Por João Gabriel Gelli | 06/11/2016

Depois de um mês de hiato, o UFC voltou com o forte card do UFC Fight Night 98, que aconteceu neste sábado, na altitude da Cidade do México. Liderado pelo duelo de alta relevância no cenário do título dos pesos leves entre Rafael dos Anjos e Tony Ferguson, o evento não decepcionou, contando com estreia de prospectos interessantes e lutas importantes para diversas categorias.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Tony Ferguson contra o campeão

A maior sequência de vitórias da história do peso leve aumentou para nove. Tony Ferguson conquistou o mais importante triunfo de sua carreira ao superar o ex-campeão Rafael dos Anjos em decisão unânime, no combate principal do UFC Fight Night 98, que foi bonificado como o melhor da noite.

Com essa vitória, não existe mais para onde ir, é hora de Ferguson disputar o cinturão. Seu principal concorrente para o posto de próximo desafiante é Khabib Nurmagomedov, que luta na semana que vem contra Michael Johnson. Para determinar qual dos dois deve ser o adversário do vencedor do embate entre Conor McGregor e Eddie Alvarez, é necessário esperar os resultados do UFC 205, mas é possível adiantar que, na opinião deste que vos escreve, Ferguson ultrapassou o russo na corrida.

Caso seja considerado que Nurmagomedov esteja na frente do americano, a sugestão é que Ferguson não realize nenhum combate até receber sua chance de conquistar o título.

Rafael dos Anjos contra Michael Chiesa

Após perder o cinturão dos leves para Eddie Alvarez em sua última luta, Rafael dos Anjos retornou ao octógono com o intuito de se recolocar na rota para reconquistá-lo. No entanto, o resultado não foi o esperado e o brasileiro saiu derrotado por pontos contra Tony Ferguson.

Com duas derrotas seguidas apenas pela segunda vez na carreira, é hora de Rafael dar um passo atrás e enfrentar um oponente mais vencível, funcionando como um porteiro para o top 5. Assim, a opção aqui é por um confronto do ex-campeão com Michael Chiesa.

Outra opção: Perdedor de Khabib Nurmagomedov-Michael Johnson

Ricardo Lamas contra o vencedor de Frankie Edgar-Jeremy Stephens

Conforme dito em sua entrevista pós-luta, os últimos tempos têm sido complicados para Ricardo Lamas. Mesmo com sua mãe batalhando contra o câncer, o companheiro de equipe Josh Samman encontrado morto por conta de uma overdose, uma luta cancelada contra BJ Penn e o adversário desse sábado, Charles do Bronx, tendo ficado cerca de 5 quilos acima do limite da categoria dos penas, Lamas conseguiu encontrar força mental para superar um início complicado e finalizar Charles com uma guilhotina no segundo round.

Esta vitória fez com que o ex-desafiante continuasse com seu posto como um top 5 nos penas e manteve a gangorra entre resultados positivos e negativos nos últimos anos. Para tentar dar o próximo passo rumo a uma nova disputa de cinturão, um confronto interessante pode ser contra o vencedor do embate entre Frankie Edgar e Jeremy Stephens, que acontecerá na próxima semana, no UFC 205.

Beneil Dariush contra Francisco Massaranduba

Depois de ver sua série de cinco vitórias cair no começo do ano contra Michael Chiesa, Beneil Dariush tratou de voltar logo à ativa e conquistou o segundo resultado positivo em sequência ao superar Rashid Magomedov, em decisão unânime, causando a primeira derrota do adversário no UFC. Agora, antes de retomar sua escalada rumo ao top 5, o iraniano pode realizar o papel de porteiro mais uma vez ao testar a ascensão de Francisco Massaranduba.

Outra opção: Edson Barboza.

Além dos confrontos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de sábado:

Diego Sanchez vs. Charles do Bronx (no peso leve)
Marcin Held vs. Jason Gonzalez
Martín Bravo vs. Damien Brown
Claudio Puelles vs. Alex Ricci
Rashid Magomedov vs. vencedor de Ross Pearson-Stevie Ray
Alexa Grasso vs. Felice Herrig
Heather Jo Clark vs. Jocelyn Jones-Lybarger
Érik Pérez vs. Rani Yahia
Felipe Sertanejo vs. Joe Soto
Marco Beltrán vs. Henry Briones
Max Griffin vs. Nathan Coy
Erick Montaño vs. demissão
Douglas D’Silva vs. Damian Stasiak
Sam Alvey vs. perdedor de Thales Leites-Krzysztof Jotko
Alex Nicholson vs. perdedor de Cezar Mutante-Jack Hermansson
Polo Reyes vs. David Teymur
Jason Novelli vs. demissão
Enrique Barzola vs. Charles Rosa
Chris Avila vs. demissão

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.