Por João Gabriel Gelli | 18/03/2018 17:14

O UFC Fight Night 127 representou o retorno do UFC à Inglaterra, em sua capital, Londres. Para a luta principal, os pesos pesados Fabricio Werdum e Alexander Volkov foram escalados em um combate muito importante na categoria. Além deles, nomes como Jimi Manuwa, Jan Blachowicz e Leon Edwards também fizeram parte do evento.

Agora, passado o evento, chega a hora de incorporar o matchmaker interno e analisar o que o futuro reserva aos principais envolvidos nas lutas de sábado.

Alexander Volkov contra o vencedor de Stipe Miocic – Daniel Cormier

Em sua quarta luta no UFC, Alexander Volkov conquistou a maior vitória de sua carreira ao ver seu preparo físico e habilidade na luta em pé triunfarem contra um cansado Fabricio Werdum. Com um nocaute no quarto round, o russo ex-campeão do Bellator venceu todos que entraram no octógono contra ele e avançou com tranquilidade pela categoria, conquistando de maneira justa uma chance de disputar o cinturão dos pesos pesados. Assim, deve ser o próximo desafiante do vencedor do embate entre Stipe Miocic e Daniel Cormier.

Fabricio Werdum contra o vencedor de Andrei Arlovski – Tai Tuivasa

O preço de fazer três lutas em cinco meses veio cobrar Fabricio Werdum, que não estava com um preparo físico ideal para um duelo de cinco rounds e, apesar de levar vantagem enquanto tinha gás, acabou nocauteado quando viu sua energia se esgotar. Por isso, deverá dar mais um passo atrás na categoria e tem seus planos de retomar o cinturão dos pesados atrasados por algum tempo. Para reiniciar sua caminhada, primeiro deve tirar algum tempo de folga e depois pensar em retornar contra o vencedor do embate entre Andrei Arlovski e Tai Tuivasa.

Jan Blachowicz contra o vencedor de Glover Teixeira – Volkan Oezdemir

Na revanche que ninguém pediu que serviu como embate coprincipal do evento, Jan Blachowicz levou a melhor sobre Jimi Manuwa em decisão unânime e chegou ao terceiro triunfo consecutivo. Agora, o polonês deve ser alçado a mais uma luta relevante em uma rasa categoria como o meio-pesado. Neste cenário, o vencedor do embate entre Glover Teixeira e Volkan Oezdemir aparece como uma boa opção para deixar um lutador próximo de uma disputa de cinturão.

Jimi Manuwa contra Tyson Pedro

Depois de chegar perto de se consolidar como desafiante, Jimi Manuwa saiu derrotado do octógono pela segunda vez seguida. Após um revés para Volkan Oezdemir, foi a vez de Jan Blachowicz superar Manuwa e jogá-lo para ainda mais longe de uma disputa de cinturão. Logo, o inglês precisará começar uma nova sequência de vitórias, mas primeiro precisará servir como um teste para nomes ascendentes da categoria, como é o caso de Tyson Pedro.

Leon Edwards contra Gunnar Nelson

Um dos integrantes da lista do Top 10 do Futuro no peso meio-médio, Leon Edwards chegou ainda mais perto de confirmar a previsão ao nocautear Peter Sobotta no último segundo do embate que abriu o card principal do evento. Esta foi a quinta vitória seguida de Edwards, que já venceu outros nomes que já habitaram o top 15 ou que estão próximo dele e agora merece a chance de enfrentar um oponente de maior calibre. Para tal, a sugestão é por um duelo com Gunnar Nelson.

Além dos duelos acima, seguem algumas sugestões para os outros envolvidos no card de sábado:

Tom Duquesnoy vs. Johnny Eduardo

Terrion Ware vs. demissão

Peter Sobotta vs. Danny Roberts

Charles Byrd vs. Ryan Janes

John Phillips vs. Markus Maluko

Oliver Enkamp vs. demissão

Danny Henry vs. Jeremy Kennedy

Hakeem Dawodu vs. Shane Young

Paul Craig vs. vencedor de Devin Clark – Mike Rodriguez

Magomed Ankalaev vs. Marcel Fortuna

Kajan Johnson vs. vencedor de Nick Hein – Davi Ramos

Stevie Ray vs. perdedor de Vinc Pichel – Gregor Gillespie

Dmitriy Sosnovskyi vs. Tim Johnson

Mark Godbeer vs. Denis Goltsov

E aí? Curtiram os casamentos? Deixem suas sugestões nos comentários

Matchmaker do MMA Brasil, fanático por esportes, mesmo sem botá-los em grande prática. Fã de MMA, NFL, estudante de Engenharia e viciado em séries.