode continuá-la em um confronto com Tecia Torres.

Gegard Mousasi contra o vencedor de Robert Whittaker-Derek Brunson

Pela quarta vez em 2016, Gegard Mousasi saiu vitorioso do octógono. A vítima deste sábado foi seu último algoz, Uriah Hall.

Com Mousasi vingando a derrota do ano passado com um nocaute no ground and pound, a divisão dos médios ganha mais um membro para sua elite. Quem também se juntará é o vencedor do embate entre Derek Brunson e Robert Whittaker, que será a luta principal do evento da próxima semana. Assim, um confronto do holandês com o ganhador deste combate é uma boa opção para colocar um atleta em uma eliminatória pelo título.

Uriah Hall contra Thales Leites

Desde que conseguiu a maior vitória de sua carreira ao nocautear Mousasi no fim de 2015, Hall entrou em uma sequência de derrotas. A luta principal do UFC Fight Night 99 viu Mousasi conseguir sua vingança e ampliou a desgraça de Hall para três reveses consecutivos. Isso leva o “Homem Ambulância” para uma situação de vida ou morte em sua próxima luta. A sugestão então é casá-lo em um duelo pelo emprego com Thales Leites, que também se encontra em má fase após ser derrotado por Krzysztof Jotko, em São Paulo.

Kyoji Horiguchi contra Jussier Formiga

Na luta mais interessante do UFC deste fim de semana, Kyoji Horiguchi teve a melhor exibição de sua carreira, mostrando evolução no wrestling e superando o ex-desafiante Ali Bagautinov em decisão unânime. Esta vitória coloca o japonês perto de uma nova disputa de cinturão e, com este intuito, um confronto interessante seria com o brasileiro Jussier Formiga.

Além dos confrontos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos nos cards de sábado:

Albert Morales vs. Kwan Ho Kwak

Cortney Casey vs. Bec Rawlings

Krzysztof Jotko vs. perdedor de Derek Brunson-Robert Whittaker

Kamaru Usman vs. Santiago Ponzinibbio

Warlley Alves vs. Zak Ottow

Serginho Moraes vs. Zak Cummings

Cezar Mutante vs. Jack Marshman

Jack Hermansson vs. Alex Nicholson

Gadzhimurad Antigulov vs. Darren Stewart

Marcos Rogério Pezão vs. perdedor de Paul Craig-Henrique Frankenstein

Manny Gamburyan se aposentou no octógono

Luis Henrique KLB vs. Justin Ledet

Christian Colombo vs. Mark Godbeer

Pedro Munhoz vs. Frankie Saenz

Justin Scoggins vs. Jerrod Sanders

Francimar Bodão vs. demissão

Stevie Ray vs. Rashid Magomedov

Ross Pearson vs. James Krause

Alexander Volkov vs. Marcin Tybura

Artem Lobov vs. Luke Sanders

Teruto Ishihara vs. Maximo Blanco

Magnus Cedenblad vs. perdedor de Dan Kelly-Chris Camozzi

Ali Bagautinov vs vencedor de Zach Makovsky-Dustin Ortiz

Kevin Lee vs. vencedor de Rustam Khabilov-Jason Saggo

Magomed Mustafaev vs. vencedor de John Makdessi-Lando Vannata

Amanda Cooper vs Justine Kish

Anna Elmose vs. perdedora de Seo Hee Ham-Danielle Taylor

Alexander Yakovlev vs. demissão

Marion Reneau vs. Bethe Correia

Milana Dudieva vs. Kelly Faszholz

Brett Johns vs. Alejandro Pérez

Abdul Razak Alhassan vs. vencedor de Brian Camozzi-Randy Brown

Charlie Ward vs. Jim Wallhead

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    KLB x Ledet é de fazer o vencedor virar top 15 kkk, que situação tá a categoria…

    • Bruno Fares

      hahaahha fato

    • Sexto Empírico

      Podes crer. Mas se for parar para ver, tirando a categoria dos leves e alguma outra mais povoada e concorrida, é difícil achar outra com 15 lutadores bons mesmo.

