Por João Gabriel Gelli | 15/07/2018 17:39

Depois de um evento excelente como o UFC 226, o UFC ofereceu mais um card recheado de lutas interessantes no UFC Fight Night 133. Para liderá-lo, foi escalado o ex-campeão dos pesados Junior Cigano para encarar o estreante Blagoy Ivanov. Além disso, a noite também contou com o retorno de Chad Mendes.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Junior Cigano contra o vencedor de Mark Hunt – Aleksei Oleinik

Após a derrota para Stipe Miocic quando teve a chance de reconquistar o cinturão, Junior Cigano passou mais de um ano parado por conta de problemas com a USADA e mostrou seu habitual jogo de boxe para superar um bom adversário em Blagoy Ivanov. Esta vitória pode levá-lo em um caminho de volta para a elite, mas parece mais prudente tomar uma abordagem mais cautelosa com ele e subir o nível da concorrência com calma para verificar como ele realmente está. Por isso, a sugestão é de um duelo contra o vencedor do embate entre Mark Hunt Aleksei Oleinik.

Outra opção: Derrick Lewis ou Tai Tuivasa

Blagoy Ivanov contra Andrei Arlovski

Primeiro peso pesado a estrear no UFC em uma luta principal desde Alistair Overeem no UFC 141, Blagoy Ivanov não teve o resultado esperado e acabou derrotado por Junior Cigano em decisão unânime após adotar uma estratégia questionável ao longo dos cinco rounds. Dessa forma, o búlgaro viu sua sequência de cinco vitórias ruir e deve dar um passo atrás, enfrentando concorrência na fronteira do top 10, como é o caso de Andrei Arlovski.

Chad Mendes contra o vencedor de Renato Moicano – Cub Swanson

Afastado há mais de dois anos por conta de uma suspensão por doping, Chad Mendes teve um retorno triunfal ao nocautear o forte Myles Jury ainda no primeiro round sem demonstrações de ferrugem. Assim, já é um grande lutador comprovado e não deve demorar para escalar o ranking do peso pena novamente, com um embate contra o vencedor do duelo entre Renato Moicano e Cub Swanson sendo uma boa possibilidade para o fim do ano para deixar aquele que sair ganhador muito próximo de uma disputa de título.

Cat Zingano contra Raquel Pennington

Depois de quase quatro anos sem vitórias, Cat Zingano voltou ao ter resultados positivos ao controlar Marion Reneau com múltiplas quedas rumo a uma decisão unânime. Com isso, pode voltar a pensar em crescer uma sequência e se aproximar de uma nova disputa de cinturão. Para tal, um próximo passo possível é um embate com Raquel Pennington, que vem de derrota para a campeã Amanda Nunes.

Alexander Volkanovski contra Chan Sung Jung

Com uma ótima exibição, Alexander Volkanovski dominou as ações contra Darren Elkins, chegou perto de nocautear e saiu vitorioso por decisão unânime. Esta foi a mais importante vitória da carreira do australiano e deve lhe render um novo desafio no top 10 do peso, o que pode ser o caso de Chan Sung Jung, o Zumbi Coreano, que está próximo de retornar de lesão.

Liz Carmouche contra Lauren Murphy

Em uma luta que acabou enterrada no card preliminar, Liz Carmouche venceu pela primeira vez como peso mosca ao superar a campeã do Invicta FC, Jennifer Maia, em decisão unânime. O triunfo lhe deixa em uma posição no top 10 e com boa possibilidade de ascensão, o que pode acontecer em uma revanche contra Lauren Murphy, agora na nova categoria.

Além dos duelos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no UFC Fight Night 133 de sábado:

Sage Northcutt vs. vencedor de Danny Roberts – David Zawada

Zak Ottow vs. Randy Brown

Rick Glenn vs. Darren Elkins

Dennis Bermudez vs. Humberto Bandenay

Niko Price vs. Li Jingliang

Myles Jury vs. Enrique Barzola

Marion Reneau vs. Lina Lansberg

Alejandro Pérez vs. vencedor de Pedro Munhoz – Brett Johns

Eddie Wineland vs. Rob Font

Said Nurmagomedov vs. Roberto Sanchez

Justin Scoggins vs. Tim Elliott

Raoni Barcelos vs. Chas Skelly

Kurt Holobaugh vs. Charles Rosa

Jennifer Maia vs. Mara Romero Borella

Mark De La Rosa vs. Hector Sandoval

Elias Garcia vs. Joseph Morales

Jessica Aguilar vs. Maryna Moroz

Jodie Esquibel vs. demissão

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários.