MMA Brasil Matchmaker: Lutas a casar após o UFC Fight Night 70

Depois de tantos problemas, o UFC Fight Night 70 deixou encaminhada uma eliminatória para o cinturão dos médios e um encontro entre os dois últimos desafiantes da categoria.

As finais do TUF Brasil 4, assim outros combates, estavam planejadas para ocorrer neste sábado, em São Paulo. No entanto, uma série de problemas mudou a sede para a Flórida e acabou cancelando diversas lutas que estavam marcadas para o evento. O TUF Brasil 4 Final virou apenas UFC Fight Night 70, manteve a luta principal entre Lyoto Machida e Yoel Romero, mas perdeu as decisões do reality show, que passaram para o UFC 190.

Depois de toda a confusão e a realização do evento que ficou reduzido a nove lutas, é hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Yoel Romero contra Ronaldo Jacaré

Na luta mais importante de sua carreira, Yoel Romero mostrou postura menos agressiva, disposto a aproveitar a oportunidade que lhe foi apresentada. Com isso, conquistou um nocaute avassalador sobre Lyoto Machida, com sucessivas cotoveladas monstruosas após sua única queda aplicada, e foi bonificado com um dos prêmios de desempenho da noite.

Apesar do polêmico discurso pós-luta, o resultado deixou Romero em excelente posição na divisão dos médios, a ponto de disputar uma eliminatória para o cinturão. Como sou brasileiro, nunca desistirei de ver o cubano enfrentando Ronaldo Jacaré valendo o próximo title shot, de preferência no mesmo evento que Chris Weidman e Luke Rockhold duelarão pelo título, em algum momento no segundo semestre.

Lyoto Machida contra Vitor Belfort

Muito questionado por estar retornando ao octógono tão rapidamente após o vareio sofrido nas mãos de Luke Rockhold, Lyoto Machida acabou sendo nocauteado no terceiro round e muito provavelmente viu o fim de sua era como um membro da elite da divisão.

Apesar de não podermos mais considerar o carateca parte da elite, uma vez que perdeu de forma inapelável para Chris Weidman, Rockhold e Romero, ainda não se pode descintá-lo como uma sólida peça da divisão. A ideia aqui, então, é que Machida descanse um pouco e volte apenas no fim do ano contra Vitor Belfort, com quem já trocou algumas farpas e poderia proporcionar uma luta entre ídolos que se encontram em fase de descendente em suas carreiras.

Lorenz Larkin contra Albert Tumenov

Por que Lorenz Larkin perdeu tanto tempo como médio e meio-pesado? Essa pergunta foi feita por diversos especialistas depois do nocaute aplicado sobre John Howard e reforçada neste sábado, após mais uma vitória pela via rápida dolorosa sobre o argentino Santiago Ponzinibbio, em que o americano mostrou toda a sua técnica na trocação na luta bonificada como a melhor da noite.

Quando chegou a ter três derrotas consecutivas no octógono, muitos consideraram que era o fim da carreira de Larkin no UFC. No entanto, agora, vindo de dois triunfos, ele começa a escalar na divisão dos meios-médios. Para seguir em sua evolução, a sugestão é casá-lo com outro potente trocador, Albert Tumenov, em duelo que pode render grandes emoções.

Outra opção: Alan Jouban (caso vença Matt Dwyer).

Antônio Carlos Cara de Sapato contra o vencedor de Ildemar Marajó-Kevin Casey

Realizando sua primeira luta como peso médio, o campeão do TUF Brasil 3 entre os pesados Antônio Carlos Cara de Sapato finalizou o vencedor do TUF 19 Eddie Gordon com um mata-leão no terceiro round, após dominar toda a luta.

A impressão que ficou é de que Cara de Sapato tomou uma ótima decisão ao baixar de categoria, já que ficou enorme como peso médio. Agora, é hora de se desenvolver com calma na organização, buscando seu espaço aos poucos. Para isso, seu próximo compromisso pode ser contra o vencedor do embate entre Ildemar Marajó e Kevin Casey.

Outra opção: Brad Scott.

Hacran Dias contra Tatsuya Kawajiri

Depois de vencer Darren Elkins, Hacran Dias procurava sua primeira sequência de vitórias no UFC. Ao bater Levan Makashvili em decisão dividida, o atleta da Nova União conseguiu seu objetivo e consolidou sua posição no top 15 da divisão dos penas.

O passo seguinte de Hacran pode envolver uma luta contra o japonês Tatsuya Kawajiri, com o intuito de testar qual dos dois lutadores estará apto a avançar rumo ao top 10 da categoria e poderá se manter relevante por um futuro próximo.

Outra opção: Clay Guida.

Além dos confrontos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card:

Santiago Ponzinibbio vs perdedor de Alan JoubanMatt Dwyer
Eddie Gordon vs demissão
Thaigo Marreta vs Krzysztof Jotko
Steve Bossé vs Gareth McLellan
Levan Makashvili vs Jim Alers
Alex Cowboy vs Leandro Buscapé
Joe Merritt vs Andrew Todhunter ou Lewis Gonzalez
Lewis Gonzalez vs Shane Campbell ou Joe Merritt
Tony Sims vs vencedor de Yosdenis CedeñoCody Pfister ou Brendan O’Reilly
Steve Montgomery vs Steve Kennedy
Sirwan Kakai vs vencedor de Marlon VeraRoman Salazar
Danny Martinez vs Sergio Pettis

E aí? Concordam com os casamentos propostos? Deixem suas sugestões nos comentários.