    • Triste fim hahaha

  • Beto Magnun

    Formiga seria uma boa pra testas a guarda do Horiguchi, mas o Japa nem deixaria a luta ir pro chão (eu acho).
    Acho que o Brunson deve vencer o Whitaker (infelizmente) e também acho que ele bate o homem sem emoções.
    Tecia realmente é uma boa luta pra Claudia. Acho a Torres bem encardida e com chances de vencer a Bate-Estaca e Esparza. A Claudinha é outros quinhentos, mas seria uma luta bem mais equilibrada que a de sábado.
    Thominhas assim que venceu pensei que poderiam dar pra ele o Eddie Wineland. Mas pelo estilo e situação na carreira de ambos Wineland e Eduardo dão na mesma.
    Quais as chances do O’Conell vencer o Anderson? Muito baixas… E Minotouro vs Anderson seria um replay da luta de sábado. Situação complicada do Minoto, mas acho que seria uma boa encarar o Gian Villante caso vença o Cummins
    Bader vou te contar… Bom westler e tals, mas muito pouco versátil. No chão raramente surge uma finalização, e ground and pound apesar de efetivo raramente não deixa as lutas irem pra decisão. Se consegue title shot vai ser por falta de opção já que a categoria é rasa e o Gusta e Jones vão demorar pra retornar.
    E por que não casar Serginho vs Usman? Luta que já deveria ter acontecido.

    • Sexto Empírico

      Formiga tá casado com o Pettizinho. Lutão!
      Tecia não dá nem pro cheiro. Gadelha vai agarrar, pegar no colo, levantar, jogar no chão… vai parecer aquele tio sem noção brincando com o sobrinho. Aliás, vc viu q a CABMMA disse que o chute ilegal não pegou na cabeça da Casey e que essa simulou? E poderia até ser desclassificada por isso? Vai entender…
      Bader e Gusta eu acho uma boa. E que deixem o Minotouro longe dos cachorros grandes. Ele já teve demais desses em sua carreira.

      • Beto Magnun

        Claudinha vai cozinhar assim como Tecia cozinha as adversárias. Ou não. A Tecia rende de acordo com a adversária. Ela é boa em tudo e amarrona, mas nas duas vezes que enfrentou a namajunas as duas quebraram tudo. E é isso que espero de um confronto dela com a Cláudia: Pancadaria. Mas como lutam de maneira parecida pode ser mais uma atuação dominante e sonolenta da Cláudia.
        Pois é Formiga pega Pettizinho e a pantera bailarina pega o bJ Penn Yair Rodriguez é outro cara que queria ver contra um wrestler tipo o Darren “tatuagem ridiculamente escrota” Elkins ou um trocador preciso tipo o Choi. Divaguei aqui pq o Thominhas me lembrou o trajeto que o Rodriguez vem fazendo no ufc.
        Não sugeri Bader vs Gusta pq sei lá qual é a previsão de retorno do Sueco. Lesão nas costas é foda.

        • Sexto Empírico

          Thominhas tinha q fazer um intercâmbio se quiser saltar de nível. Alpha Male acho q tá fora de cogitação por motivos óbvios. Na Jacksons ele poderia aprender controle de distância para proteger o queixo, além de alguns golpes sujos. E, pra ser bem ousado, por que não uma temporada na SBG, com Kavanagh e sua trupe? Vc viu a última luta daquele russo, parça do Conor, contra o japa transarino? Aquele russo é horrível e tem a envergadura dum tiranossauro rex. Mesmo assim, ele foi bem e ganhou a luta.

          Putz, as tatu do Elkins e do Marreta dão medo, cê é loko.

          • Beto Magnun

            Os velhacos que me desculpem, mas pra mim só sair da Chute boxe já conta como evolução. Acho que o pessoal mesmo da nova união (caso ele não se disponha sair do Brasil) já daria um jeito de fazer ele jogar mais fechado.
            Eu mencionei o Wineland e o Eduardo, pois acho os caras mais asseciveis pra ele no top 15, mas os dois também tem tato pra KOzar bonito o moleque.

            • Sexto Empírico

              Na vera, cara de alto nível, que quer ser o melhor do mundo, tem que largar os dogmas (falei num post acima) e se aprimorar. Uma vez comentei no mma junkie, com o meu belo ingleis de gugol transleitol, que Kavanagh só tinha dado a sorte de ter acordado, em uma manhã típica cinzenta de Dublin, e dado a sorte de ver um talento se matriculando em sua academia. Claro q ele tem méritos nas conquistas do Conor. Mas Conor é exceção. Ele não consegue fazer isso com todo mundo. Mas, e se um outro pródigo adentrar sua academia num típico dia cinzento de Dublin?

    • João Gabriel Gelli

      Wineland luta com o Mizugaki agora em dezembro, mas seria uma boa opção também.

      Serginho vs Usman é outra possibilidade legal.

  • Vinicius Maia

    Excelentes casamentos. Eu gostaria de ver como o Sueco se apresentaria contra o Bader. Seria um confronto de estilos interessantes. O Minoto deveria repensar a sua volta ao cage depois da luta contra o Bader.
    Thominhas tem que urgentemente fazer um intercambio com uma grande academia fora do Brasil pra trabalhar essa defesa pois se pegar alguém de cima toma uma passeio. Sr Tate limparia o chão do Cage com o Thominhas. Não vejo ele se criando com ninguém do top 10 com essa deficiência defensiva. Até o casamento com o Johnny Eduardo é complicado pro produto da chute boxe.
    Thales Leite x Hall é interessante mas gostaria do Hall pegasse uma luta de recuperação pois é um lutador empolgante que pode ser amarrado pelo BJJ de alto caibre do Thales.
    Boescth x Hall quem sabe. Boestch meio fim de carreira seria um bom nome pro Hall voltar as vitórias e incrementar o cartel.

    • Sexto Empírico

      Fala aí, Vinicius. Cara, lendo o seu bem sacado comentário, veio-me uma história:
      O Gustafsson era só um bom kickboxer, contratado pelo UFC mais por ser sueco e por outros motivos mercadológicos que por seu currículo. Chegava a ser bizarro ver um magrelo daquele, todo desengonçado, vindo de um país sem tradição alguma no MMA, tentando sua sorte em uma categoria tão difícil. Ele era um “Struve” dos meio-pesados. “Esse cara vai morrer!”, pensei. Porém, uma luta e uma decisão sensata foram determinantes pra sua carreira e sua vida: UFC 117, Silva x Maia (a vergonha), Abhu Dabhi, ele enfrentou Phil Davis e o americano mostrou um mundo completamente estranho ao sueco, finalizando-o ainda no 1o round. Gusta, sem apegos a dogmas ou paradigmas, foi direto ao ponto e pediu pra Davis ensinar-lhe o “truque”. Mr Wonderful concordou e o resto é história. Hoje, aos 29, Gustafsson é o 2o do ranking, perdeu, mas surrou e mandou os dois últimos campeões para o hospital com a lata toda estragada nas disputas pelo cinturão. Já rico, famoso, estrela e ídolo nacional, faz ar blazé e diz q pensa em largar tudo e ir trabalhar na televisão se não puder ter o cinto. Nunca na história do MMA, alguém soube tirar tanto proveito da derrota quanto o Sueco.

    • João Gabriel Gelli

      Acho que o Hall é um cara que vive de alguns momentos empolgantes. No geral, ele é muito inconstante. Ataca pouco, sempre tentando um golpe sinistro pra acabar a luta. Tem que ver se o wrestling do Thales vai dar conta de botar ele no chão. Se não der, provavelmente o brasileiro acaba dormindo.

  • Marcos E

    Sobre a Gadelha, acho esquisito ver a número um do ranking vindo de vitória pegar a Tecia, que tá no meio da tabela, vindo de derrota. Mas entendi. Se a Gadelha ganhar de uma possível desafiante, pode melar o lado comercial da categoria. Haveria um grande risco de ter que considerar Cláudia X Joana 3, sendo que a Gadelha já perdeu duas vezes.

    • João Gabriel Gelli

      Uma referência do que deve ser feito com a Claudinha é o tratamento que deram pro Benavidez depois da segunda derrota para o Johnson.

  • James sousa

    gostei dos casamentos muito bom esse Kyoji Horiguchi vs Jussier Formiga outra opção por Horiguchi e o Wilson Reis também

    • João Gabriel Gelli

      Pena que já colocaram o Formiga com o Pettis logo depois da coluna ser publicada hahaha.

  • Caio Abreu

    cara eu daria ao Bader uma luta pelo cinturão,

    uma sequencia impressionante de vitórias na categoria, renovaria e daria uma luta pelo cinturão.

    • O problema é que a sequência impressionante tem o nocautão que ele levou do Anthony Johnson no meio. Aliás, bem recente. Acho que mais duas e ele vai.

  • Lero

    Eu do Bader iria logo pra o Bellator. No UFC ele nao vai ganhar do quarteto de ferro e ele já ganhou do campeao do Bellator. Alem que lá ele ganharia mais grana